O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Equipe brasileira recebe Menção Honrosa no Concurso Internacional de Desenho Urbano - Bañado Norte, em Assunção

Equipe brasileira recebe Menção Honrosa no Concurso Internacional de Desenho Urbano - Bañado Norte, em Assunção

Equipe brasileira recebe Menção Honrosa no Concurso Internacional de Desenho Urbano - Bañado Norte, em Assunção
Equipe brasileira recebe Menção Honrosa no Concurso Internacional de Desenho Urbano - Bañado Norte, em Assunção, Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA)
Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA)

O concurso visava a concepção urbana, ambiental, sociocultural, econômica e de gestão de uma área de 514 hectares localizada na cidade de Assunção, capital do Paraguai,  em terrenos alagáveis junto ao Rio Paraguai e próxima ao Centro Histórico, dotada de alta fragilidade ambiental e social, com milhares de famílias vivendo em habitações precárias em área de risco. Foram 41 projetos inscritos com participantes dos Estados Unidos, México, Portugal, Espanha, República Dominicana, Brasil, Chile, Uruguai, Argentina, Peru, Equador, Bolívia, São Tomé e Príncipe, e Paraguai. A equipe brasileira composta pelos escritórios TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA e Oficina Urbana de Arquitetura (OUA) recebeu a única menção honrosa.

O edital visava a elaboração de uma proposta de projeto de desenho urbano, incluindo o desenho dos espaços urbanos, visando a conexão da área com o restante da cidade e que favorecesse a conexão entre a cidade e o rio, tendo como base os princípios e diretrizes do Plano Diretor da Franja Costeira Norte. Os critérios de julgamento centraram-se na necessidade de recuperar e valorizar a dimensão urbano-ambiental da área de intervenção, bem como o desenvolvimento de uma estratégia para sua ligação à cidade, fortalecimento de sua identidade e potencial, proporcionando acessibilidade e permeabilidade física e visual, com uma visão de intervenção urbana integrada. Confira abaixo o resultado geral do concurso e o projeto da equipe brasileira, junto com seu memorial descritivo.

Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA) Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA) Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA) Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA) + 30

Resultado

Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA)
Cortesia de TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA)

1º Prêmio – Nome da proposta: “YRENDAGUÉ”

Consórcio Paraguai - Espanha - Argentina
Representante Legal: Arq. Sebastián Blanco (Paraguai)
Autores: Arq. Javier Corvalán (Paraguai), Sr. Salvador Rueda (Espanha), Arq. Lukas Fuster (Paraguai) e Arq. Sebastián Blanco (Paraguai)
Equipe de projeto: Magdalena Oddonne, Arq. Joaquín Corvalán, Arq. Agostina Vacca Arreseygor, Arq. Rocío Crosetto Brizzio, Arq. María Florencia Fernandez Bellone, Arq. Ramón Pared Pelegrina, Arq. Facundo Guevara, Arq. Juan Manuel Bidart, Arq. Yanina Caffaratti, Arq. Eugenia Belaus, Ing. Arq. Julieta Ardiles, Dylan Cuenca
Assessoria técnica: Dra. Arq. Laura Alcalá, Msc. Arq. Maria Paz Gill, Msc. Arq. Carlos Agüero, Eng. Luis Cuevas.

2º Prêmio – Consultora de Estudios y Proyectos Ambientales S.A

País: Argentina
Equipe argentina em consórcio com o arquiteto paraguaio Ulli Niella.
Representante Legal: Arq. José Pedro Pesci (Argentina)
Equipe: Arq. Ruben Pesci, Arq. José Pedro Pesci, Arq. Joge H.Pérez, Arq. Carlos Rosas Arraino, Geol. Lucía Pesci, Ecol. Nicolás García Romero, Arq. Uli Niella, Arq. Victoria Almanza, Arq. María José Besozzi.

3º Prêmio – Nome da proposta: “PAISAJES HÍBRIDOS”

País: Paraguai
Representante Legal: Arq. Christian Ceuppens (Paraguai)
Equipe: Arq. Christian Ceuppens, Arq. María Liz Gulino, Lic. Florencia Martínez, Econ. Hugo Roig, José Acosta, Eng. Hidrólogo Juan Pablo Nogués, Econ. Martha Coronel, Lic. Rodrigo Mussi, Arq. Fernanda Garicoche, Arq. Agustín Albornoz, Arq. Bárbara Sitjar, Arq. Cecilia González, Arq. Nicole Jacquet.

