Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos

8 Soluções de projeto para criar interiores confortáveis

8 Soluções de projeto para criar interiores confortáveis

O design de interiores é um elemento fundamental do projeto de arquitetura, especialmente relevante quando arquitetos e designers são capazes de construir uma atmosfera própria capaz de aprazer os nossos sentidos. Você já se perguntou por que existem espaços que nos agradam e nos convidam a ficar por horas e outros que instantaneamente nos fazem querer ir embora? Essas sensações são uma consequência de como manipulamos certos elementos e parâmetros espaciais que inevitavelmente afetam a maneira como nos relacionamos com o espaço.

© Norihito Yamauchi © Jan Vranovsky © Tess Kelly © Shengliang Su + 18

A sensação de conforto, explicada de maneira simples, pode ser entendida como um espaço que nos faz sentir-se bem. Sem dúvida, isso pode ser um conceito bastante abstrato e um tanto subjetivo, mas a questão é que atualmente existem vários parâmetros e regras que podem ser seguidas quando projetamos um espaço com a intenção de comprazer os nossos sentidos.

Além disso, muitos dos projetos considerados 'confortáveis' resultam de uma abordagem espacial mais sensível, ou até subjetiva, ao invés de apenas concentrar-se em parâmetros técnicos e objetivos. Ou seja, levar em consideração o conforto emocional e psicológico pode ser um ótimo ponto de partida para a tomada de decisões em um projeto de interiores. Selecionamos alguns exemplos de espaços com uma variedade de diferentes abordagens, projetos concebidos para agradar os nossos sentidos, e a explicação dada por cada um de seus autores.

Minha Casa - A casa da saúde mental / Austin Maynard Architects

© Tess Kelly
© Tess Kelly

“Estava vivendo em um espaço escuro, e decidi que gostaria de mais luz. Decidi criar a antítese completa dos espaços das casa originais. Meu objetivo era criar uma casa dicotômica. A casa original permanece com todos seus problemas e encantos, mas a nova ampliação é um estufa iluminada e bem elaborada.

© Tess Kelly
© Tess Kelly

“A Minha Casa é um experimento no qual vivo. É um lar que não me atrevo a impor aos meus clientes. Rompe muitas regras importantes, em geral de uma boa maneira. O projeto permite luz solar onde uma casa comum não permite. Apesar de ser uma casa muito sustentável, "Minha Casa" não é tão eficiente termicamente como as casas que projeto para os outros. As questões de privacidade e conforto pessoal são, de forma geral, questionadas no projeto. É por isso que eu e minha família a amamos.

Andrum Spa / Johan Sundberg arkitektur

© Peo Olsson
© Peo Olsson

O projeto deste edifício foi concebido para reverberar através de cinco dos nossos sentidos - a visão, o olfato, o gosto, a audição e o tato. A paleta de materiais conta com concreto aparente, pedra natural, madeira e vidro, preservados em suas cores, tons e nuances características. Juntos, eles constroem um espaço que é ao mesmo tempo tranquilo e agradável.

© Peo Olsson
© Peo Olsson

Apartamento Nagatacho / Adam Nathaniel Furman

© Jan Vranovsky
© Jan Vranovsky

O apartamento Nagatacho é um experimento no conhecimento eufórico de cor, textura, material e forma no teatro do cotidiano, um espaço que eleva os rituais diários e atividades comunitárias do cliente em um espaço de deleite estético continuamente sedutor.

© Jan Vranovsky
© Jan Vranovsky

Casa Teatro / Bodà Architetti

© Barbara Corsico Photograpy
© Barbara Corsico Photograpy

O resultado é um espaço dinâmico, no qual diferentes visões e perspectivas se seguem em um equilíbrio de materiais e cores que contribuem para criar uma atmosfera alegre e estimulante a meio caminho entre o doméstico e o contemplativo.

© Barbara Corsico Photograpy
© Barbara Corsico Photograpy

Lost Villa Boutique Hotel / DAS Lab

© Shengliang Su
© Shengliang Su

... as outras fachadas possuem aberturas limitadas. Esta foi uma escolha consciente, feita para introduzir uma nova relação dos espaços interiores e exteriores, nos permitindo explorar a expressão máxima desta paisagem e a maneira como experimentamos o espaço.

© Shengliang Su
© Shengliang Su

A luz é um elemento-chave na hora de projetar o espaço. O cheio se transforma em vazio ao cair da noite, quando todos os elementos do espaço encontram-se ocultos pela escuridão. A luz passa a ser sombra, como uma sinfonia bem arranjada capaz de transmitir a espiritualidade do espaço, e que finalmente, estimula os nossos sentidos.

Residência Melt / SAI Architectural Design Office

© Norihito Yamauchi
© Norihito Yamauchi

Os clientes são um casal de 30 anos com dois filhos e sua exigência é uma casa sustentável em meio a vegetação.

© Norihito Yamauchi
© Norihito Yamauchi

Uma casa que parece verde não é uma casa onde o verde pode ser visto de qualquer lugar, mas um lugar onde os moradores usam ativamente o espaço externo crescendo junto ao verde. Por exemplo, poder tirar uma soneca debaixo de uma árvore, tocar em uma folha, plantar uma nova árvore ou flor, passar algum tempo sentindo diretamente o vento e o cheiro da vegetação mesmo estando no meio da cidade.”

Residência Q / Q concept

© Quang Dam
© Quang Dam

“Plantas e árvores têm um papel indispensável nesta residência, ajudando a criar espaços relaxantes dentro de uma casa pequena. Os moradores sempre sentirão a sensação de relaxamento quando estiverem em casa devido a todas as energias naturais e temperaturas ideais criadas pela combinação de materiais locais disponíveis, plantas e uso de cores neutras.

© Quang Dam
© Quang Dam

Santa Teresa House / Amelia Tavella Architectes

© Thibaut Dini
© Thibaut Dini

Queria que a beleza fluísse, fosse um convite ao horizonte, à imaginação. Os guarda-corpos são feitos de corda, os beirais de bambu vazados foram inspirados nas venezianas de madeira típicas destas latitudes, elementos que filtram a luz do sol enquanto permitem uma ampla ventilação natural. Os espaços interiores foram desenhados em diferentes níveis, os quais se conectam com os quartos através de uma escada de madeira. Do lado de fora da casa, uma calçada guia os visitantes até à praia e a sua estonteante paisagem, o mais belo presente que alguém pode querer todos os dias.

© Thibaut Dini
© Thibaut Dini

Galeria do Projeto

Ver tudo Mostrar menos
Sobre este autor
Cita: Pintos, Paula. "8 Soluções de projeto para criar interiores confortáveis" 20 Mar 2020. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/935562/8-solucoes-de-projeto-para-criar-interiores-confortaveis> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.