Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Curbed

Curbed: O mais recente de arquitetura e notícia

Floresta vertical pode ser uma solução para a poluição atmosférica nas cidades

Neste curta-metragem, parte de uma série de de videos em quatro episódios co-produzida por Curbed e The Verge, o Bosco Verticale - a impressionante floresta residencial localizada no denso ambiente urbano de Milão - é examinado em relação às suas proezas arquitetônicas e sua aptidão botânica. No filme, o arquiteto Stefano Boeri e especialistas explicam o que torna o arranha-céus tão único, bem como o potencial real de reduzir os níveis de poluição atmosférica na cidade.

Como o ar-condicionado ajudou a moldar a história da arquitetura (para melhor ou pior)

Este artigo foi originalmente publicado na Curbed como "How air conditioning shaped modern architecture—and changed our climate."

Durante uma conversa com a New Yorker, um limpador de janelas que trabalhou no Empire State Building disse que alguns dos seus momentos mais difíceis teriam sido limpar o lixo que os inquilinos lançam pelas janelas. Em seus muitos anos trabalhando no arranha-céu da era da Depressão, ele encontrou inúmeros copos de café meio vazios nas janelas e até teve que limpar 20 potes de conserva de morango da fachada do prédio. Jogados para fora no inverno, eles grudam no exterior do arranha-céu.

Ver uma janela aberta em um arranha-céu parece ser uma peculiaridade, especialmente hoje, quando os gigantes de aço e vidro hermeticamente fechados oferecem a promessa de conforto climático controlado. Mas desde o Home Insurance Building de Chicago, inaugurado em 1884 e considerado um dos primeiros arranha-céus do mundo, o desafio da ventilação, resfriamento e aquecimento foi uma importante consideração da engenharia que ajudou a moldar a arquitetura moderna.

Os grandes edifícios comerciais da era moderna devem sua existência, em muitos aspectos, ao ar-condicionado, uma invenção com um legado decididamente ambíguo.

Fotógrafo Max Touhey apresenta os interiores do icônico terminal TWA de Eero Saarinen

Atualmente em fase de renovação com o objetivo de transformar sua famosa concha em um hotel, o icônico terminal aéreo TWA de Eero Saarinen está fechado ao público desde 2001. Recentemente, enquanto uma equipe de preservacionistas realizava o escaneamento das curvas internas do terminal, o fotógrafo Max Touhey recebeu permissão para registrar os interiores do edifício em seu elegante estilo moderno. A série de fotografias, publicada na Curbed NY, mostra o edifício em boas condições, considerando seu fechamento de mais de uma década. Veja a série de fotografias feitas por Touhey, a seguir.

© Max Touhey para Curbed NY © Max Touhey para Curbed NY © Max Touhey para Curbed NY © Max Touhey para Curbed NY + 10

Estas casas improváveis são uma lição de como odiar seus vizinhos

Há muitas boas razões para se construir uma casa: abrigo, economia ou auto-expressão. Mas rancor? Neste artigo, originalmente publicado na Curbed como "Spite Houses: 12 Homes Created With Anger and Angst", Patrick Sisson mergulha na "pequena mas ignóbil tradição" de pessoas que constroem suas casas para enfurecer seus vizinhos, familiares ou autoridades.

Como não adorar uma construção chamada "casa rancorosa" [spite house]? Em um artigo publicado no New York Times, a escritora Kate Bolick discute seu sonho de ser dona da Plum Island Pink House, uma antiga residência abandonada em Newbury, Massachusetts, localizada em meio a uma pântano de sal. A casa, romântica e reclusa, se isola por um motivo; construída por um marido recém-divorciado para sua ex-mulher como uma das condições para a separação, é uma réplica exata do antigo lar que compartilhavam, porém, desconfortavelmente localizada em meio a um pântano e construída sem água encanada. A solitária estrutura é parte de uma pequena mas ignóbil tradição de casas construídas por rancor, edifícios criados por malícia, em vez de almejarem o conforto, destinados a irritar ou enfurecer vizinhos ou mesmo os próprios inquilinos. Normalmente construídas para bloquear a passagem de luz natural para a casa de um vizinho, são encontrados exemplares que datam do século XVIII. Aqui estão alguns exemplos de casas ou apartamentos que foram construídos ou pintados por raiva.

Críticos comentam a Bienal de Arquitetura de Chicago

Imagem de Chicago do ensaio fotográfico de Iwan Baan. Imagem © Iwan Baan
Imagem de Chicago do ensaio fotográfico de Iwan Baan. Imagem © Iwan Baan

Na semana retrasada, a Bienal de Arquitetura de Chicago abriu para mais de 31.000 visitantes e com muito alarde, por uma boa razão - trata-se do maior evento de arquitetura no continente desde a Exposição Universal de 1893 , com mais de cem expositores de mais de trinta países. Com um tema tão ambíguo como "O Estado da Arte da Arquitetura", e com a esperança de fazer a bienal, de acordo com diretores Joseph Grima e Sarah Herda, "um espaço de debate, diálogo e de produção de novas idéias", o evento certamente geraria opiniões igualmente abrangentes. Leia mais para descobrir o que os críticos têm a dizer sobre a Bienal.