OMA prestes a inaugurar seu primeiro projeto cultural na Califórnia

OMA prestes a inaugurar seu primeiro projeto cultural na Califórnia

O OMA, liderado pelo arquiteto associado Shohei Shigematsu, acaba de concluir as obras do Pavilhão Audrey Irmas junto ao Templo Wilshire Boulevard, a mais antiga congregação judaica da cidade de Los Angeles. Além disso, o pavilhão é o primeiro projeto cultural realizado pelo OMA na Califórnia, assim como a primeira encomenda recebida pelo escritório de uma instituição religiosa. Com data de inauguração prevista para janeiro de 2022, “o Pavilhão Audrey Irmas, com seus mais de 5.000 metros quadrados, será uma adição valiosa ao importantíssimo Templo Wilshire Boulevard, o qual disponibilizará novos espaços para reuniões e eventos da comunidade judaica de Los Angeles”.

Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’RearCorrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’RearCorrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’RearCorrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear+ 44

Desenvolvido pelo escritório do OMA de Nova Iorque, coordenado pelo arquiteto associado Jake Foster e pelo sócio parceiro Shohei Shigematsu além da colaboração do arquiteto Jesse Catalano, o Pavilhão Audrey Irmas está localizado junto ao Wilshire Boulevard, em pleno coração de Koreatown em Los Angeles, Califórnia. Com inauguração prevista para o início do ano que vem, a história do pavilhão começou ainda em 2015, quando o OMA foi escolhido através de um concurso de arquitetura para desenvolver o projeto de um anexo para o Templo Wilshire Boulevard como “um novo espaço de encontros e socialização que pudesse forjar novas conexões com as atividades existentes do campus, ao mesmo tempo que opera como uma nova porta de entrada e elemento de conexão com a cidade de Los Angeles”. Nomeado em homenagem a principal patrona do projeto, o pavilhão procura respeitar as tradições históricas do lugar e da comunidade local além de refletir sobre o papel da instituição na sociedade contemporânea.

Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear

Durante a pandemia, a construção do Pavilhão Audrey Irmas manteve-se dentro de seu cronograma, justamente em um período em que a proximidade entre as pessoas e as relações interpessoais estiveram em cheque. A notícia da conclusão das obras chega em um momento em que estamos todos esperançosos em nos reunir novamente, e este edifício pode ser um símbolo desta nova fase na qual voltaremos a nos aproximar e a conviver em comunidade. -- Shohei Shigematsu, Sócio Responsável do OMA.

Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear

O projeto do pavilhão partiu de uma caixa simples, a qual foi sendo modelada em resposta aos edifícios históricos adjacentes. No lado oeste, ele afasta-se do templo principal, criando um novo pátio entre os dois edifícios. Do lado sul e mais soleado, os arquitetos optaram por criar um pátio que se abre para a luz do sol entrar. Além disso, o pavilhão busca impor a sua presença junto corredor urbano principal do Wilshire Boulevard.

Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear

O edifício está composto por uma constelação de diferentes espaços, formas, escalas e atmosferas—o qual se desenvolve através de um espaço contínuo coroado por uma abóbada curva de estrutura de madeira; um vazio trapezoidal que atravessa o edifício ao lado do Templo, emoldurando seus vitrais através de pequenas aberturas na fachada; e um jardim circular rebaixado desde onde é possível ter um panorama completo para a cidade de Los Angeles. Os espaços do pavilhão se desenvolvem em três vazios interconectados, os quais perfuram a forma sólida da estrutra para abraçar e envolver os espaços públicos do campus e da cidade. Desta forma, o pavilhão foi concebido para servir como uma estrutura de suporte as atividades e programas do Templo, uma estrutura inspirada nos valores e tradições históricas do lugar. -- Shohei Shigematsu, sócio parceiro do OMA.

Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear

Estes três vazios interconectados encontram-se sobrepostos verticalmente, atravessando o edifício em diferentes sentidos: o primeiro deles abriga o principal espaço para eventos, o segundo uma capela com terraço e o último um jardim rebaixado. Ao rés do chão, o volume vazio que atravessa o edifício procura ecoar as formas da cúpula do Templo, como se estivéssemos caminhando justo abaixo desta magnifica estrutura em arco, enquanto no segundo pavimento, o espaço da capela se revela mais íntimo além de contar com um terraço exterior. Inspirada na geometria da cúpula do Templo, a fachada é composta por 1230 elementos hexagonais de concreto reforçado com fibra de vidro.

Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear

Como um espaço anexo e de acolhida à comunidade que frequenta o Templo Wilshire Boulevard, o Pavilhão Audrey Irmas oferecerá uma ampla gama de espaços de encontro e reunião, os quais variam em grau de abertura e intimidade. O pavilhão procura estabelecer um diálogo franco com à sua contraparte clássica, afastando-se educadamente do Templo para criar um pátio acessível entre os dois. Um complexo de espaços internos e externos distribuídos em vários níveis conectará o campus à cidade, emoldurando novas perspectivas para o templo e para a paisagem urbana de Los Angeles. Após seis anos de muito trabalho, finalmente o pavilhão está prestes a ser entregue a comunidade de Wilshire Boulevard, e toda a nossa equipe está muito orgulhosa por poder participar de um projeto como esse, o qual foi concebido para servir as necessidades da comunidade—espirituais e físicas, individuais e coletivas, uma estrutra flexível porém única. -- Jake Forster, arquiteto sócio do OMA.

Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear

AUDREY IRMAS PAVILION

  • Status: Inauguração Prevista para Janeiro de 2022
  • Cliente: Wilshire Boulevard Temple
  • Localização: Los Angeles, CA, EUA
  • Site: Uma adição ao Templo Wilshire Boulevard do Campus da Fmilia de Erika J. Glazer

Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear

Equipe de Projeto:

  • Parceiro Responsável: Shohei Shigematsu
  • Sócio Responsável: Jake Forster
  • Equipe: Jesse Catalano, David Chacon, Caroline Corbett, Nils Sanderson, Andrea Zalewski, Natasha Trice, Marie Claude Fares, Wesley LeForce, Sandy Yum, Jade Kwong, Shary Tawil e Joanne Chen

Equipe de Concurso:

  • Parceiro Responsável: Shohei Shigematsu; Parceiro Colaborador: Jason Long, Sócio Responsável: Jake Forster
  • Equipe: Yusef Ali Dennis, Caroline Corbett, Sandy Yum, Sang Woo Kim, Nicholas Solakian de Stavros Voskaris

Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear
Corrtesia de OMA Nova Iorque, Fotografia por Jason O’Rear

  • Projeto Executivo: Gruen Associates
  • Estrutura, Complementares, Fachada, FLS, Comunicação: ARUP
  • Consultoria Espaços Performáticos: TheatreDNA
  • Paisagismo: Studio-MLA
  • Iluminação: L’Observatoire International
  • Gráfico, Sinalização, Percurso: Space Agency
  • Engenharia Civil: Rhyton Engineering
  • Circulação Vertical: Syska Hennessy Group
  • Cozinha e Alimentação: Clevenger Frable LaVallee, Foster Frable / Laschober + Sovich
  • Segurança: TRC
  • Cliente Responsável: Searock Staffold
  • Construtora: MATT Construction

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Harrouk, Christele. "OMA prestes a inaugurar seu primeiro projeto cultural na Califórnia" [The Audrey Irmas Pavilion, OMA New York’s First Cultural Building in California Nears Completion] 13 Set 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/968114/oma-prestes-a-inaugurar-seu-primeiro-projeto-cultural-na-california> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.