Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Cristóbal Palma

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE FOTÓGRAFO

Alejandro Aravena: "A necessidade mais básica e urgente é como um template que elimina o irrelevante"

11:00 - 9 Setembro, 2019
Alejandro Aravena: "A necessidade mais básica e urgente é como um template que elimina o irrelevante", Cortesia de Elemental
Cortesia de Elemental

Alejandro Aravena esteve em Florianópolis na última semana, convidado pelo NCD Summit 2019 para palestrar sobre Arquitetura Social. Fundador do "do tank" ELEMENTAL, o Prêmio Pritzker de 2016 deu um panorama geral de sua obra, passando pelas mais distintas tipologias de projeto, sempre evidenciando os processos que levaram às soluções adotadas. Antes da palestra, Aravena concedeu uma entrevista exclusiva ao ArchDaily Brasil. Confira a entrevista a seguir:

18 Obras de arquitetura para crianças

07:00 - 31 Maio, 2019

A arquitetura para crianças não necessariamente se reflete em brincadeiras para eles. No caso dos jardins infantis, parques e escolas, o processo projetual é realizado por adultos, no entanto, os fiéis usuários são as crianças. Portanto, os arquitetos têm a responsabilidade de garantir que o entorno construído ofereça a oportunidade de brincar, explorar e aprender no espaço físico.

Com isso em mente, apresentamos 18 espaços projetados especialmente para crianças - ambientes que talvez possam inspirar aos futuros Fosters, Hadids e Le Corbusiers.

Piscinas cobertas: Trazendo a tranquilidade da água para os espaços internos

11:00 - 16 Maio, 2019
Piscinas cobertas: Trazendo a tranquilidade da água para os espaços internos, © Valentin Jeck
© Valentin Jeck

Dentro da arquitetura, a água evoca sentimentos de calma e bem-estar. O elemento influenciou os projetos através de sua natureza dinâmica e fluida. Com os recentes avanços tecnológicos, os arquitetos criaram algumas das intersecções mais inesperadas e inovadoras entre os projetos e a água.

Abaixo, fornecemos um conjunto de piscinas internas que destacam a aplicação da água em diferentes espaços, mostrando sua relação com a materialidade e o uso.

Esta coleção é um dos muitos agrupamentos interessantes de conteúdo feitos por nossos usuários registrados. Lembre-se que você pode salvar e gerenciar o que te inspira no My ArchDaily. Crie sua conta aqui.

© Mariela Apollonio © Yoshihiro Koitani + Aby Helfon y Ramón Helfon © Héctor Fernández Santos-Díez © Vinicius Nunes + 30

Parque Cultural Valparaíso / HLPS

18:00 - 5 Maio, 2019
© Cristobal Palma
© Cristobal Palma
  • Arquitetos

  • Localização

    Cárcel 471, Valparaíso, Região de Valparaíso, Chile
  • Arquitetura

    Jonathan Holmes, Martin Labbé, Carolina Portugueis, Osvaldo Spichiger
  • Colaboradores

    Nicolás Frienkel, Jorge Síviero, Carolina Moore
  • Engenheiro

    Luis Soler y Asociados
  • Acústica

    Carla Badani
  • Iluminação

    Limarí Lighting Design Ltda.
  • Paisagismo

    Paulina Courard
  • Construção

    Constructora Bravo Izquierdo Ltda.
  • Inspeção fiscal

    David Green – Andrea Palma
  • Inspeção técnica

    D.R.S.
  • Área

    8711,0 m2
  • Ano

    2011
  • Fotografias

© Cristobal Palma © Cristobal Palma © Cristobal Palma © Cristobal Palma + 31

100 Espaços públicos: de pequenas praças a parques urbanos

06:30 - 4 Abril, 2019
© DuoCai Photograph
© DuoCai Photograph

© Gianluca Stefani © Thomas Zaar © Tomasz Zakrzewski © Sebastien Michelini + 112

A chave para projetar ou recuperar com sucesso os espaços públicos de uma cidade é criar estratégias que favoreçam seu uso e os capacitem como ponto de encontro. Independentemente da escala, entre alguns dos aspectos mais importantes estão: o desenho informado pelas necessidades das pessoas; a consideração da escala humana; e uma mistura de usos que permita multifuncionalidade e flexibilidade e proporcione conforto e segurança. 