Menção Honrosa – TESE Tecnologia Arquitetura e Cultura LTDA + Oficina Urbana de Arquitetura (OUA)

País: Brasil
Equipe brasileira em consórcio com a arquiteta paraguaia Susana Meyer
Representante Legal: Arq. Dra. Mirna Cortopassi Lobo
Equipe chave: Dra. em Arq. e Urb. Mirna Cortopassi Lobo, Arq. e Urb. Luiz Gustavo Grochoski Singeski, Arq. e Urb. Anabelli Simoes Peichói, Eng. Civil Bruno Ruchinski de Souza,  Dr. em Eng. Hidráulica Harry Mallman, Msc. em Arq. E Urb. Jordi Badía Pascual (Espanha), Dr. em Econ. Mariano de Matos Macedo, Estagiária de Arq. e Urb. Muryel Gomes, Arq. e Urb. Rafael Candido, Msc. em Arq. e Urb. Thiago Goncalves Roberto, Arq. Susana Meyer (Paraguai).
Colaboradores: Arq. e Urb. Felipe Santos Gomes, Arq. e Urb. Felipe Guandelini, Arq. e Urb. Isabela Maria Fiori, Estagiária de Arq. e Urb. Camila Esturilho, Arq. e Urb. Moacir Zancopé Junior, Arq. e Urb.  Julia Brasil, Arq. e Urb. Camila Lombardi.

Descrição enviada pela equipe de projeto.

A área de intervenção do concurso corresponde a um polígono de 514 hectares localizado no Bañado Norte da cidade de Assunção, capital do Paraguai, região dotada de uma série de condicionantes físico-ambientais e socioculturais que, aliados ao desenvolvimento do Plano ASUVIVA e à construção da 2ª etapa da Av. Costanera, estabeleceram os critérios de intervenção da proposta.

O Rio Paraguai, com seu regime de cheias, é o principal elemento estruturador da identidade local. A proposta de ocupação parte do resgate desta identidade, restaurando o protagonismo do rio a partir da elaboração de uma nova Frente Ribeirinha, contemplando a resiliência da área a eventos climáticos e sua vinculação com o restante da cidade, soluções para o habitat dos atuais residentes e definições de desenho urbano, uso do solo e morfologia, através da criação de: um Passeio Costaneiro contínuo; da integração entre a cidade e o Rio; da solução dos problemas das populações (6.000 famílias) em área de risco situadas abaixo da cota +64m (cota de segurança); da geração de novas oportunidades a todos os habitantes de Assunção, da recuperação e valorização do patrimônio ambiental e cultural e da descaracterização da atual situação de abandono social através da inserção do poder público na região.

Planta Geral
Planta Geral

Assim, a partir da identificação de duas macrozonas atuando no território, pôde-se estabelecer os critérios de intervenção específicos para cada uma delas: as Áreas de Renovação Urbana (Terras Baixas), caracterizadas pelo risco de alagamento sazonal e pela situação precária da moradia, para a qual foi proposto um novo padrão de ocupação; e as Áreas de Requalificação Urbana (Terras Altas), cuja antropização é de caráter consolidado e demanda intervenções pontuais com o intuito de dotá-las de nova vitalidade.

Esquema Concepção c
Esquema Concepção c

A criação de um Sistema Ambiental através da interconexão dos maciços hídricos (Rio Paraguai, arroios, lagoas e Baía de Assunção) e da implantação do Canal Cara-Cara, com o intuito de gerar um fluxo contínuo da água – contribuindo para a salubridade através da redução da estanqueidade –, da criação de corredores da biodiversidade e do redesenho da cota +64, delimita a divisão entre o Compartimento Ambiental e as áreas urbanizáveis denominadas de Compartimentos Urbanos. Nestas, propôs-se a adequação do sistema viário a fim de condicionar e desafogar o trânsito e melhorar a mobilidade urbana de Assunção, assim como a acessibilidade e conectividade da região com o restante da cidade.

Esquema Concepção b
Esquema Concepção b
Esquema Concepção d
Esquema Concepção d

Nas “Terras Baixas”, com o traçado viário proposto foram criadas novas áreas edificáveis (“células urbanas”), dotadas de zoneamento específico, sustentado por três elementos básicos: taxa de ocupação, densidade e flexibilidade, a partir da diversidade de tipologias, usos e faixas de renda – com a inserção de percentuais mínimos de edificações para habitação de interesse social, a fim de evitar a gentrificação e a formação de guetos, valorizando a diversidade e a coexistência.

Depois
Depois

Nas “Terras Altas” ou áreas de requalificação, foram sugeridas pequenas intervenções no tecido urbano existente, visando a diminuição do tráfego de automóveis, valorização do pedestre, aumento da fruição do espaço público e da vitalidade urbana através da criação de centralidades de bairro.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Eduardo Souza
Autor
Cita: Eduardo Souza. "Equipe brasileira recebe Menção Honrosa no Concurso Internacional de Desenho Urbano - Bañado Norte, em Assunção" 27 Jun 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/897192/equipe-brasileira-recebe-mencao-honrosa-no-concurso-internacional-de-desenho-urbano-banado-norte-em-assuncao> ISSN 0719-8906