Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas

Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas

Os telhados verdes são compostos por uma série de camadas que permitem que a vegetação cresça corretamente, evitando infiltrações que podem causar danos à estrutura do edifício. Embora haja uma grande variedade de opções para construí-las, hoje apresentamos um sistema composto de uma base de argamassa, uma camada de emulsão asfáltica, duas membranas asfálticas impermeáveis, uma camada de drenagem e o substrato que permitirá o crescimento das espécies vegetais.

Para impermeabilizar as áreas de sumidouros, parapeitos e outros pontos críticos, também inclui uma membrana líquida de poliuretano, que permite vedar todo o sistema. Verifique, abaixo, algumas teclas de aplicação dos diferentes componentes de um telhado verde e os benefícios desta última camada impermeável a líquidos.

Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 2 de 11Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 3 de 11Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 4 de 11Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 5 de 11Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Mais Imagens+ 6

Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 8 de 11
Casa M / Plan:b arquitectos. Image © Sergio Gómez

1. Laje

Coberturas com uma inclinação mínima de 2%

A primeira camada de um telhado verde é composta da cobertura do edifício, que receberá suas cargas. Para garantir uma drenagem adequada e evitar a estagnação da água, estes devem poder mover-se de forma fluida nesta laje, mantendo uma inclinação mínima de 2%. Neste caso, foi utilizada uma laje de concreto, com acabamento semi-polido e umidade máxima de concreto de 4%, incorporando tubos de drenagem de 4" de diâmetro.

A resistência da laje deverá ser calculada por um engenheiro civil estrutural e deve considerar as cargas geradas pela soma de todas as camadas que compõem o telhado verde.

Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 9 de 11
Telhado Verde / Detalhe Parapeito
Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 3 de 11
Planta de Energía de Biomasa Hotchkiss / Centerbrook Architects and Planners. Image © David Sundberg/Esto

2. Membranas Impermeabilizantes

Membranas asfálticas sobrepostas que impedem a passagem de água para a edificação

Após a aplicação do adesivo especial (primer) na laje, a primeira camada de membranas deve ser localizada (neste caso, 3 mm de espessura de acabamento liso fosco), começando na parte mais baixa do telhado e na direção perpendicular à inclinação. Como na instalação de telhas, cada rolo deve ser sobreposto a 10 cm em favor da inclinação.

A segunda camada de membranas (neste caso, membranas com acabamento de cascalho com 4 mm de espessura) é instalada na primeira camada por termofusão, desenrolando as suas sobreposições.

Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 6 de 11
Diagrama. Image Cortesía de Sika
Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 5 de 11
Cortesía de Sika

3. Camada de Drenagem

Sistema que conduz o excesso de água para as calhas

Nas membranas asfálticas deve ser incluída uma camada de drenagem que permita a circulação da água, mas que evite a passagem da terra. Para garantir um melhor resultado do sistema, também é possível incorporar uma drenagem de espuma de polietileno e sobre ela, uma manta geotêxtil permeável que impede que as raízes toquem a estrutura inferior.

Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 2 de 11
Cortesía de Sika

4. Camada Vegetal

Substrato + Vegetação

Esta camada é composta da terra e da vegetação que crescerá sobre ela. Se o seu meio de crescimento é menor ou igual a 15 centímetros e inclui vegetação menor, é chamado de 'camada vegetal extensiva' e é ideal para edifícios existentes. Por outro lado, se o seu meio tem uma espessura de mais de 15 centímetros e inclui espécies grandes, é chamado de 'camada vegetal intensiva' e é ideal para novos edifícios que possam suportar cargas adicionais. A espessura do substrato deve ser entregue pelo paisagista responsável, de acordo com a espécie escolhida.

Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 4 de 11
Cortesía de Sika

5. Membranas Líquidas em pontos 'críticos'

Impermeabilização de sumidouros, parapeitos e outras áreas expostas

As membranas líquidas são aplicadas como a pintura e, quando secas, geram uma película elástica impermeável sem costuras, o que permite selar todos os pontos onde a água poderia facilmente se estagnar, garantindo a mais longa durabilidade e resistência do sistema em geral. O revestimento resultante é transitável, permeável ao vapor de água e resistente aos raios UV.

Embora sua elasticidade permita que resistam corretamente à dilatação de sua superfície - por exemplo, como resultado da alta exposição ao sol -, recomenda-se que nessas áreas as membranas incorporem telas ou malhas de reforço, dando-lhes maior resistência à tensão e aos rasgos. Além disso, as membranas líquidas podem proporcionar outros benefícios, como melhorar a aparência dos telhados antigos, atenuar o ruído do telhado e melhorar o isolamento térmico.

Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 7 de 11
Cortesía de Sika

Algumas chaves para sua aplicação incluem:

  • A superfície da base deve estar limpa, seca e nivelada.
  • As membranas líquidas aderem facilmente a um grande número de superfícies horizontais e verticais, incluindo concreto, madeira, tijolos, metais, cerâmicas, chapas galvanizadas ou de fibrocimento, telhas, membranas com geotêxtil e membranas asfálticas.
  • Em alguns casos, de acordo com as especificações técnicas do produto, deve ser utilizado adesivo ou primer antes de sua aplicação, com um certo tempo de espera de acordo com a ficha técnica do primer.
  • As membranas líquidas são geralmente aplicadas em duas camadas, no entanto, algumas áreas da cobertura, como juntas, sobreposições e / ou detalhes, podem precisar de reforço.
  • As camadas são aplicadas a frio usando rolos, pincéis, escovas ou pistolas, da mesma forma que uma tinta.
  • Não deve ser aplicado em telhados sem inclinação ou em substratos úmidos.
  • Antes de aplicar, você deve estudar os regulamentos locais, que variam de um país para outro.

Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 10 de 11
Telhado Verde / Detalhe Parapeito
Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas - Imagem 11 de 11
Telhado Verde / Detalhe Sumidouro

Encontre mais informações sobre membranas líquidas aqui.

Publicado originalmente em janeiro de 2019. Atualizado em 3 de fevereiro de 2020.

Sobre este autor
Cita: Franco, José Tomás. "Telhados verdes: quais são as camadas e como impermeabilizá-los usando membranas líquidas" [¿Cuáles son las capas de un techo verde y cómo impermeabilizarlo utilizando membranas líquidas?] 27 Mai 2021. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/910310/telhados-verdes-quais-sao-as-camadas-e-como-impermeabiliza-los-usando-membranas-liquidas> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.