Para lhe inspirar a projetar lugares de encontro e lazer, de praças a parques, de mirantes a playgrounds infantis, reunimos a seguir 100 espaços públicos de todas as escalas. 

30 Esquemas e Detalhes Construtivos para uma Arquitetura Sustentável

16:00 - 19 Março, 2019
30 Esquemas e Detalhes Construtivos para uma Arquitetura Sustentável

A concepção do sustentável na arquitetura é fundamentada a partir do ambiente. Os múltiplos focos que são abordados em projetos a partir do conceito de sustentabilidade permitiram configurar uma diversidade de espaços habitáveis com melhores rendimentos quando comparados com outros tipos de aproximações projetuais.

Os benefícios da incorporação de vegetação - tanto em fachadas como em coberturas - e os estudos em relação ao desenho de conforto térmico e os sistemas construtivos - respeito ao material e sua manufatura - outorgam uma série de questões que permitem considerar o desenho sustentável como um fator determinante na busca de edificações que melhoram as condições de vida e respeitam seu entorno natural.

Veja uma seleção de 30 esquemas e detalhes construtivos de projetos que se destacam por sua abordagem sustentável.

As possibilidades do Concreto Pigmentado: 18 edifícios impregnados de cor

11:00 - 5 Fevereiro, 2019
As possibilidades do Concreto Pigmentado: 18 edifícios impregnados de cor, Center for Interpretation of The Battle of Atoleiros / Gonçalo Byrne Arquitectos + Oficina Ideias em Linha. Image © Fernando Guerra | FG+SG
Center for Interpretation of The Battle of Atoleiros / Gonçalo Byrne Arquitectos + Oficina Ideias em Linha. Image © Fernando Guerra | FG+SG

Quando pensamos em concreto, a cor cinza geralmente nos vem à cabeça. O traço tradicional do concreto, que leva cimento, brita, areia e água pode apresentar variações por conta dos seus elementos compositivos, mas sempre varia entre o cinza claro e o escuro. No entanto, um recurso que vem sendo cada vez mais utilizado é o de agregar pigmentos a essa mistura, para se alcançar cores variadas na aparência final da obra, já que tornam todo o concreto, por dentro e por fora, colorido. Essas tonalidades decorrem da adição de óxidos: as cores amarelo, vermelho e suas derivações (marrons) são obtidas com a adição do óxido de ferro, enquanto que o óxido de cromo e de cobalto criam o efeito de cor verde e azul, respectivamente. Para o concreto preto, geralmente inclui-se óxido de ferro preto e óxido de carbono, combinados com cimento pozolânico .

Centro Cultural Comunitário Teotitlán del Valle / PRODUCTORA. Image © Luis Gallardo - LGM Studio Museu Cais do Sertão / Brasil Arquitetura. Image © Nelson Kon Residência Montagnola / Attilio Panzeri & Partners. Image © Giorgio Marafioti Galería Solar S. Roque / Manuel Maia Gomes. Image © Fernando Guerra | FG+SG + 19

Fachadas recicláveis e duradouras: 20 edifícios revestidos em zinco

12:00 - 16 Janeiro, 2019
Fachadas recicláveis e duradouras: 20 edifícios revestidos em zinco, Perry and Marty Granoff Center for the Creative Arts, Brown University / Diller Scofidio + Renfro. Image © Iwan Baan
Perry and Marty Granoff Center for the Creative Arts, Brown University / Diller Scofidio + Renfro. Image © Iwan Baan

O zinco é um elemento natural extraído do minério. É a sigla ZN, que aparece na temida Tabela Periódica, aquela que tanto nos atormentava nas aulas de química. Através de um processo metalúrgico para a queima das impurezas, a redução do óxido de zinco e o refino, ele assume uma aparência muito mais amigável, que são as chapas, bobinas e rolos utilizados na construção civil. A principal característica deste material é sua maleabilidade, que permite que seja trabalhado facilmente, permitindo revestir complexas formas em fachadas e coberturas das construções.

