1. ArchDaily
  2. Janet Echelman

Janet Echelman: O mais recente de arquitetura e notícia

Escultura em movimento de Janet Echelman cria "raio-x" urbano de histórica praça na Filadélfia

A artista Janet Echelman inaugurou recentemente sua mais nova obra site-specific, estreando a primeira fase da série chamada de "Pulse", instalada no Dilworth Park, na Filadélfia. Pulse é uma instalação artística que procura transformar o espaço urbano no qual está inserida, “através de uma escultura fluida de luz e vapor que alude às forças da natureza, como o vento, água e a luz.

Inspirada pela história de Dilworth Park e seu papel central no sistema de transporte público da cidade, a obra de Echelman traça sobre a superfície da praça as linhas do metrô que correm algumas dezenas de metros abaixo dela, lançando cortinas de vapor colorido de até quatro metros de altura, aludindo ao movimentos dos trens sob a praça.

© Sean O'Neill / Arup© Sahar Coston-Hardy© Sahar Coston-Hardy© Melvin Epps+ 14

Escultura de Janet Echelman inspirada na ideia de tempo é suspensa sobre a Plaza Mayor de Madri

© João Ferrand
© João Ferrand

A mais recente escultura da artista americana Janet Echelman está atualmente em exibição na Plaza Mayor de Madri. Intitulada "1.78 Madrid", a peça é a mais nova das esculturas suspensas feitas de fios de Echelman, e a nova em sua série Earth Time, iniciada em 2010. Em exibição até 19 de fevereiro, a obra foi apresentada na ocasião do 400° aniversário de Madri.

© João Ferrand© João Ferrand© João Ferrand© João Ferrand+ 15

Janet Echelman suspende uma nova escultura aérea em Carolina do Norte

Janet Echelman completou sua mais recente escultura aérea no centro de Greensboro, Carolina do Norte. Composta por mais de 56 milhas de cordas tecidas em 242,800 nós, a obra acrescenta uma nova presença efêmera no céu do novo parque da cidade, o LeBauer. Intitulado "Where We Met" ["Onde nós nos encontramos", em português], a forma e a composição da escultura foram inspirados pela história de Greensboro como um centro ferroviário e têxtil.

© Cecelia Thompson via The Public Art Endowment© Lynn Donovan/CFGG© Lynn Donovan/CFGG© Lynn Donovan/CFGG+ 5

Janet Echelman suspende uma escultura de rede em Londres

Londres é a última cidade a acolher uma das impressionantes esculturas de rede de Janet Echelman. Suspensa a 180 pés (55 metros aproximadamente) sobre Oxford Circus, o cruzamento mais movimentado da cidade, a colorida forma flutuante foi inspirada em 1,8 - "a quantidade de tempo em microsegundos que o dia na terra foi encurtado" como consequência do devastador terremoto e tsunami de 2011 do Japão.

"A forma da escultura foi inspirada nos dados das alturas da onda do tsunami que ressonaram em todo o Oceano Pacífico", diz o estúdio. "A obra de arte investiga o conteúdo relacionado às nossas interdependências complexas com maiores ciclos de tempo e nosso mundo físico. A rede da escultura é uma manifestação física da interconexão - quando algum elemento se move, todos os outros são afetados".

Janet Echelman suspende uma escultura aérea sobre a Greenway de Boston

A última escultura aérea de Janet Echelman foi suspensa 110 metros acima da Rose Kennedy Greenway, de Boston. Exposta até 15 de outubro de 2015, a instalação monumental abrange 180 metros, ocupando o vazio de uma rodovia elevada que já dividiu o centro da cidade de sua orla.

"A forma da escultura ecoa a história de sua localização", descreve Echelman. "Os três espaços vazios recordam a 'Tri-Mountain', que foi demolida no século 18 para criar terra para o porto. A bandagem colorida é um aceno para as seis pistas de tráfego que uma vez oprimiu o bairro. E foi apenas após o enterro da Big Dig que o espaço pôde ser recuperado para a vida pedestre urbana."

© Peter Vanderwarker© Melissa Henry© Melissa Henry© Melissa Henry+ 14

Bill & Melinda Gates Foundation divulga o mais recente trabalho de Janet Echelman: "Impatient Optimist” em Seattle

Uma nova escultura aérea da renomada artista Janet Echelman foi instalada no campus da Fundação Bill & Melinda Gates em Seattle. Intitulada "Impatient Optimist", a escultura consiste em uma rede estrutural suspensa sobre o pátio da fundação, resultando em uma superfície etérea flutuante que parece desafiar a gravidade. O premiado trabalho da artista flutua sobre a cidade como um símbolo de conectividade e se coloca como um testamento do impacto que um indivíduo pode ter em uma escala maior.

Janet Echelman / Impatient Optimist. Imagem © Ema PeterJanet Echelman / Impatient Optimist. Imagem © Ema PeterJanet Echelman / Impatient Optimist. Imagem © Ema PeterJanet Echelman / Impatient Optimist. Imagem © Ema Peter+ 7

Janet Echelman apresenta sua maior escultura em Vancouver

A artista americana Janet Echelman estreou recentemente, em Vancouver, sua mais nova - e maior - escultura. Muito conhecida por sua habilidade artística de remodelar o espaço aéreo das cidades, a sofisticada mistura de técnicas antigas e tecnologia moderna levou Echelman a trabalhar em colaboração com engenheiros mecânicos e aeronáuticos, arquitetos, designer de iluminação, paisagistas e fabricantes para "transformar o ambiente urbano através de suas redes esculturais." Utilizando fibras leves para suspender sua monumental forma "respirante" acima das ruas de Vancouver, a nova escultura de Echelman terá uma escala nunca antes alcançada.

© Studio Echelman© Ema Peter / Studio Echelman© Ema Peter / Studio Echelman© Ema Peter / Studio Echelman+ 22

Janet Echelman Remodelando o Espaço Aéreo Urbano Mundo Afora