O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Estratégias projetuais modernas dos clássicos da arquitetura residencial chilena

Estratégias projetuais modernas dos clássicos da arquitetura residencial chilena

Estratégias projetuais modernas dos clássicos da arquitetura residencial chilena
Estratégias projetuais modernas dos clássicos da arquitetura residencial chilena, Conjunto Residencial Torres de Tajamar. Image Cortesía de EAD / PUCV
Conjunto Residencial Torres de Tajamar. Image Cortesía de EAD / PUCV

Muitas e variadas são as lições que podem ser coletadas ao visitar ou estudar uma obra de arquitetura: se prestarmos atenção à distribuição dos programas, uniões construtivas, soluções materiais, relações com o contexto, implantação ou qualquer outro assunto, estes virão a materializarem-se como claras ideias que posteriormente podemos adotar em nossos projetos.

Diante disso e entendendo que existem maneiras variadas de abordar um problema arquitetônico, listamos a seguir uma lista de diversas estratégias projetuais que definem certas espacialidades em clássicos da arquitetura residencial chilena, realizando um agrupamento de algumas das operações mais significativas em cada caso.

Implantação Impalntação Corte Esquemático Plantas Tipo + 18

Relação da obra com seu contexto

Conjunto residencial Torres de Tajamar

Arquitetos: Luis Prieto Vial, B.V.C.H. (Carlos Bresciani, Héctor Valdés, Fernando Castillo e Carlos Huidobro)
Ano: 1967
Localização: Av. Providencia 1100, Santiago, Região Metropolitana

Cortesía de ED
Cortesía de ED

Posicionando-se como um objeto escultural, o conjunto de torres é incorporado em harmonia a paisagem de Santiago. Se falamos do contexto, o projeto se integra ao Parque Balmaceda e ao Rio Mapocho, incorporando em sua localização as sutis diagonais do tecido urbano, para o qual define uma plataforma pública e permeável, que se abre ao exterior, estabelecendo uma relação de respeito ao parque. Por sua vez, num contexto distante, a escolha da torre como tipologia permite manter certas transparências, preservando a constante visão da Cordilheira.

Planta Conjunto
Planta Conjunto

Edificio Copacabana

Arquitetos: Larraín + Larraín (Osvaldo Larraín, Jaime Larraín, Julián Larraín, Jaime Sanfuentes)
Ano: 1963
Localização: La Marina, Viña del Mar, Região de Valparaíso

Cortesía de Stephannie Fell
Cortesía de Stephannie Fell

O edifício entende-se na perspectiva, enquanto uma ligeira inclinação define sua distribuição interna e o caráter ao trabalho. Localizado na zona costeira, a fachada principal é projetada de maneira escalonada, privilegiando o maior número de vistas, no qual se traduz a orientação diagonal das varandas em direção ao mar. Esta sutil orientação em relação ao entorno redireciona a visão para a paisagem litorânea, voltada para a praia e para a cidade. Em relação ao programa, gera uma espessura capaz de articular um espaço intermediário na transferência entre interior e exterior ou espaço público e privado.

Plantas Tipo
Plantas Tipo

Conjunto habitacional Quebrada Márquez

Arquitetos: Pedro Goldsack
Ano: 1949
Localização: Márquez 5, Valparaíso, Región de Valparaíso

Cortesía de Rene Montaño Zambrano, Daniela Fuentes Caro, Solanyeth Barra Abarzúa
Cortesía de Rene Montaño Zambrano, Daniela Fuentes Caro, Solanyeth Barra Abarzúa

Dando continuidade ao desfiladeiro no qual está localizado, esse conjunto compreendido por uma série de blocos longitudinais enquadra o visitante em um espaço público comum, definido pelo espaço intersticial entre os blocos. Desta maneira, tentando imitar as decisões definidas pela mãe da natureza, cada peça é precisamente disposta sobre o território, escalonando em corte a inclinação da colina. Desta forma, se estabelece uma junção traseira com as colinas de Arrayán e Santo Domingo, mantendo a continuidade do morro. É assim que o edifício se torna parte da gruta, para o qual também não são definidas fronteiras, conformando passeios e escalas como parte do espaço público.

Impalntação
Impalntação

Distribuição de tipologias habitacionais e densificação

Conjunto habitacional Remodelación República

Arquitetos: Vicente Bruna, Germán Wijnant, Victor Calvo, Jaime Perelman, Orlando Sepúlveda
Ano: 1967
Localização: República, Camino a Rinconada, Maipú, Santiago, região Metropolitana

Cortesía de Usuario de Flickr: Renovación República
Cortesía de Usuario de Flickr: Renovación República

Em seu corte, o edifício surge a partir do encaixe e empilhamento de distintas tipologias. Esta estratégia permite gerar residências com dupla orientação, com vistas ao leste e oeste, abrindo-se para cada um dos lados com varandas e janelas que, por sua vez, otimiza os custos de construção, junto a redução de áreas secundárias e complementares para a habitação. Para conseguir isso, uma unidade modular é definida, composta por dois pares de apartamentos triplex achatados, sendo o apartamento de um pavimento na frente e um corredor de circulação geral ao centro, que por sua sobreposição compõe o bloco.

