Dia Mundial de Combate à Seca: 11 projetos construídos no deserto

Dia Mundial de Combate à Seca: 11 projetos construídos no deserto
C.I.D - Centro de Interpretação do Deserto / Emilio Marín + Juan Carlos López. Imagem: © Pablo Casals Aguirre
C.I.D - Centro de Interpretação do Deserto / Emilio Marín + Juan Carlos López. Imagem: © Pablo Casals Aguirre

"O que é mais difícil em arquitetura é construir um edifício no deserto. É terrível, não há referências", comentou uma vez Álvaro Siza. Embora pareça contraditório, a existência de condicionantes complexas em um contexto de projeto costuma ser o ponto de partida para o raciocínio de desenho em arquitetura. Pensar em como lidar com a presença de declividades intensas, preexistências significativas ou massas vegetais endêmicas pode parecer, a princípio, um impedimento para o livre fluxo criativo, mas em muitos casos é justamente esse confrontamento que torna os projetos únicos e estabelece o vínculo deles com os lugares onde estão implantados.

Escola Primária em Balaguina / Joop van Stigt and Jurriaan van Stigt. Imagem: Cortesia de Foundation Dogon EducationCentro Cultural do Deserto Nk’Mip / DIALOG. Imagem: © Nic Lehoux PhotographyAyla Golfclub / Oppenheim Architecture. Imagem: © Rory GardinerEstación habitable / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura. Imagem: © Sandra Pereznieto+ 12

Em ocasião do Dia Mundial de Combate à Desertificação e Seca – data firmada em 1995 pela Organização das Nações Unidas para instigar a comoção pública para a pauta do combate contra um futuro ambientalmente catastrófico – fizemos uma seleção de projetos que encaram o desafio de se estabelecer no deserto e exemplificam as possibilidades de usar a arquitetura enquanto forma de operar entre as forças inevitáveis da natureza e o desejo de construção cultural.

C.I.D - Centro de Interpretação do Deserto / Emilio Marín + Juan Carlos López

C.I.D - Centro de Interpretação do Deserto / Emilio Marín + Juan Carlos López. Imagem: © Pablo Casals Aguirre
C.I.D - Centro de Interpretação do Deserto / Emilio Marín + Juan Carlos López. Imagem: © Pablo Casals Aguirre

"A indefinição da encomenda nos permitiu abordar o projeto como uma pesquisa sobre a relação contemporânea entre arquitetura e paisagem. É evidente que a arquitetura chilena mais interessante dos últimos 20 anos construiu seu discurso a partir de uma relação dialética com a paisagem, sempre da perspectiva de sua autonomia. No entanto, nós, ainda que parte dessa geração, tentamos dar um passo além. (...) Propusemos a possibilidade de articular outras dimensões do território com a arquitetura, romper essa dicotomia e integrar a proposta como uma nova paisagem do deserto, um dispositivo que ative outras interpretações, um observatório onde o visitante faça parte e altere a compreensão de seu entorno natural."

Residência Observatório de Quéops / Studio Malka Architecture

Residência Observatório de Quéops / Studio Malka Architecture. Imagem: © Rayem
Residência Observatório de Quéops / Studio Malka Architecture. Imagem: © Rayem

"Este antigo local foi fundado no século VII por tribos do deserto fascinadas pelas pirâmides; o bairro é um local preservado, uma jornada no tempo onde o transporte comum ainda é um passeio a cavalo ou de camelo. (...) O Observatório de Quéops também é a residência de um artista, um portal na entrada do deserto, um mirante habitado a uma pequena distância da maior das pirâmides do planalto de Gizé."

Game Lodge / Slee & Co Architects

Game Lodge / Slee & Co Architects. Imagem: © Gerard Slee
Game Lodge / Slee & Co Architects. Imagem: © Gerard Slee

"Os materiais utilizados tem a sua origem na terra e refletem as cores do deserto, a rugosidade do solo, a horizontalidade e a abundância de luz natural. Nossos projetos procuram expressar a honestidade e simplicidade de suas formas, ecoando em linhas arrojadas, as mais tradicionais soluções construtivas locais."

Ayla Golfclub / Oppenheim Architecture

Ayla Golfclub / Oppenheim Architecture. Imagem: © Rory Gardiner
Ayla Golfclub / Oppenheim Architecture. Imagem: © Rory Gardiner

"O projeto desenvolvido pelo escritório Oppenheim Architecture busca inspiração na paisagem montanhosa e nas dunas do deserto jordaniano, assim como as formas de sua arquitetura refletem o patrimônio construído pelos antigos beduínos da região. As linhas sinuosas e ousadas do edifício principal são responsáveis por criar um objeto icônico que torna-se o centro focal de todo o empreendimento, um oásis construído pelo homem em meio ao deserto da cidade de Aqaba."

