Uma nova política habitacional para São Paulo: Conjunto Residencial Santo Antônio

Uma nova política habitacional para São Paulo: Conjunto Residencial Santo Antônio

Este empreendimento, concebido e iniciado no governo de João Goulart, pode ser considerado um exemplo de transição entre a antiga gestão do IAPB [Instituto de Aposentadoria e Pensões dos Bancários] e a nova política habitacional que começa a ser implementada em 1964.

Cortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade ContemporâneaCortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade ContemporâneaCortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade ContemporâneaCortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea+ 6

​O projeto, localizado em uma área de 2 milhões de m2 no Mandaqui, Alto de Santana, zona norte de São Paulo, foi um grande empreendimento, de 53 blocos residenciais, que previa vários equipamentos, entre ele duas escolas, uma com seis salas de aula e a segunda, bem maior, em um edifício de dois pavimentos com dezesseis salas de aula. Além disso, estavam previstos um centro esportivo com ginásio e piscina, um mercado e um centro social, cuja proposta incluía a instalação de biblioteca ambulante e salões recreativos.

Cortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea
Cortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea

​A obra foi dividida entre as construtoras Centenário e Carvalho Hosken e, em 1964, cerca de trinta blocos estavam erguidos, com o consumo de trezentos mil sacos de cimento e sete milhões de tijolos. Os 53 blocos foram entregues apenas em 1967, após uma longa batalha travada entre os dirigentes sindicais e o governo militar para garantir que os apartamentos fossem entregues aos bancários, conforme revelam o jornal e a revista do Sindicato.

Cortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea
Cortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea

​Com a criação do Banco Nacional de Habitação (BNH) em 1964, ocorreram profundas mudanças na política habitacional, os institutos foram unificados no INPS [Instituto Nacional de Previdência Social], que incorporou seu patrimônio, alienou as unidade habitacionais locadas e deixou de produzir conjuntos habitacionais. No entanto, houve alteração no critério para a entrega dos imóveis. O BNH pretendia, inclusive, leiloar o conjunto aos interessados, fossem eles bancários ou não. Contra essa pretensão, o Sindicato dos Bancários mobilizou a categoria e conseguiu persuadir as autoridades a atender aos classificados no plano original de ocupação do conjunto.

Cortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea
Cortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea

​Cada bloco tem quatro pavimentos de seis unidades, servidas por três caixas de escadas, que dão aceso a dois apartamentos, com dois e três quartos. O projeto original previa a implantação de 41 blocos, somando 984 unidades. Parte do terreno seria ocupada por uma grande lago e um campo de futebol. Na nova implantação, foram construídos mais doze blocos no lugar do lago, totalizando os 53 existentes atualmente, com 1272 unidades. Nenhum equipamento foi construído. A comparação entre a proposta de implantação original e a foto aérea do efetivamente construído revela as profundas alterações que estavam em curso nesse período, com maior adensamento residencial e supressão de equipamentos.

Cortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea
Cortesia de PC3 - Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea

Data do projeto: 1962
Data da conclusão: 1967
Arquitetos: Nicolau Barbieri
Área construída: 105.426,60 m²

Texto: Nabil Bonduk [BONDUKI, 2014]
​Pesquisadores responsáveis: Prof. Leandro Medrano | FAUUSP, Prof. Luiz Recaman | FAUUSP
Pesquisadores: Cássia Bartsch Nagle, Katrin Rappl
Bolsista responsável por este número: Ana Clara de Souza Santana

Acesse o material completo aqui.

 

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: PC3 - Pensamento Crítico e Cidade Contemporânea. "Uma nova política habitacional para São Paulo: Conjunto Residencial Santo Antônio" 18 Out 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/949703/uma-nova-politica-habitacional-para-sao-paulo-conjunto-residencial-santo-antonio> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.