1. ArchDaily
  2. Gloria Cabral

Gloria Cabral: O mais recente de arquitetura e notícia

"Todo projeto é uma oportunidade para construir": conversa com Solano Benítez e Gloria Cabral

O curso de pós-graduação da Escola da Cidade - Geografia, Cidade e Arquitetura recebeu o arquiteto Solano Benítez e a arquiteta Gloria Cabral para uma série de aulas. Na ocasião, foi realizada uma entrevista com os sócios do escritório Gabinete de Arquitetura, que conquistou prêmios como SI Swiss Architectural Award 2007-2008 (SUI), o AIA Honorary Fellowship 2012 (EUA) e o Leão de Ouro da Bienal de Veneza de 2016.

Arquitetas sul-americanas Sandra Barclay e Gloria Cabral recebem o Prêmio Women in Architecture 2018

Duas arquitetas sul-americanas foram selecionadas como vencedoras dos prêmios The Architectural Review e The Architects 'Journal's 2018 Women in Architecture. O primeiro prêmio deste ano, Arquiteta do Ano, foi entregue à peruana Sandra Barclay, enquanto a arquiteta paraguaia Gloria Cabral foi selecionada como vencedora do Prêmio Moira Gemmill para Arquitetura Emergente, sendo ambas reconhecidas pelo júri pelo seu domínio de materiais.

Arquitetos latino-americanos constroem parede de tijolos sem tijolos

Utilizando cimento e tijolos de lama crua, os arquitetos Solanito Benitez, Solano Benitez, Gloria Cabral, Maria Rovea e Ricardo Sargiotti construíram um muro que pôde ser erguido graças ao trabalho conjunto de ambos os materiais. Após a cura do cimento, os tijolos foram desmanchados com água, deixando vazios no muro como uma espécie de negativo dos blocos.

A intervenção fez parte da mostra de arte MUVA em Unquillo, Córdoba, Argentina, que aconteceu entre os dias 11 de abril e 3 de maio de 2014.

Mais imagens e informações, a seguir. 

Cortesía de Ricardo SargiottiCortesía de Ricardo SargiottiCortesía de Ricardo SargiottiCortesía de Ricardo Sargiotti+ 17

Exposição "Breaking The Siege" do Gabinete de Arquitectura é premiada com o Leão de Ouro em Veneza

Os tijolos são o elemento icônico do estúdio de Solano Benítez. Um material ancestral, forjado pelo homem através de uma técnica milenar de modelagem e cozimento. Os tijolos são versáteis, baratos e fáceis de fabricar, permitindo que também em zonas marginalizadas do mundo as pessoas possam se dar ao luxo de construir suas moradias com este material. Benítez sente a poesia do tijolo e vem experimentando com sua versatilidade, ao limite de confiar unicamente neles como material primeiro de construção. [1]

A mostra, desenvolvida por Solano Benítez, Gloria Cabral e Solanito Benítez, não apenas impressionou por sua genialidade construtiva, mas também recebeu o Leão de Ouro de Melhor Participação na Exposição Internacional Reporting from the Front.

© Laurian Ghinitoiu© Laurian Ghinitoiu© Laurian Ghinitoiu© Laurian Ghinitoiu+ 11

Como Peter Zumthor e sua "protégée" Gloria Cabral construíram uma conexão além dos limites do idioma

Em maio do ano passado, a iniciativa Rolex Mentors & Protégés anunciou uma surpreendente parceria: a arquiteta paraguaia Gloria Cabral foi selecionada para passar um ano trabalhando ao lado do famoso arquiteto suíço Peter Zumthor. As diferenças entre ambos - do idioma que falam ao tempo de suas carreiras - eram óbvias desde o início. Mas, como explorado neste artigo de Paul Clemence, originalmente publicado na Metropolis Magazine como "Intuitive Connection" , ao longo do último ano os dois arquitetos vêm descobrindo que as coisas que têm em comum são muito mais profundas.

Esta é uma dupla improvável. Ele é um arquiteto bem estabelecido com uma longa carreira que trabalha em uma pequena cidade localizada no meio das montanhas do cantão Graubünden na Suíça; ela está no início de uma promissora carreira em Assunção, capital e maior cidade do Paraguai. Eles não compartilham nem um idioma em comum, no entanto, se conectam através de algo mais forte que a palavra falada: um senso intuitivo de espaço - e sua ética de trabalho. 

Peter Zumthor escolhe a arquiteta paraguaia Gloria Cabral na Rolex Arts Initiative

Peter Zumthor escolheu ser o mentor da arquiteta paraguaia Gloria Cabral como parte da Rolex Mentor and Protégé Arts Initiative. Cabral, sócia do escritório Gabinete de Arquitectura, de Assunção, passará um ano colaborando com o arquiteto suíço, que dedicará sua experiência num esforço de aprender, criar e crescer juntamente com a jovem talento.

Descrevendo a obra de Cabral, Zumthor comentou: “No trabalho e atitude de Glória sinto um forte interesse pela experiência física da arquitetura, o que torna estimulante para mim colaborar com ela."