O Brasil nas Bienais: IABsp promove debate com Carlos Alberto Maciel, Paula Monroy e Jacopo Crivelli

O Brasil nas Bienais: IABsp promove debate com Carlos Alberto Maciel, Paula Monroy e Jacopo Crivelli

A 13º Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo assume como questão central da edição de 2022 a reconstrução. Como atividade preparatória para o concurso de co-curadoria, o IABsp organizou três debates que promovem a discussão da própria essência de exposições de arte e de arquitetura, como também nos convocam a pensar o papel dos arquitetos, urbanistas e de tantos outros profissionais na construção de cidades mais justas e democráticas.

DEBATE 01 - 30 DE JULHO - 19h
O BRASIL NAS BIENAIS

Discussão sobre as representações nacionais em exposições de arte e arquitetura a partir de experiências anteriores e perspectivas futuras.

  • Abertura - Nivaldo Andrade (Presidente IAB) e Sabrina Fontenele (IABsp)
  • Mediação - Karina de Souza (IABsp
  • Pavilhão Brasileiro na Bienal de Arquitetura de Veneza (2021/2022): Carlos Alberto Maciel (Arquitetos Associados)
  • Bienal do Chile (2019) - ‘São Paulo: Diálogos y Límites’: Paula Monroy
  • 34a. Bienal de Artes de São Paulo: Jacopo Crivelli

Carlos Alberto Maciel é arquiteto, mestre e doutor pela escola de arquitetura da UFMG, onde é professor de projeto. É sócio do escritório Arquitetos Associados, e integra a equipe curatorial da representação brasileira na próxima Bienal Internacional de Arquitetura de Veneza.

Paula Monroy é pesquisadora, curadora e fotógrafa chileno-equatoriana. Arquiteta pela Universidad Mayor (Chile). Mestranda em Espaço, Projeto e Cultura na FAUUSP. Possui estudos de especialização em arte, crítica e curadoria pela PUC-SP. Atua de forma autônoma em projetos curatoriais, editoriais e movimentos sociais abordando a interseção entre arte, política e cidade. Trabalhou desenvolvendo projetos artístico-culturais no escritório Constructo em parceria com o MoMA, fez parte da organização da XIX Bienal de Arquitectura y Urbanismo de Chile e da II Bienal de Artes Ocupação Ouvidor 63. Editou os quatro volumes do catálogo da XXI Bienal de Arquitectura y Urbanismo de Chile e curou a mostra “São Paulo: Diálogos y Límites”, para o mesmo evento. Foi professora assistente na Faculdade de Arquitetura da Universidad Mayor, na Escola da Cidade, e atualmente é professora titular na faculdade de arquitetura da Universidad de las Américas.

Jacopo Crivelli Visconti é curador geral da 34ª Bienal de São Paulo. É curador e crítico de arte radicado em São Paulo. Doutor em arquitetura pela Universidade de São Paulo, foi membro da equipe da Fundação Bienal de São Paulo entre 2001 e 2009, quando realizou a curadoria da participação oficial brasileira na 52ª Exposição Internacional de Arte – La Biennale di Venezia. Colabora regularmente com publicações de arte contemporânea, arquitetura e design, além de escrever para catálogos de exposições e monografias de artistas.

Nivaldo Andrade é arquiteto e urbanista, mestre e doutor em arquitetura e urbanismo pela UFBA, onde é atualmente professor na graduação, mestrado e doutorado. Publicou dezenas de artigos e ensaios e proferiu palestras sobre diversos temas nas áreas de arquitetura, urbanismo e patrimônio cultural em todo o Brasil e em diversos países. Tem atuado na elaboração de projetos de arquitetura e de espaços urbanos, bem como de planos urbanísticos. Dentre as premiações recebidas, destacam-se: 1º lugar no Prêmio Caixa-IAB em 2006; 3º lugar no 1º Prêmio de Arquitetura Akzo Nobel para obras construídas de jovens arquitetos brasileiros; e menções honrosas no Prêmio Capes de tese 2013 e no Prêmio ANPARQ de tese 2014. É presidente nacional do Instituto de Arquitetos do Brasil e membro do conselho consultivo do patrimônio cultural (Iphan). Foi secretário executivo da Federación Panamericana de Asociaciones de Arquitectos.

Sabrina Fontenele é arquiteta e urbanista, com mestrado e doutorado pela FAUUSP. Finalizou em 2019 pesquisa pós-doutorado na UNICAMP com apoio da Fapesp com a pesquisa que trata de habitação, gênero e modernidade. Autora dos livros “Edifícios modernos e o traçado urbano no centro de São Paulo” e “Restauro da Faculdade de Medicina da USP: estudos, projetos e resultados”. Foi pesquisadora do Centro de Preservação Cultural da USP, onde atuou ainda como editora científica da revista CPC e como curadora da exposição “Tempo das Construções”. Colabora desde 2018 como professora na Escola da Cidade. Diretora de cultura do Instituto dos Arquitetos do Brasil – Departamento São Paulo onde atua como responsável pelos projetos relacionados ao acervo do órgão, programação cultural e editorial, além da 13ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo de 2021.

Karina de Souza é arquiteta e urbanista, formada pela FAUUSP, com o trabalho final “O que é o patrimônio? Um ensaio sobre a valoração no centro de São Paulo”. Estuda o patrimônio, a cultura e a cidade na América Latina. Trabalhou no Museu Brasileiro de Escultura e Ecologia (MuBE) e na Lurca Azulejos. Foi assistente de produção na Casaplanta e hoje participa da coordenação da 13ª Bienal Internacional de Arquitetura de São Paulo.

Sobre este autor
Cita: Equipe ArchDaily Brasil. "O Brasil nas Bienais: IABsp promove debate com Carlos Alberto Maciel, Paula Monroy e Jacopo Crivelli " 30 Jul 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/944726/o-brasil-nas-bienais-iabsp-promove-debate-com-carlos-alberto-maciel-paula-monroy-e-jacopo-crivelli> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.