1. ArchDaily
  2. Eric Cesal

Eric Cesal: O mais recente de arquitetura e notícia

Projete como se você se importasse: O legado de Architecture for Humanity

Na introdução do livro da Architecture for Humanity, Projete como se você se importasse (2006), Cameron Sinclair relata a história desde os primórdios da organização. Em tom meio irônico mas ao mesmo tempo sério, ele descreve o dia em que, trabalhando na Architecture for Humanity com apenas um telefone celular durante seu expediente na Gensler, foi contatado pelo Alto Comissariado das Nações Unidas para os Refugiados, que lhe disse que a Architecture for Humanity estava em uma lista de organizações que podem ser capazes de ajudar uma potencial crise de refugiados no Afeganistão.

"Espero que seja uma longa lista", diz Sinclair. "Não", foi a resposta.

"Gostávamos de pensar que era porque já havíamos nos tornado uma voz para o projeto humanitário - um elemento inesperado no movimento da arquitetura socialmente consciente", escreve Sinclair sobre o incidente. "A triste verdade é que, até 1999, quando nossa organização incipiente começou junto com várias outras, não havia recurso de projeto facilmente identificável para abrigos temporários contra desastres."

Agora, após seu fim repentino e nada cerimonioso, a Architecture for Humanity tornou a arquitetura um mundo muito diferente daquele que entrou há quase 16 anos.

Architecture for Humanity anuncia o término das iniciativas no Haiti

A Architecture for Humanity anunciou a conclusão de seu programa no Haiti para janeiro de 2015. A organização, com sede em San Francisco, estabeleceu escritórios em Porto Príncipe em março de 2010 para ajudar as comunidades locais após o terremoto de 2010. Em quase cinco anos no país, a organização concluiu cerca de 50 projetos - incluindo casas, clínicas médicas, escritórios e 13 edifícios - através de sua Haiti School Initiative. Seus trabalhos afetaram positivamente a vida de mais de um milhão de haitianos, com suas escolas proporcionando infraestrutura para mais de 18 mil alunos.

Saiba mais sobre o fim do programa do Architecture for Humanity no Haiti e veja algumas imagens de suas escolas concluídas.

École Elie Dubois. Cortesia de Architecture for HumanityÉcole La Dignité. Cortesia de Architecture for HumanitySt. Louis de Gonzague Chemisry & Physics Building. Cortesia de Architecture for HumanityÉcole Ceverine. Cortesia de Architecture for Humanity+ 22