Edificio E, de Barclay & Crousse, vence o Prêmio Mies Crown Hall das Américas 2018

21:00 - 10 Outubro, 2018
Edificio E, de Barclay & Crousse, vence o Prêmio Mies Crown Hall das Américas 2018, © Cristobal Palma
© Cristobal Palma

O Edificio E da Barclay & Crousse Architecture, na Universidade de Piura, Peru, foi anunciado como o vencedor do 2018 Mies Crown Hall Americas Prize (MCHAP), reconhecendo as mais notáveis obras arquitetônicas construídas nos continentes norte e sul-americano.

O projeto foi selecionado de uma lista de seis finalistas, juntando-se à Grace Farms do SANAA, à Fundação Iberê Camargo de Alvaro Siza e ao 1111 Lincoln Road da Herzog & de Meuron como vencedores do prêmio altamente considerado que foi estabelecido em 2003.

© Cristobal Palma © Cristobal Palma © Cristobal Palma © Cristobal Palma + 12

A beleza do cobre pré-oxidado através de 8 fachadas

12:00 - 27 Setembro, 2018
A beleza do cobre pré-oxidado através de 8 fachadas, The Green House / K2LD Architects. Image © Jeremy San
The Green House / K2LD Architects. Image © Jeremy San

O cobre patinado, também chamado de oxidado, é um revestimento metálico que "envelhece bem", com excelentes propriedades mecânicas de resistência às intempéries. Por sua capacidade de transformação ao longo do tempo à medida em que se mantém em exposição às condições atmosféricas, o material dispensa manutenção, proporcionando um aspecto pouco usual às fachadas.

Indo além das placas em tom alaranjado, este material também permite aparência azul/esverdeada por processos químicos controlados de oxidação. Sua coloração é definida pela quantidade de cristais contidos na superfície do material junto à incidência de luz natural, possibilitando que os painéis apresentem diversas variação nos tons e nuances. 

9 arquitetos que projetaram a própria casa

19:00 - 10 Setembro, 2018
Cien House / Pezo von Ellrichshausen. Image © Cristobal Palma
Cien House / Pezo von Ellrichshausen. Image © Cristobal Palma

Os arquitetos geralmente são influenciados pelas vontades de seus clientes, sacrificando e comprometendo com relutância as opções de projeto para atender às suas necessidades. Mas o que acontece quando os arquitetos se tornam seus próprios clientes? Quando arquitetos projetam para si mesmos, eles têm o potencial de testar suas ideias livremente, explorar sem restrições criativas e criar espaços que definem totalmente quem são, como projetam e o que representam. Desde icônicas casas de arquitetos como a Residência Gehry em Santa Monica até casas particulares que funcionam como um museu de entrada pública, aqui estão 9 fascinantes exemplos de como os arquitetos projetam quando eles só têm a si mesmo para responder.

Cien House / Pezo von Ellrichshausen. Image © Cristobal Palma Melnikov House. Image © Denis Esakov Gehry Residence. Image via netropolitan.org Lyon Housemuseum / Lyons. Image © Dianna Snape + 20

15 Projetos impressionantes nas montanhas

07:00 - 6 Março, 2018
15 Projetos impressionantes nas montanhas, © Adolf Bereuter
© Adolf Bereuter

© Felipe Camus © Anze Cokl © inexhibit.com © Thomas Jantscher + 16

Construir nas montanhas é uma das coisas que quase todo arquiteto sonha em fazer. Embora a ideia seja atraente, diversos fatores - como a distância aos serviços urbanos, a altitude e as autorizações ambientais - podem tornar esse desejo muitas vezes inviável de ser concretizado. A seguir, apresentamos uma seleção de 15 impressionantes obras construídas nas montanhas, fotografadas por nomes como Felipe Camus, Janez Martincic e Anze Cokl.

