Tese premiada de Harvard explora a aplicação do vernacular chinês em grandes empreendimentos novos

Tese premiada de Harvard explora a aplicação do vernacular chinês em grandes empreendimentos novos

Todos os anos, a Boston Society of Architects oferece o Prêmio James Templeton Kelley ao melhor projeto final do mestrado da Harvard Graduate School of Design. Este ano, o destinatário de março II foi Ziwei Song por sua tese intitulada “Not so skin deep: vernacularism in XL”, que explorou formas alternativas de integrar o vernáculo chinês com os desenvolvimentos modernos "XL".

A tese de Ziwei procurou aproximar novamente o típico projeto de desenvolvimento na China e demonstrar a capacidade da imagem vernacular de afetar positivamente a sequência, a percepção e a exposição do espaço. Para testar isso, o projeto foi implantado em Chongqing, uma típica cidade de segundo nível na China, com uma concentração de projetos de desenvolvedores XL.

© Ziwei Song© Ziwei Song© Ziwei Song© Ziwei Song+ 19

© Ziwei Song
© Ziwei Song

A crítica de Ziwei às aplicações existentes do vernáculo identifica “galpões decorados” que usam telhados vernaculares para comunicar superficialmente uma cultura, ou “patos” que envolvem edifícios em ícones culturais para distorcer um programa genérico. Ambos os modos não são apenas representações profundas da pele, mas tentativas profundas de usar o vernáculo para criar um espaço significativo e confortável. Ziwei especulou: "Não existe uma maneira alternativa de construir projetos XL que vão além da natureza superficial da cultura da imagem, que é tecida na experiência do espaço?"

© Ziwei Song
© Ziwei Song

O esquema resultante retorna à raiz dos ícones culturais para experimentar a habilidade do vernacular em coreografar o espaço, trazendo riqueza espacial para a tipologia da torre XL. Ziwei traduziu a expansão horizontal de um pátio tradicional para a exploração expandida da vida vertical, gerando espaços funcionais, sofisticados e excitantes que “refletem simultaneamente a profundidade da identidade cultural e promovem atmosferas urbanas distintas na China”.

© Ziwei Song
© Ziwei Song

A imagem dos perfis de telhado e muros do jardim do esquema está associada ao lugar e à cultura, além de coreografar a experiência espacial. O perfil do telhado orienta a visão do observador para o limiar exterior enquanto organiza o fluxo circulatório em diferentes espaços vivos. Paredes de jardins e frontões confinam fronteiras vizinhas para proteger a privacidade e diferenciar entre espaços singulares e coletivos.

© Ziwei Song
© Ziwei Song

Para sustentar uma linguagem vernacular em um esquema alto, Ziwei também procurou a tipologia vernacular dos templos e das salas das guildas, que empregavam unidades menores para construir uma série de escalas, desde pequenas unidades privadas até câmaras sociais de tamanho médio e espaços cívicos de grande escala.

© Ziwei Song
© Ziwei Song

O desenho final da torre baseia-se tanto no fluxo espacial da habitação vernacular que suporta componentes vivos flexíveis e adaptáveis, como na pegada viável do plano da torre de desenvolvimento. A torre altera o núcleo convencionalmente introvertido para os quatro lados, liberando a parte central para o espaço social coletivo conhecido como pátio. Este pátio de eventos abriga vários tipos de programas sociais que vão desde teatro, quadra de pedestres, espaço de co-working, quadra de esportes, galeria, jardim de esculturas a floresta urbana, a chave para a formação de mini-comunidade.
-Ziwei Song

© Ziwei Song
© Ziwei Song

Mais informações sobre a proposta de Ziwei podem ser encontradas no site da Harvard GSD aqui.

© Ziwei Song
© Ziwei Song

Galeria de Imagens

Ver tudoMostrar menos
Sobre este autor
Cita: Walsh, Niall. "Tese premiada de Harvard explora a aplicação do vernacular chinês em grandes empreendimentos novos" 25 Jan 2019. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/910226/tese-premiada-de-harvard-explora-a-aplicacao-do-vernacular-chines-em-grandes-empreendimentos-novos> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.