O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Quem são as vozes emergentes da arquitetura em 2018, segundo a Architectural League of New York?

Quem são as vozes emergentes da arquitetura em 2018, segundo a Architectural League of New York?

Quem são as vozes emergentes da arquitetura em 2018, segundo a Architectural League of New York?
Quem são as vozes emergentes da arquitetura em 2018, segundo a Architectural League of New York?, Bruma House; Estado de México, Mexico, 2017 / Fernanda Canales + Claudia Rodríguez. Photography: Rafael Gamo. Image © Fernanda Canales
Bruma House; Estado de México, Mexico, 2017 / Fernanda Canales + Claudia Rodríguez. Photography: Rafael Gamo. Image © Fernanda Canales

A Architectural League de Nova York anunciou os destinatários dos prêmios 2018 Emerging Voices, destacando indivíduos e escritórios "com diferentes vozes de projeto e potencial para influenciar as disciplinas de arquitetura, paisagismo e urbanismo".

Fundada em 1982, o programa anual de Vozes Emergentes identificou mais de 250 práticas jovens que passaram a desenvolver carreiras influentes. Alguns vencedores do passado incluem: Steven Holl (1982); Morphosis (1983); Coleman Coker and Samuel Mockbee (1990); Toshiko Mori (1992); Deborah Berke (1993); Enrique Norten (1994); Brad Cloepfil of Allied Works (1996); Michael Maltzan (1998); Marion Weiss and Michael Manfredi (1997); James Corner of Field Operations (2001); SHoP Architects (2001); Lewis.Tsurumaki.Lewis Architects (2002); Jeanne Gang (2006); Teddy Cruz (2006); Amale Andraos and Dan Wood of WORKac (2008); Tatiana Bilbao (2010); and Elena Brescia and Kate Orff of SCAPE / LANDSCAPE ARCHITECTURE (2012).

Este ano, os portfolios enviadas por aproximadamente 50 empresas foram revisadas por um júri em duas etapas para estreitar a lista para um grupo de finalistas e, em seguida, os 8 vencedores.

"O grupo de vencedores deste ano é unificado pela intensidade de seu compromisso socia, impulsionado pelo ato de repensar as abordagens tradicionais de projeto, materiais e construção", afirmou a Diretora do Programa da Liga, Anne Rieselbach.

2018 Emerging Voices

Ersela Kripa, Stephen Mueller / AGENCY; El Paso, Texas

Photograph from "Border Dispatches" showing New Mexico's Otero County Processing Center / AGENCY. Image © AGENCY
Photograph from "Border Dispatches" showing New Mexico's Otero County Processing Center / AGENCY. Image © AGENCY

AGENCY foi fundada em 2010. Os parceir sócios Ersela Kripa e Stephen Mueller usam pesquisa, publicação e design para explorar questões abrangentes, como ecologia material, política governamental e ética. Projetos recentes incluem Fronts, um projeto de pesquisa e um livro enfocando a relação entre doutrina militar e urbanismo informal; Breach, que explora os ambientes simulados desenvolvidos para treinar forças militares e de segurança; e Border Dispatches, uma série de artigos de jornal do arquiteto sobre a fronteira entre os EUA e México.

Breach (Material Residue of the Securocratic State), 2017; AGENCY. Image © AGENCY Remix (Interim Recycling Initiative); Tirana, Albania, 2012 / AGENCY. Image © AGENCY Selfie Wall (A Public Sphere for Private Data), 2016 / AGENCY. Image © AGENCY Photograph from "Border Dispatches" showing New Mexico's Otero County Processing Center / AGENCY. Image © AGENCY + 41

Fernanda Canales; Cidade do México

Terreno House; Estado de México, Mexico, 2018 / Fernanda Canales. Photography: Rafael Gamo. Image © Fernanda Canales
Terreno House; Estado de México, Mexico, 2018 / Fernanda Canales. Photography: Rafael Gamo. Image © Fernanda Canales

Fernanda Canales cresceu na Cidade do México, onde sua firma homônima foi fundada. Ela acredita que "a arquitetura é sobre a criação de conexões entre pessoas, territórios e história". Projetos recentes incluem Bruma House (com Claudia Rodríguez), uma residência dividida em diferentes módulos organizados em torno de um pátio central, cada local com base em pontos de vista, orientação e vegetação; Salas de leitura, espaços comunitários flexíveis que podem ser construídos por moradores de bairros de baixa renda; e a Escola de Monterrey de Ensino Superior em Design, um novo campus na periferia da cidade.

