Pavilhão da Espanha na Bienal de Veneza de 2021: seria a incerteza nossa única certeza?

Pavilhão da Espanha na Bienal de Veneza de 2021: seria a incerteza nossa única certeza?

Uma breve prévia de Uncertainty, o Pavilhão da Espanha para a XVII Mostra Internacional de Arquitetura da Bienal de Veneza, que acontecerá entre o próximo dia 22 de maio e 21 de novembro.

“O Pavilhão Uncertainty operará na próxima Bienal de Veneza como uma espécie de “gabinete de curiosidades”, reunindo uma vasta gama de objetos exóticos que fogem a qualquer categorização, abrindo o espaço do pavilhão a novos territórios e atravessamentos”, anteciparam os curadores através da conta da La Biennale no Instagram.

A equipe de arquitetos responsáveis pelo Pavilhão Espanhol na Biennale deste ano, por sua parte, afirma que condições de incerteza nos impelem a encarar e redefini nossos próprios limites pré-estabelecidos:

Consideramos aquilo que é certo como algo seguro e irrefutável. A certeza define realidades absolutas, estabelecendo uma fronteira clara, reconhecível e delimitada. Certeza é o que sentimos sobre tudo o que nos foi ensinado como verdadeiro e imutável, tudo aquilo que dispensa qualquer preocupação ou dúvida. A certeza é algo parecido com a realidade, é algo que nos induz a substituir os processos de análise por aqueles de aceitação.

A incerteza, como antônimo da certeza, se revela então como uma oportunidade para criar novos processos de reflexão em busca de respostas à toda realidade de natureza incerta ou desconhecida, cujos limites não podem ser definidos ou que careçam dos mesmos. A incerteza, portanto, influencia também na natureza de nossas certezas, eliminando sua estabilidade e forçando que as mesmas evoluam.

O Pavilhão da Incerteza hospeda um conjunto de ações que potencializam e ampliam os mecanismos utilizados pela arquitetura para fazer frente às desigualdades sócio-espaciais, eliminando qualquer fronteira e categorização que resulte na normatização da própria arquitetura, estabelecendo novos conceitos abertos a partir de realidades antes percebidas como antagônicas.

Com isso, as obras expostas no Pavilhão da Espanha na Bienal de Veneza de 2021, procuram constituir um catálogo de estratégias arquitetônicas necessárias para enfrentarmos o futuro e transformar o nosso modelo de vida, não só em um nível social, mas também em relação ao meio ambiente.

Uncertainty propõe como estratégia a redefinição de nossas certezas, redirecionando o nosso olhar para os limites que nos impomos e apresentando soluções que nos permitam enxergar estas novas dimensões da realidade. A maneira como Pavilhão Espanhol procura responder à questão colocada pela Bienal de 2021, fala sobre um futuro onde a incerteza se transforma em estratégia de projeto, uma ferramenta para transformar os nossos processos e modelos sociais, rompendo com o individualismo a favor da convivência. Seria a Incerteza Nossa Única Certeza?

© Uncertainty
© Uncertainty

Gestão: Agencia Española de Cooperación Internacional para el Desarrollo (AECID); Acción Cultural Española (AC/E); Ministerio de Transportes, Movilidad e Agenda Urbana (MITMA)

Curadores: Domingo J. González, Sofía Piñero, Andrzej Gwizdala e Fernando Herrera 

Colaboradores: Atxu Amann, Manuel Blanco, Belén Butragueño, Manuel Feo, Marta García, Jorge Gorostiza, Mario Hidrobo, Francisco Leiva, María Isabel Navarro, N’Undo, Juan Manuel Palerm, Gonzalo Pardo, Sergio Pardo, Ángela Ruiz, Pedro Torrijos, David Reyes, Julia Zasada, Melián Estudio, Banda Bisagra, Grace Morales, Lavernia & Cienfuegos

Participantes: Carmen Moreno Álvarez; Sebastián Arquitectos (Sergio Sebastián Franco); Baum arquitectura (Marta Barrera Altemir, Javier Caro Domínguez, Miguel Gentil Fernández); Joan Margarit; Recetas Urbanas (Santiago Cirugeda, Alice Attout); Laura Muñoz González; Ana Mombiedro; Sara San Gregorio; Alicia Gutiérrez; Cuac arquitectura + Sugar Platform (Tomás García Píriz, Javier Castellano Pulido, Julien Fajardo, Christophe Beauvez); Paisaje Transversal (Jon Aguirre, Guillermo Acero, Jorge Arévalo, Pilar Díaz, Iñaki Romero); Milena Villalba Montoya; Santiago Hernández Puig; Chenta Tsai Tseng; Sawu Studio (Aylín Vera Ramos, Pablo García Mena); CREUSeCARRASCO (Juan Creus Andrade, Covadonga Carrasco López); Contextos de arquitectura y urbanismo (Óscar Miguel Ares Álvarez, Javier Palomero Alonso, Bárbara Arranz González, Felipe M. Pou Chapa, Carmen Gimeno Sanz, Eduardo Rodríguez Gallego, Judit Sigüenza González, Luis Matas Royo, Sergio Alonso Alonso, Jesús J. Ruiz, Dorota Tokarska); Miguel Arraiz García; David Moreno Terrón; GARCÍAGERMÁN Arquitectos (Jacobo García-Germán Vázquez, Raquel Díaz de la Campa Arias, Miguel López Ruiz, Marta Roldán Zahonero); Araceli Calero Castro; Macarena Castillo Párraga; Rosa Gallardo Parralo; PEZ[estudio] (Maé Durant Vidal, Elisa de los Reyes García López, Japi Contonente, Blanca Villar, Viviana Peña); Nomad Garden (Sergio Rodríguez Estévez, María Salas Mendoza, Francisco José Pazos García); Antropoloops (Rubén Alonso Mallén, Esperanza Moreno Cruz); Datrik Intelligence (David Solís Martín, Juan Galán Páez); John Porral Soldevilla; Sergi Hernández Carretero; Hyperstudio (Diego Iglesias Gómez, Cristóbal Baños Hernández); IAAC (Areti Markopoulou, Marco Ingrassia, Aurel Richard, Angelos Chronis, Raquel Villodrés, Starsk Lara, Diego Pajarito, Alexandre Dubor, Edouard Cabay, Kunaljit Chadha, Mathilde Marengo, Chiara Farinea, Mohamad El Atab, Federica Ciccone, Sotiria Sarri); Animali Domestici (Alicia Lazzaroni, Antonio Bernacchi); Natoural Group (Carlos Timoner, Juan Francisco Sánchez, Juan Antonio García, Pedro Milanés, Javier Torres); Alejandro Cantera López; María José Marcos Torró; Fablab Alicante; Fablab Laboratorio de Artesanía Digital [L.A.D.]; Airlab (Carlos Bañón, Félix Raspall); Quatre Caps (Bernat Ivars, Dídac Sendra, Juan Suay, Miguel Tomás); Pareid (Hadin Charbel, Déborah López); Alberto Pérez de Lucas; Arquimaña (Iñaki Albistur Martín, Raquel M. Ares Joana)

Traduzido por Vinicius Libardoni

Sobre este autor
Cita: Dejtiar, Fabian. "Pavilhão da Espanha na Bienal de Veneza de 2021: seria a incerteza nossa única certeza?" 16 Fev 2021. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/956533/pavilhao-da-espanha-na-bienal-de-veneza-de-2021-seria-a-incerteza-nossa-unica-certeza> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.