Hotel andBeyond Sossusvlei / Fox Browne Creative, Jack Alexander

Hotel andBeyond Sossusvlei / Fox Browne Creative, Jack Alexander. Imagem © Dook Photography
Hotel andBeyond Sossusvlei / Fox Browne Creative, Jack Alexander. Imagem © Dook Photography

"Os gestos arquitetônicos são simples, mas extremamente sensíveis ao deserto. Ao usar a forma das edificações para desenhar uma série de linhas geométricas na areia, os pavilhões de vidro, pedra e aço formam um contraponto às curvas orgânicas, às formas naturais das colinas e às dunas de areia circundantes. (...) Externamente, os telhados foram revestidos com painéis fotovoltaicos que permitem que as edificações aproveitem o ambiente natural hostil (onde as temperaturas costumam chegar a mais de 50 graus Celsius) e usam o sol para criar energia suficiente garantindo que o abrigo seja completamente autossuficiente."

Centro Cultural do Deserto Nk’Mip / DIALOG

Centro Cultural do Deserto Nk’Mip / DIALOG. Imagem: © Nic Lehoux Photography
Centro Cultural do Deserto Nk’Mip / DIALOG. Imagem: © Nic Lehoux Photography

"A preocupação do projeto em relação à sustentabilidade cresce da fragilidade desta paisagem, e reflete nos valores e história da Reserva. O clima extremo fez do desenho sustentável um desafio bem particular. Verões quentes e secos, e invernos frios, mas também secos possuem grande amplitude térmica. O posicionamento e orientação do edifício são as primeiras medidas estratégicas em direção à sustentabilidade: A estrutura parcialmente enterrada ameniza os extremos na temperatura, e sua orientação otimiza o desempenho solar, com aberturas em vidro minimizadas nas fachadas sul e oeste. A abordagem ambiciosa em direção à sustentabilidade também inclui a maior parede de pedra na América do Norte."

Estación habitable / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura

Estación habitable / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura. Imagem: © Sandra Pereznieto
Estación habitable / Rozana Montiel | Estudio de Arquitectura. Imagem: © Sandra Pereznieto

"O principal desafio desse projeto era que o cliente desejava peças pré-fabricadas e que se adaptasse a uma ampla variedade de climas: uma selva, um deserto. As paredes e o forro da estação podem ser instalados em alguns dias. O protótipo completo é construído em 4 semanas, adapta-se de acordo com as condições específicas do terreno."

Museu do Deserto do Atacama, Monumento Ruínas De Huanchaca / Coz, Polidura y Volante Arquitectos

Museu do Deserto do Atacama, Monumento Ruínas De Huanchaca / Coz, Polidura y Volante Arquitectos. Imagem: © CPVARQ
Museu do Deserto do Atacama, Monumento Ruínas De Huanchaca / Coz, Polidura y Volante Arquitectos. Imagem: © CPVARQ

"O implacável sol do norte chileno e o árido entorno, mais nossa intenção de criar um espaço interior com uma atmosfera mais escura que contraste com a forte luminosidade exterior e que também cumpra com os requerimentos museográficos, nos leva a criar um edifícios no qual predomina o cheio sobre o vazio, privilegiando vistas parciais para o exterior. É assim como, através de seus vãos e pátios, se filtra a luz deixando seu rastro luminoso linear em contraste com a sombra projetada no maciços muros de concreto nas diferentes horas do dia."

Pavilhão Fire Mesa / DesignBuildBLUFF

Pavilhão Fire Mesa / DesignBuildBLUFF. Imagem: © Dana Sohm
Pavilhão Fire Mesa / DesignBuildBLUFF. Imagem: © Dana Sohm

"Paredes de terra batida são uma característica marcante ao se aproximar do local, atraindo os transeuntes a se aproximarem para inspecionar e sentir as superfícies artesanais. Elas também protegem a cozinha do sol intenso do deserto e dos ventos fortes, temperando o ambiente interior pela massa térmica."

Centro de Visitantes Geoglifos de Pintados / William Obregon + Aldo I Testa

Centro de Visitantes Geoglifos de Pintados / William Obregon + Aldo I Testa. Imagem: © Francisco Campodonico
Centro de Visitantes Geoglifos de Pintados / William Obregon + Aldo I Testa. Imagem: © Francisco Campodonico

"O deserto é sempre um desafio para a arquitetura e provavelmente o mais parecido com o nada. A ausência de referências obriga a um grau maior de pesquisa nesta particular paisagem, que poderá ser definido de muitas formas, mas jamais será um 'não lugar'. O espaço desértico da reserva de tamarugal e o salar de pintados é uma experiência que está relacionada com as grandes distâncias, um percurso pela imensidão, pelo vazio, um caminho pela última pele, pela borda do horizonte."

Escola Primária em Balaguina / Joop van Stigt and Jurriaan van Stigt

Escola Primária em Balaguina / Joop van Stigt and Jurriaan van Stigt. Imagem: Cortesia de Foundation Dogon Education
Escola Primária em Balaguina / Joop van Stigt and Jurriaan van Stigt. Imagem: Cortesia de Foundation Dogon Education

"Como a temperatura atinge os 40ºC facilmente, um clima interior confortável se faz essencial. Este critério pede soluções de design inteligentes e escolha de materiais. O telhado de blocos de terra comprimidos, ao invés de folhas de papelão onduladas, é reversível e os tubos de ventilação contribuem para uma climatização interna confortável."

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Julia Daudén. "Dia Mundial de Combate à Seca: 11 projetos construídos no deserto" 17 Jun 2020. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/941806/dia-mundial-de-combate-a-seca-11-projetos-construidos-no-deserto> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.