Maruma House; Mexico City, Mexico, 2011 / Fernanda Canales. Photography: Sandra Pereznieto. Image © Fernanda Canales Elena Garro Cultural Center; Mexico City, Mexico, 2012 / Fernanda Canales + a|911. Photography: Sandra Pereznieto. Image © Fernanda Canales Portales Housing; Mexico City, Mexico, 2015 / Fernanda Canales. Photography: Rafael Gamo. Image © Fernanda Canales Reading Rooms; Mexico, 2015 / Fernanda Canales. Photography: Jaime Navarro. Image © Fernanda Canales + 41

Jesica Amescua and Mariana Ordóñez Grajales / Comunal: Taller de Arquitectura; Cidade do México

Social Production of Housing. Exercise I; Tepetzintan, Sierra Nororiental de Puebla / Comunal: Taller de Arquitectura. Photography: Onnis Luque. Image © Comunal: Taller de Arquitectura
Social Production of Housing. Exercise I; Tepetzintan, Sierra Nororiental de Puebla / Comunal: Taller de Arquitectura. Photography: Onnis Luque. Image © Comunal: Taller de Arquitectura

Fundada em 2015, a Comunal: Taller de Arquitectura da Cidade do México fornece serviços de projeto para comunidades desatendidas. Seu trabalho centra-se em cinco eixos metodológicos que eles consideram fundamentais para "desenvolver projetos inclusivos, participativos e contextuais". O trabalho recente inclui Casas de parto, projetos para espaços de trabalho de parteira informados por um amplo diálogo com uma comunidade indígena de Chiapas; e Território e Habitante, um projeto de pesquisa para uma casa que poderia ser construída em Yucatán por menos de US $ 10.000.

Social Production of Housing. Exercise I; Tepetzintan, Sierra Nororiental de Puebla / Comunal: Taller de Arquitectura. Photography: Onnis Luque. Image © Comunal: Taller de Arquitectura Social Production of Housing. Exercise II; Cuetzalan, Sierra Nororiental de Puebla / Comunal: Taller de Arquitectura. Photography: Onnis Luque. Image © Comunal: Taller de Arquitectura Social Production of Housing. Exercise II; Cuetzalan, Sierra Nororiental de Puebla / Comunal: Taller de Arquitectura. Photography: Onnis Luque. Image © Comunal: Taller de Arquitectura Midwife ́s House (Participatory model); Municipio de Tenejapa, Los Altos de Chiapas / Comunal: Taller de Arquitectura. Image © Comunal: Taller de Arquitectura + 41

Stephanie Davidson and Georg Rafailidis / Davidson Rafailidis; Buffalo, Nova Iorque

He, She & It
; Buffalo, NY
 / Davidson Rafailidis. Photographer: Florian Holzherr. Image © Davidson Rafailidis
He, She & It
; Buffalo, NY
 / Davidson Rafailidis. Photographer: Florian Holzherr. Image © Davidson Rafailidis

Stephanie Davidson e Georg Rafailidis estabeleceram Davidson Rafailidis em 2008. Ambos são membros da faculdade de arquitetura da Universidade de Buffalo e também ensinaram na Universidade RWTH Aachen na Alemanha e na Universidade de Toronto. Projetos recentes incluem He, She & It, uma estrutura com três espaços de trabalho distintos para um casal de Buffalo; Café Fargo, um café em uma antiga loja de canto também em Buffalo; e Mirror, Mirror, o vencedor de um concurso destinado a reimaginar barracas de festivais de rua.

Tipico Coffee (Café Fargo)
; Buffalo, NY / Davidson Rafailidis. Photographer: Florian Holzherr. Image © Davidson Rafailidis Big Space Little Space; Buffalo, NY / Davidson Rafailidis. Photographer: Florian Holzherr. Image © Davidson Rafailidis Tipico Coffee (Café Fargo)
; Buffalo, NY / Davidson Rafailidis. Photographer: Florian Holzherr. Image © Davidson Rafailidis MirrorMirror
; New Museum, New York, NY, among others / Davidson Rafailidis. Photographer: Florian Holzherr. Image © Davidson Rafailidis + 41

Luis Aldrete / Luis Aldrete Estudio de Arquitectura ; Guadalajara, México

Pilgrim Route Shelters; Jalisco, México 2010 / Luis Aldrete. Image © Francisco Pérez
Pilgrim Route Shelters; Jalisco, México 2010 / Luis Aldrete. Image © Francisco Pérez

Desde que estabeleceu sua empresa em 2007, Luis Aldrete projetou residências, instalações hospitalares e culturais, onde trabalha com artesãos locais para empregar técnicas de construção desenvolvidas ao longo de gerações. Projetos recentes incluem BF Residence, uma casa em Guadalajara ; Complexo Residencial Rinconada Margaritas, um empreendimento de alto nível em Guadalajara que responde a uma ravina adjacente; e Pilgrim Route Shelters, uma rede de infraestrutura de abrigos projetados com outros colaboradores para apoiar uma peregrinação anual a Jalisco.

RM Residential Complex; Guadalajara, Jalisco, México 2016 / Luis Aldrete. Image © Onnis Luque BF Residence; Guadalajara, Jalisco, México 2017 / Luis Aldrete. Image © Onnis Luque CA22 Complex; Mexico City 2017 / Luis Aldrete. Image Courtesy of Luis Aldrete El Santuario; Pacific coast, Jalisco, México 2016-work in progress / Luis Aldrete. Image Courtesy of Luis Aldrete + 41

David Seiter / Future Green Studio; Brooklyn, Nova Iorque

41 Bond; Manhattan, NY / Future Green Studio + DDG Partners. Image © K. Taro Hashimura
41 Bond; Manhattan, NY / Future Green Studio + DDG Partners. Image © K. Taro Hashimura

David Seiter estabeleceu o Future Green Studio em 2008 como uma empresa de arquitetura paisagística que reconhece uma "integração profunda" entre arquitetura e paisagem com ênfase na pesquisa, fabricação e horticultura. Projetos recentes incluem um local de performance de Queens com uma atmosfera descontraída e parecida ao parque; Spontaneous Urban Plants: Weeds in NYC, um livro que promove os benefícios estéticos e ecológicos das ervas daninhas; e Half Street, uma praça de pedestres em Washington, D.C., que usa infraestrutura verde para gerenciar o escoamento das águas pluviais.