Arquitetas sul-americanas Sandra Barclay e Gloria Cabral recebem o Prêmio Women in Architecture 2018

19:00 - 4 Março, 2018
Arquitetas sul-americanas Sandra Barclay e Gloria Cabral recebem o Prêmio Women in Architecture 2018, Site Museum of Paracas Culture / Barclay & Crousse. Courtesy of Barclay & Crousse. Image
Site Museum of Paracas Culture / Barclay & Crousse. Courtesy of Barclay & Crousse. Image

Duas arquitetas sul-americanas foram selecionadas como vencedoras dos prêmios The Architectural Review e The Architects 'Journal's 2018 Women in Architecture. O primeiro prêmio deste ano, Arquiteta do Ano, foi entregue à peruana Sandra Barclay, enquanto a arquiteta paraguaia Gloria Cabral foi selecionada como vencedora do Prêmio Moira Gemmill para Arquitetura Emergente, sendo ambas reconhecidas pelo júri pelo seu domínio de materiais.

4 formas de se vestir como um arquiteto

07:00 - 16 Agosto, 2016
4 formas de se vestir como um arquiteto

1. Tudo preto.
2. Preto com um pouco de cinza.
3. Preto com um pouco de branco.
4. Combinação de diferentes tons de preto. 

Pronto. Vá para casa.

Brincadeiras à parte, nunca houve um uniforme na profissão de arquitetura. A verdade é que há uma grande variedade de diferentes formas de se fazer arquitetura e uma roupa específica para exercer a profissão, muitas vezes, depende da cultura de cada escritório. Existem empresas corporativas compostas por centenas de pessoas em blocos de escritórios onde se espera um traje 'executivo" e há ateliês onde jeans e uma camisa simples são mais apropriados para o trabalho.

O mundo arquitetônico é único e ele espera que sejamos criativos como artistas, práticos como engenheiros, negociantes como empresários e habilidosos como artesãos mas, ao mesmo tempo, somos convidados a descobrir o nosso próprio estilo e abordagem. Hibridismo e improvisação são constantes na arquitetura, que é definitivamente refletida em nossas escolhas de moda. O guarda-roupa do arquiteto, porém, é governado de forma geral por quatro palavras-chave: excêntrico, profissional, descontraído e, bom,...em grande parte, preto. Aqui temos descritas algumas dicas sobre como se vestir de acordo com estas quatro qualidades.

Camisa Vintage Festival via ASOS Camisa via COS Camiseta de Bjarke Ingels "Yes is More" via Cafe Press Terno Cinza via ZARA + 33

(Não) é Elemental: sobre a arquitetura de Alejandro Aravena

07:00 - 5 Fevereiro, 2016
Torres Siameses. Imagem © Cristobal Palma
Torres Siameses. Imagem © Cristobal Palma

Ler sobre o trabalho de Alejandro Aravena pode às vezes parecer duas discussões distintas: uma sobre suas inovações na habitação social, amplamente elogiadas, e outra sobre seus impressionantes (embora mais convencionais no âmbito de aplicação) edifícios para as universidades e municípios. Neste post originalmente compartilhado em sua página no Facebook, Hashim Sarkis, reitor da MIT School of Architecture and Planning, conecta aparentemente os dois segmentos distintos da arquitetura de Aravena, descobrindo as crenças subjacentes que orientam o vencedor do Prêmio Pritzker deste ano.

Grande parte do trabalho de Alejandro Aravena, projetado individualmente ou no grupo ELEMENTAL, incorpora um momento eureka, um momento em que, após um interrogatório cuidadoso do programa com o cliente, o arquiteto surge com uma resposta contra-intuitiva, porém simples, para o problema. (Para o centro de informática da Universidade Católica, os laboratórios tinham que ser simultaneamente escuros e bem iluminados. Para a habitação social em Iquique, em vez de uma boa casa inteira que você não pode pagar, você recebe a metade de uma boa casa). Por sua vez, essas equações são incorporadas em edifícios que adquirem normalmente formas tão simples. Os clientes e ocupantes repetem o "aha" com mesmo tom e realização de Aravena. "Se eu não posso, de forma convincente, transmitir a ideia do projeto por telefone, já sei que é uma má ideia", ele disse.

