Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy & Ernesto Philibert-Petit

NAVEGUE POR TODOS OS PROJETOS DESTE AUTOR

Estratégias de manutenção para habitação social na América Latina

Dando sequência à série de artigos de Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy y Ernesto Philibert-Petit sobre o estudo da habitação social na América Latina, nesta ocasião os autores discutem as esratégias de manutenção dos conjuntos. 

Habitação social na América Latina: trabalhar com (ou contornar) o sistema

Dando sequência à série de artigos de Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy y Ernesto Philibert-Petit sobre o estudo da habitação social na América Latina, nesta ocasião os autores discutem os processos de trabalho e o sistema operativo da construção. 

Estratégias de financiamento de pequena escala para habitação social na América Latina

Dando sequência à série de artigos de Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit sobre o estudo da habitação social na América Latina, nesta ocasião os autores questionam as alternativas econômicas para enfrentar os custos de construção. 

A necessidade de materiais adaptáveis na habitação social latino-americana

A série de artigos de Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy y Ernesto Philibert-Petit sobre o estudo da habitação social na América Latina continua, e nesta ocasião os autores questionam as escolhas dos materiais construtivos mais frequentemente empregados. 

Conselhos práticos para o futuro da habitação social na América Latina

A série de artigos de Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy y Ernesto Philibert-Petit, sobre o estudo da habitação social na América Latina, nesta ocasião, os autores apresentam conselhos práticos para a realização de projetos que abordem novas soluções para o futuro da habitação social. 

Habitação social na América Latina: Sequência de desenho

Apresentamos a seguir mais um artigo da série de textos de Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit. Desta vez, enfocando a importância das sequências de layout e dos códigos geradores para a habitação social na América Latina. Reveja também os demais artigos já publicados:

Habitação social na América Latina: exemplos de padrões e códigos geradores

O artigo a seguir faz parte de uma série desenvolvida por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andres M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit, que explora as particularidades da habitação social na América Latina. Nesta ocasião, os autores revisam exemplos de estratégias e planejamento, como a importância de processos sociais colaborativos e a sequência específica das etapas de construção. 

Estratégias de construção para habitação social na América Latina

<a href='https://www.plataformaarquitectura.cl/cl/758820/fundacion-mi-parque-avanzando-hacia-un-diseno-participativo-de-areas-verdes?ad_medium=gallery'>Avanzando hacia un diseño participativo de áreas verdes</a>. Image Cortesía de Mi Parque
Avanzando hacia un diseño participativo de áreas verdes. Image Cortesía de Mi Parque

O artigo a seguir faz parte de uma série desenvolvida por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andres M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit, que explora as particularidades da habitação social na América Latina. Nesta ocasião, os autores lidam com o papel da participação nos processos de projeto e construção de um tecido urbano saudável baseado na experiência de Christopher Alexander. 

Participação como princípio básico da habitação social: aplicando o trabalho de Christopher Alexander

O artigo a seguir faz parte de uma série desenvolvida por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andres M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit, que enfoca as particularidades da habitação social na América Latina. Este texto explora o papel da participação nos processos de projeto e construção de um tecido urbano saudável baseado na experiência de Christopher Alexander. Reveja as outras matérias e o novo artigo, a seguir:

Habitação social na América Latina: biofilia, conectividade e espiritualidade

Esta série de artigos desenvolvida por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andres M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit trata das particularidades da habitação social na América Latina. Aborda sua pesquisa e não apenas um sistema de práticas baseado na experiência e aplicável a situações gerais, mas sua continuidade a longo prazo com o objetivo de ajudar os residentes a criar raízes em seu ambiente construído.

O presente artigo enfoca em como a saúde e o bem-estar humanos dependem fortemente da geometria do meio ambiente. 

Habitação social na América Latina: geometria do controle

Depois de refletir sobre o desenho capaz de estabelecer 'pertencimento emocional' e os antipadrões de habitação social, Nikos A. Salingaros, David Brain, Andres M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit continuam com sua série de artigos sobre habitação social na América Latina. Nesta ocasião, o texto aborda como o controle influencia a forma urbana e os modos de habitar.

Antipadrões da habitação social na América Latina

Continuando a série de artigos desenvolvidos por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit, as reflexões sobre a habitação social na América Latina são agora abordadas do ponto de vista antagônico de crenças desatualizadas. Nestas, noções e erros cometidos - em alguns casos simplesmente por inércia - são discutidos no contexto latino-americano, e as soluções adaptáveis focam no longo prazo e nas raízes urbanas dos moradores.

Habitação social na América Latina: desenho capaz de estabelecer 'pertencimento emocional'

Desenvolvida por Nikos A. Salingaros, David Brain, Andrés M. Duany, Michael W. Mehaffy e Ernesto Philibert-Petit, esta série de artigos oferece um conjunto das melhores práticas para a habitação social, baseadas em evidências, que são aplicáveis em situações gerais. Exemplos variados são discutidos para o contexto latino-americano: soluções adaptáveis que agem buscando uma sustentabilidade duradoura e ajudam os residentes a vincularem-se ao seu (novo) ambiente construído. 

Se proponen, entonces, nuevos aportes a la ciencia de la complejidad, en particular, el trabajo de Christopher Alexander sobre cómo evolucionar exitosamente la forma urbana. Con la aplicación de las herramientas conceptuales del 'Lenguaje de Patrones' y los 'Códigos generativos', estos principios apoyan soluciones previas derivadas de otras, que nunca se habían propuesto como formas viables.