Atlantic Plumbing; Washington, DC / Future Green Studio + Morris Adjmi Architects + Eric Colbert & Associates + Bowman Consulting Group DC PC. Image © K. Taro Hashimura 345 Meatpacking; Manhattan, NY / Future Green Studio + DDG Partners + Future Perfect. Image © K. Taro Hashimura Brooklyn Children’s Museum; Brooklyn, NY / Future Green Studio + Toshiko Mori Architect + ARUP. Image © K. Taro Hashimura Empire Stores; Brooklyn, NY / Future Green Studio + S9 Architecture + Robert Silman Associates + Tillotsen Design Associates. Image © K. Taro Hashimura + 41

Helen Leung and Elizabeth Timme / LA-Más; Los Angeles, California

Watts Community Studio; Watts, South Los Angeles, CA / LA-Más. Image Courtesy of LA-Más
Watts Community Studio; Watts, South Los Angeles, CA / LA-Más. Image Courtesy of LA-Más

O grupo de design urbanístico sem fins lucrativos LA-Más concentra-se em bairros subdesenvolvidos de Los Angeles. Colabora com membros da comunidade, agências governamentais e desenvolvedores com o objetivo de expandir cidades de forma equitativa através de projetos e iniciativas políticas. O trabalho recente inclui a Go Avenue 26, aprimorando o acesso público perto de um grande viaduto na East Los Angeles; e "Backyard Basics: uma história alternativa para a unidade de alojamento acessório", uma proposta conceitual explorando como unidades de habitação acessórias desenvolvidas coletivamente poderiam servir de modelo para habitação a preços acessíveis ao longo do rio LA.

Go Ave 26; Northeast Los Angeles, CA / LA-Más. Image © Jon Endow, Courtesy of LA-Más Small Business Support Program;Wilmington, Los Angeles, CA / LA-Más . Image Courtesy of LA-Más Hollywood Pop!; Hollywood, Los Angeles, CA / LA-Más. Image Courtesy of LA-Más Backyard Basics; Elysian Valley (Frogtown), Los Angeles, CA / LA-Más. Image Courtesy of LA-Más + 41

Chris Baribeau, Josh Siebert, and Jason Wright / modus studio; Fayetteville, Arkansas

University of Arkansas Art + Design District: Sculpture Studio; Fayetteville, Arkansas / modus studio. Image © Timothy Hursley
University of Arkansas Art + Design District: Sculpture Studio; Fayetteville, Arkansas / modus studio. Image © Timothy Hursley

Fundada em 2008, o modus studio funciona em uma variedade de escalas, desde o design de móveis até o master planning. O estúdio baseia-se na ideia de que "a arquitetura relevante e inspiradora pode ser obtida a partir de experiências simples e cotidianas". Projetos recentes incluem Green Forest Middle School, uma reinterpretação do design escolar tradicional para uma pequena comunidade agrícola; Eco Modern Flats, uma renovação de quatro edifícios de apartamentos Fayetteville datados para melhorar a estética, o desempenho e a sustentabilidade; e uma transformação de um armazém em um aterro sanitário em um estúdio de escultura da Universidade de Arkansas.

Beechwood Village; Fayetteville, Arkansas / modus studio. Image © Timothy Hursley Manzeum; Fayetteville, Arkansas / modus studio. Image © Timothy Hursley Eco Modern Flats; Fayetteville, Arkansas / modus studio. Image © Timothy Hursley Garvan Woodland Gardens Childrens Educational Treehouse; Hot Springs, Arkansas / modus studio. Image Courtesy of modus studio + 41

O júri de 2018 Emerging Voices incluiu:

Júri primeira rodada

  • Virginia San Fratello
  • Sebastian Schmaling
  • Wonne Ickx
  • Lola Sheppard
  • Marcelo Spina
  • Carlos Jimenez
  • Marlon Blackwell

Júri segunda rodada

  • Sunil Bald
  • Lisa Gray
  • Stella Betts
  • Jing Liu
  • Paul Makovsky
  • Tom Phifer
  • Chris Reed
  • Billie Tsien

Saiba mais sobre o prêmio aqui, e veja os vencedores do ano passado aqui.

Notícia via The Architectural League of New York

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Lynch, Patrick. "Quem são as vozes emergentes da arquitetura em 2018, segundo a Architectural League of New York?" [Top Young North American Firms Win The Architectural League's 2018 Emerging Voices Awards] 03 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/888337/quem-sao-as-vozes-emergentes-da-arquitetura-em-2018-segundo-a-architectural-league-of-new-york> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.