Entre casquinhas, coberturas e taças: a arquitetura das sorveterias

Entre casquinhas, coberturas e taças: a arquitetura das sorveterias

Sherbet, gelato, mochi, sorvete e muito mais. Seja onde for e como for, a cultura do sorvete é tão rica e diversa que tem inspirado também a própria arquitetura de seus espaços e lojas: desde pavilhões efêmeros e barraquinhas móveis até edifícios meticulosamente projetados para oferecer uma experiência completa que vai muito além do mero sabor de um bom sorvete. Trabalhando para franquias maiores, reinventando antigas marcas e lançando novas tendências, arquitetos e designers estão transformando experiência da sorveteria com espaços e projetos de arquitetura singulares que, por sua vez, procuram atendem aos mais variados gostos e os mais exigentes paladares.

© Museum of Ice Cream© Gonzalo Viramonte© Costas PicadasCourtesy of Coolhaus Ice Cream+ 17

Courtesy of Coolhaus Ice Cream
Courtesy of Coolhaus Ice Cream

Hoje, a arquitetura do sorvete —se assim pudermos chamá-la— busca construir narrativas e oferecer uma experiência única que vai muito além de uma simples casquinha de sorvete. Da famosa e revolucionária marca americana Coolhaus ao frenesi que os Museus do Sorvete de São Francisco e Nova Iorque causaram nas redes socais, recentes projetos de arquitetura e design estão transformando a forma como nos relacionamos com este objeto de desejo que nos acompanha desde a mais tenra infância. Os projetos que apresentaremos à seguir variam desde lojas conceito e espaços inspiradores até grandes franquias e locais para a produção de sorvete artesanal.

Lucciano’s Cerro de las Rosas / FERRO assoc.

© Gonzalo Viramonte
© Gonzalo Viramonte

Esta é a loja conceito do Lucciano's, uma sorveteria fundada em 2011 por Christian e Daniel Otero na cidade argentina de Córdoba com o principal objetivo de atender os desejos dos mais exigentes paladares. Localizado no “Cerro de las Rosas”, um dos epicentros gastronômicos mais visitados da cidade, o Lucciano’s oferece uma experiência única e obviamente, o melhor sorvete da região.

Sorveteria Izzy / Salmela Architect

© Paul Crosby
© Paul Crosby

A Izzy é a quintessência da sorveteira de bairro. Os proprietários, Jeff Sommers e Lara Hammel, largaram seus empregos para se dedicar a uma paixão: a produção artesanal de sorvete. Depois de abrirem um pequeno negócio em uma sala alugada no centro de St Paul, Mineápolis, o enorme sucesso da marca os impeliu a ampliar e crescer.

Nutrisa / Cadena Concept Design

© The Raws
© The Raws

O Cadena + Asociados Concept Design são os responsáveis pelo projeto da mais nova loja da Nutrisa, uma famosa sorveteria que ficou fechada por mais de 40 anos na cidade mexicana de Monterrey. Relançada com uma identidade completamente renovada, a marca agora está focada em proporcionar uma experiência única e divertida, além é claro, de produzir os melhores sorvetes e iogurtes da cidade. O principal desafio encontrado neste projeto era reinventar a própria marca e fazer com que as pessoas se sentissem parte desta nova etapa que estava para começar. Como a abelha sempre foi o símbolo marcante da Nutrisa, os arquitetos do Cadena Concept Design buscaram inspiração na abelha nativa mexicana Xunan-Cab.

Gelateria Gianluca Zaffari / SK Arquitetura

© Marcelo Donadussi
© Marcelo Donadussi

Localizado dentro de um shopping, o projeto da Gelateria Gianluca Zaffari utiliza piso em ladrilho hidráulico personalizado com as cores da marca. A mesa comunitária permite o compartilhamento entre pessoas e aproveitamento máximo do uso do espaço. Para transmitir a filosofia da marca, o uso de produtos naturais na fabricação dos gelatos, foi utilizado o mesmo conceito na arquitetura, com o uso da materiais naturais, como os móveis em madeira pinus, tijolos aparentes e a presença do verde.

Sorveteria Ice Scream / Asthetíque

© Costas Picadas
© Costas Picadas

Inspirada no movimento de design Memphis dos anos 80, a Ice Scream é um ícone de modernidade, pop art com uma pitada do estilo Kitsch dos anos 50. A sorveteria, com 24 sabores fabricados por meio de um processo que utiliza nitrogênio, é uma declaração de que o Bronx pode certamente contribuir para o mundo do design. Formas geométricas de neon parecem flutuar na vitrine, chamando a atenção para a atração de nitrogênio no seu interior.

Sorveteria Lodovnia / mode:lina architekci

© Patryk Lewiński
© Patryk Lewiński

Lodovnia é uma sorveteria móvel com uma fachada provocante. Projetada pelo escritório de arquitetura mode:lina como uma obra de arte efêmera, esta estrutura em forma de pavilhão encontra-se implantada no pátio de uma antiga cervejaria transformada em centro cultural na cidade polonesa de Poznań. Contrastando com os tons escuros da estrutura metálica do pavilhão, as fachadas foram decoradas com quase mil cones brancos, remetendo ao carro-chefe da sorveteria: a casquinha de sorvete.

Museu do Sorvete / Figure8

© Museum of Ice Cream
© Museum of Ice Cream

O Museu do Sorvete foi concebido para transformar conceitos e sonhos abstratos em espaços que despertem a fantasia e a criatividade. O MOIC, sigla para “Museum of Ice Cream”, foi projetado como um ambiente aberto e integrado, um espaço inclusivo que pretende promover a interação social entre os visitantes e a comunidade local. Com isso em mente, o Museu do Sorvete foi projetado a partir de uma série de espaços multissensoriais relacionados a produção e degustação de sorvete.

Sobre este autor
Cita: Baldwin, Eric. "Entre casquinhas, coberturas e taças: a arquitetura das sorveterias" [Waffles, Cones and Cups: The Architecture of Ice Cream] 04 Set 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Libardoni, Vinicius) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/946723/entre-casquinhas-coberturas-e-tacas-a-arquitetura-das-sorveterias> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.