Corte Esquemático
Corte Esquemático

Villa San Luis / CORMU

Arquitetos: CORMU (Corporación del Mejoramiento Urbano)
Ano: 1972
Localização: Manquehue com Av. Presidente Riesco, Santiago, Região Metropolitana

Cortesía de CA22
Cortesía de CA22

Dentro do leque de ideias desenvolvidas para este projeto, destaca-se aquela desenvolvida pelo arquiteto Arturo Baeza e pelo urbanista Miguel Eyquem, cuja proposta desenvolve um edifício escalonado. Nesta proposta, o bloco é composto de casas duplex, que são empilhadas em dimensões distintas de acordo com o nível, gerando uma série de terraços escalonados. Estes, que ao mesmo tempo constituem um tipo de cobertura, são pensados como espaço de domínio público, propondo uma continuidade ao Parque Araucano, ao mesmo tempo em que obedecem a um nível e potencializam a vista à cordilheira.

Cortesía de CA22
Cortesía de CA22

Conjunto habitacional Los Carpinteros

Arquitetos: Hernán Flaño, Max Nuñez Danus, José Tuca García
Ano: 1974
Localização: Calle Charles Hamilton, Santiago, Región Metropolitana

Cortesía de Cynthia Marimán Ramos
Cortesía de Cynthia Marimán Ramos

Buscando um princípio de densidade e com a intenção de criar um espaço urbano, arquitetura funcional e de baixa escala, este conjunto é baseado em um módulo composto por três apartamentos duplex, encaixados conjuntamente de modo a gerar alta densidade em baixa altura. A singularidade é baseada na distribuição interior, que ao mesmo tempo esta estratégia de aplicação consegue especificar onde em cada unidade habitacional é concedido o acesso direto à rua - alguns ao nível da rua e outros através de uma escada - bem como como um espaço privado ao ar livre - composto por um pátio para habitação no primeiro pavimento, e terraços aos andares superiores.

Diagrama em axonometria
Diagrama em axonometria

Rotas e pátios para pedestres

Unidad Vecinal Portales

Arquitetos: B.V.C.H. (Carlos Bresciani, Héctor Valdés, Fernando Castillo e Carlos Huidobro)
Ano: 1954 a 1968
Localização: Estación Central, Santiago, Região Metropolitana

Cortesía de Casiopea
Cortesía de Casiopea

A ocupação do espaço verde é privilegiada como um bem social que se contrapõe à ocupação privada do lote. Para isso, o conjunto conta com uma série de blocos habitacionais conformado em torno de um sistema de praças e jardins, que se projetam desde o início como um espaço habitacional. A ideia é manter o maior número de áreas verdes e consolidar o espaço exterior como um parque público, capaz de caracterizar a vida da vizinhança. Pensado como um espaço para a comunidade potencializado a partir das relações diretas estabelecidas com as residências: por um lado, estes pátios se constituem como uma extensão do departamento do segundo pavimento, que por sua vez, definem uma relação horizontal com os terraços dos blocos.

Implantação
Implantação

Conjunto Habitacional Matta Viel

Arquitetos: B.V.C.H. (Carlos Bresciani, Héctor Valdés, Fernando Castillo e Carlos Huidobro)
Ano: 1954 a 1955
Localização: Manzana inscrita por Av. Matta, Viel, San Ignacio e Santiaguillo. Santiago, Região Metropolitana

Cortesía de Cynthia Marimán Ramos
Cortesía de Cynthia Marimán Ramos

O conjunto formado por quatro blocos dispostos em forma de pente (um ao longo de todo o comprimento e três menores perpendiculares a este), contendo uma série de pátios contidos em sua composição. É assim definido, um vazio de caráter público, diferenciado pelo desenvolvimento de uma sucessão de pátios atravessados por um circuito de circulações cobertas, que delimitam a via de acesso a cada bloco, operando como um lugar de passeio, constituindo, por sua vez, um espaço público no interior do conjunto. Ao mesmo tempo, o corredor como lugar de passeio, define um ritmo caracterizado e marcado por estas circulações cobertas, que são interceptados com os início do acesso a cada bloco.

Implantação
Implantação

Sobre este autor
Cynthia Mariman Ramos
Autor
Cita: Mariman Ramos, Cynthia. "Estratégias projetuais modernas dos clássicos da arquitetura residencial chilena" [Estrategias proyectuales modernas de los clásicos de la arquitectura residencial chilena] 05 Jul 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Pereira, Matheus) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/897624/estrategias-projetuais-modernas-dos-classicos-da-arquitetura-residencial-chilena> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.