Integração: a mais recente tendência na representação arquitetônica em 2019

Integração: a mais recente tendência na representação arquitetônica em 2019

À medida que mais e mais profissionais de representação adotam a renderização em tempo real para apresentação e colaboração, estamos vendo outra tendência nesse campo emergente: a integração de várias tecnologias para atender a uma ampla gama de fluxos de trabalho.

Cada empresa tem diferentes necessidades de compatibilidade com seus programas CAD escolhidos. Ninguém quer aprender um novo processo desde o início, quando já passou incontáveis meses configurando um modelo de projeto para apresentação que está funcionando bem.

E depois há a escolha de rendimento. Embora os profissionais de representação reconheçam que precisarão aprimorar seu trabalho em relação aos padrões e vídeos, ainda há muitas opções. Eles usarão a renderização em tempo real apenas para acelerar os vídeos que já oferecem ou querem começar a produzir experiências de realidade virtual? Talvez eles se beneficiassem ao usar a VR durante o processo de projeto em si mas, em caso afirmativo, eles a usariam apenas para modelos de estudo ou para imagens finais? Eles poderiam servir melhor seus clientes oferecendo um configurador em tempo real para selecionar revestimentos e móveis?

Com tantas possibilidades, seria quase impossível que um único programa satisfizesse todos os fluxos de trabalho. Felizmente, muitos dos atores estabelecidos nesse campo empolgante estão trabalhando para a integração, oferecendo aos usuários uma ampla variedade de opções.

A ferramenta mais básica para renderização em tempo real é o próprio mecanismo. Para renderização arquitetônica, o Unreal Engine da Epic Games está na frente por sua capacidade de fotorrealismo em velocidades em tempo real, de 30 a 90 fps (frames por segundo). A porta de entrada para o Unreal Engine é o Unreal Studio, um conjunto gratuito de ferramentas que inclui o plugin Datasmith para importar dados de CAD.

Cortesia de Unreal Engine
Cortesia de Unreal Engine

Enquanto o Unreal Studio oferece muitas ferramentas em tempo real, o próprio Unreal Engine é uma plataforma aberta com muitas possibilidades de integração. Um exemplo é a Mindesk, que desenvolveu um aplicativo para criar modelos diretamente em realidade virtual e está trabalhando na integração com a matriz completa de materiais e soluções de iluminação da Unreal Engine. Além disso, a Mindesk trabalhará com mais programas CAD no futuro próximo. Essa integração prevê uma nova era de projeto na qual os arquitetos poderão trabalhar em 3D estereoscópico completo, esculpindo intuitivamente um modelo fotorrealista apenas com movimentos de controle básicos.

Cortesia de Unreal Engine
Cortesia de Unreal Engine

Twinmotion é outro software que trabalha em tempo real. Twinmotion há muito tem uma ferramenta de prototipagem em tempo real para arquitetos com uma interface amigável, mas recentemente intensificou seu design fornecendo uma ponte para o Unreal Engine. Ao trazer seus projetos para o Unreal, os arquitetos podem elevar a qualidade da produção com materiais baseados em matérias físicas e ferramentas de iluminação realistas.

Cortesia de Unreal Engine
Cortesia de Unreal Engine

O V-Ray do Chaos Group, um dos mais populares renderizadores de base física para o 3ds Max, Maya, Rhino e Sketchup, é outro exemplo da interface em tempo real. O Chaos Group anunciou recentemente o V-Ray para Unreal fornecendo uma relação entre as duas plataformas. Quando um projeto em V-Ray é importado para o Unreal Engine, o V-Ray para Unreal converte suas luzes e materiais equivalentes em tempo real, com a vantagem adicional de manter uma conexão inteligente com os originais. Isso significa que os usuários podem continuar trabalhando no Unreal Editor para criar renderizações ray-tracing de qualidade total.

Com o Unreal Engine sendo 100% programável em Python, os usuários em tempo real começaram a criar suas próprias ferramentas para agilizar o processo de visualização. A Theia interactive, uma das primeiras empresas a adotar a renderização em tempo real para VR e AR, lançou recentemente o Optim, uma série de scripts em Python para adicionar mais funcionalidades ao plugin Datasmith. O Optim automatiza muitas das tarefas de otimização repetitivas que podem surgir ao importar dados arquitetônicos, como a criação de LODs e o agrupamento de objetos semelhantes, reduzindo o tempo necessário para a preparação de dados e deixando mais tempo livre para a criatividade.

Cortesia de Unreal Engine
Cortesia de Unreal Engine

Toda essa integração significa que as barreiras à VR, ao design interativo e às experiências imersivas do cliente estão diminuindo, deixando muitos caminhos para esse novo campo empolgante - você pode manter grande parte de seu fluxo de trabalho de design intacto aproveitando as várias opções que a renderização em tempo real tem a oferecer. O primeiro passo é se inscrever para utilizar a versão beta gratuita do Unreal Studio. Experimente as ferramentas de importação do Datasmith e, em seguida, dê uma olhada para ver onde você pode melhorar seu fluxo de trabalho com algumas dessas excelentes novas ferramentas de integração. A representação em tempo real pode estar muito mais próxima do que você imagina!

Sobre este autor
Cita: "Integração: a mais recente tendência na representação arquitetônica em 2019" [Integration: The Latest Architectural Visualization Trend of 2019] 26 Mar 2019. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/913724/integracao-a-mais-recente-tendencia-na-representacao-arquitetonica-em-2019> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.