Mirante Las Cruces. Imagem © Iwan Baan Projeto da Casa OchoQuebradas. Imagem Cortesia de ELEMENTAL Centro de Inovação UC - Anacleto Angelini. Imagem © Nico Saieh Residência Quinta Monroy. Imagem Cortesia de ELEMENTAL + 11

Cidades radicais, soluções radicais: Livro de Justin McGuirk encontra oportunidades em lugares inesperados

07:00 - 23 Maio, 2015
Cidades radicais, soluções radicais: Livro de Justin McGuirk encontra oportunidades em lugares inesperados, Casas Quinta Monroy do Elemental no Chile tornaram-se-imagem do cartaz para uma arquitetura ativista da América Latina. Imagem © Cristóbal Palma
Casas Quinta Monroy do Elemental no Chile tornaram-se-imagem do cartaz para uma arquitetura ativista da América Latina. Imagem © Cristóbal Palma

O livro de Justin McGuirk Radical Cities: Across Latin America in Search of a New Architecture está rapidamente se tornando uma importante leitura para mundo da arquitetura. Desde sua grandiosa participação na Bienal de Veneza 2012, em que ganhou o prêmio Golden-Lion pelo projeto desenvolvido com o Urban Think Tank e Iwan Baan, o trabalho de McGuirk tem se tornado de fundamental interesse a disciplina da arquitetura, principalmente no que diz respeito a soluções de habitação de baixo custo na América Latina. Esta análise do livro Radical Cities, por Joshua K Leon, foi originalmente publicada pela Metropolis Magazine como "Finding Radical Alternatives in Slums, Exurbs, and Enclaves."

O livro Radical Cities: Across Latin America in Search of a New Architecture, de Justin McGuirk, deveria ser leitura obrigatória para qualquer um à procura de uma saída para a desigualdade social na qual estamos presos. Em 2012, existiam 40 milhões de moradores de favelas em todo o mundo a mais do em 2010, segundo a ONU. Os mercados privados claramente não podem fornecer moradia universal de forma eficiente e os governos são muitas vezes hostis em relação aos pobres. A única alternativa é a ação coletiva a nível popular, e eu nunca havia lido um relato mais vívido sobre tal assunto.

Centro de Produção e Pesquisa Carozzi / GH+A | Guillermo Hevia

17:00 - 2 Novembro, 2014
Centro de Produção e Pesquisa Carozzi / GH+A | Guillermo Hevia, © Cristobal Palma
© Cristobal Palma

© Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh © Nico Saieh + 43

  • Arquitetos

  • Localização

    San Bernardo, Santiago, Chile
  • Arquitetos Responsáveis

    Tomás Villalón A., Francisco Carrión G., Javier González E.
  • Área

    52.0 m2
  • Ano do Projeto

    2012
  • Fotografias

A explosão internacional da arquitetura chilena

17:00 - 5 Agosto, 2014
A explosão internacional da arquitetura chilena, Pabellón 2014 de Serpentine Gallery / Smiljan Radic. Image © 2014 Smiljan Radic Studio
Pabellón 2014 de Serpentine Gallery / Smiljan Radic. Image © 2014 Smiljan Radic Studio

O Leão de Prata concedido ao Pavilhão do Chile na Bienal de Arquitetura de Veneza deste ano, o Prêmio MCHAP Emerging Architecture para a Casa Poli do escritório Pezo von Ellrichshausen e a recente inauguração do pavilhão de Smiljan Radic para o Serpentine Gallery não são casos isolados, mas um reflexo de uma arquitetura chilena - já madura - que consegue afastar o país da imagem de uma nação rural no fim do mundo ocupada por residências unifamiliares salpicadas sobre uma geografia acidentada; uma arquitetura que se reconcilia com seus centros urbanos, projetando-os na cena mundial.

Neste contexto, o jornal britânico Financial Times dedicou um artigo a este boom de arquitetos já consolidados, como Smiljan Radic, Mathias Klotz, Pezo von Ellrichshausen e Elemental. O que ocasionou esse impulso da arquitetura chilena?