1. ArchDaily
  2. House Of Hungarian Music

House Of Hungarian Music: O mais recente de arquitetura e notícia

Casa da Música Húngara de Sou Fujimoto está próxima de ser concluída

A Casa da Música Húngara se localiza no Parque da Cidade de Budapeste. Com a estrutura e a cobertura do projeto concluídas, estão em andamento as obras no interior do edifício. Aninhado entre as árvores do parque, o projeto desenhado por Sou Fujimoto apresenta um amplo volume de vidro horizontal coberto por um telhado perfurado que permite que a luz natural penetre todos os níveis do edifício.

Casa da Música Húngara de Sou Fujimoto está próxima de ser concluídaCasa da Música Húngara de Sou Fujimoto está próxima de ser concluídaCasa da Música Húngara de Sou Fujimoto está próxima de ser concluídaCasa da Música Húngara de Sou Fujimoto está próxima de ser concluída+ 24

Construção da Casa da Música Húngara, de Sou Fujimoto, está prestes a começar

Será iniciada a construção da Casa da Música Húngara de Sou Fujimoto em um cenário natural idílico ao lado do Lago Városliget, no maior parque de Budapeste. Tendo vencido um concurso de projeto em 2014, o arquiteto japonês projetou uma "casa moderna e extravagante para a música", inspirando-se nos mundos natural e musical.

O esquema faz parte do projeto Liget Budapest, um dos maiores empreendimentos museológicos da Europa, que também inclui o estriado Museum of Ethnography do escritório francês Vallet de Martinis DIID Architectes e o cuboidal PhotoMuseum Budapest e o Museum of Hungarian Architecture da firma húngara Középülettervező Zrt.

Construção da Casa da Música Húngara, de Sou Fujimoto, está prestes a começarConstrução da Casa da Música Húngara, de Sou Fujimoto, está prestes a começarConstrução da Casa da Música Húngara, de Sou Fujimoto, está prestes a começarConstrução da Casa da Música Húngara, de Sou Fujimoto, está prestes a começar+ 6

Sou Fujimoto serve de inspiração na Fashion Week de Paris

Na Fashion Week de Paris deste ano a maison suíça Akris mostrou sua coleção de primavera/verão 2016: uma montagem de vestes baseada na obra do arquiteto japonês Sou Fujimoto.

O diretor criativo da Akris, Albert Kriemler, foi apresentado a Fujimoto pelo fotógrafo Iwan Baan quando trabalhava na Université Paris-Saclay. Com grande admiração, Kriemler foi então influenciado pela obra do arquiteto: "Tenho admirado a obra de Sou Fujimoto e sua abordagem única em relação à arquitetura há algum tempo [...] Há arquitetos cuja visão é próxima à essência da moda - criar uma relação entre o corpo e o ambiente que ajude os seres humanos a viver confortavelmente."

As peças da coleção foram organizadas em grupos que correspondem a projetos arquitetônicos específicos - vestes perfuradas lembram a House of Hungarian Music: