O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. Verdadeiro ou falso? Quais desses rumores do mundo da arquitetura realmente aconteceram?

Verdadeiro ou falso? Quais desses rumores do mundo da arquitetura realmente aconteceram?

  • 07:00 - 1 Fevereiro, 2018
  • por
  • Traduzido por Lis Moreira Cavalcante
Verdadeiro ou falso? Quais desses rumores do mundo da arquitetura realmente aconteceram?
Verdadeiro ou falso? Quais desses rumores do mundo da arquitetura realmente aconteceram?

O website Snopes (também conhecido como o primeiro site de verificação de fatos da Internet) agora está desmascarando lendas urbanas e batendo recordes em relação a histórias "questionáveis" e/ou fantásticas. Em suas duas décadas de operação, acumulou não só milhares de explicações bem pesquisadas para mitos confusos, mas também recebeu elogios de meios de comunicação como The New York Times, CNN e Forbes. Então, o que o Snopes pode nos contar sobre a nossa estimada profissão? Veja a seguir nossa lista de rumores duvidosos (e alguns não tão duvidosos) sobre arquitetura, edifícios e cidades.

Um homem morreu enquanto demonstrava a resistência de uma janela de um arranha-céu?

A TD Bank Tower, à direita, de onde Garry Hoy mergulhou para a morte, em 1992. Imagem © <a href='https://www.flickr.com/photos/mtl_shag/1119933256'>Usuário Flickr mtl_shag</a> licença <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nd/2.0/'>CC BY-ND 2.0</a>
A TD Bank Tower, à direita, de onde Garry Hoy mergulhou para a morte, em 1992. Imagem © Usuário Flickr mtl_shag licença CC BY-ND 2.0

Trágico, mas verdade. O advogado de Toronto, Garry Hoy, teve uma morte prematura em 1993, quando foi demonstrar a resistência das janelas do 24º andar do edifício Toronto-Dominion Bank Tower para um grupo de visitantes (estudantes de direito). Muito confiante de sua cena bastante ensaiada, Hoy jogou-se no pano de vidro apenas para ser jogado de volta de forma segura, divertindo os espectadores; no entanto, a segunda tentativa rapidamente se transformou em um momento de pânico quando ele atravessou a janela.

Havia realmente metade de um vaso sanitário instalado em Sochi, na Rússia?

Todos nós já vimos esse peculiar vaso sanitário pela metade rodando nas mídias sociais, não é? Compartilhado muitas vezes em fevereiro de 2014 e supostamente  localizado em Sochi, na Rússia, este #EpicFail passou a ser associado às instalações desportivas dos Jogos Olímpicos de Inverno. Mas, como se descobriu, o meio vaso sanitário não teve nada a ver com Sochi - a foto apareceu (sem origem rastreável) na internet muito antes da abertura dos Jogos! Portanto, pode ser facilmente uma manipulação de uma foto ou mesmo um trabalho de arte.

É ilegal tirar fotografias da Torre Eiffel à noite?

A Torre Eiffel. Imagem © <a href='https://unsplash.com/photos/QAwciFlS1g4'>Usuário Unsplash Anthony Delanoix</a>
A Torre Eiffel. Imagem © Usuário Unsplash Anthony Delanoix

Graças às instáveis leis de direitos autorais, esse rumor é surpreendentemente verdadeiro! Tirar fotos da Torre Eiffel em si é legal porque o projeto da estrutura de 129 anos agora está sob domínio público, mas seu show de luzes mais recente é considerado uma obra de arte protegida por direitos autorais. Portanto, graças às leis da França sobre a liberdade de panorama, é ilegal fotografá-la para fins comerciais. Embora o governo francês não seja particularmente rigoroso sobre a lei, talvez você queira pensar duas vezes!

Neve falsa feita de amianto foi comercializada como decoração de Natal?

Recentemente, uma foto de uma caixa antiga da "mais limpa, mais branca e melhor" neve decorativa chamada "Amianto: Neve pura à prova de fogo" foi amplamente divulgada nas mídias sociais, fazendo com que muitos questionassem se o amianto era realmente usado para fabricar o fofo e inofensivo produto. Acontece que esse cancerígeno mortal, além de ser um "material milagroso" na indústria da construção, foi usado livremente em decorações de árvores de Natal no início do século XX. Até hoje, o amianto não está exatamente proibido nos EUA!

O Pentágono originalmente pretendia ser um hospital?

Pentágono. Imagem © <a href='https://www.flickr.com/photos/rudiriet/3271963755'>Usuário Flickr rudiriet</a> licença <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/2.0/'>CC BY-SA 2.0</a>
Pentágono. Imagem © Usuário Flickr rudiriet licença CC BY-SA 2.0

Uma abundância de banheiros, corredores espaçosos e dezenas de rampas em vez de escadas ou elevadores - tudo em um prédio maciço localizado perto de um cemitério. Parece mais um hospital do que um prédio de escritórios militares, não é? Mas, como revela Snopes, o Pentágono na Virgínia nunca foi destinado a ser um hospital: os banheiros surgiram como resultado das leis de segregação racial na época, enquanto o resto das características arquitetônicas eram resultado da funcionalidade ou da efetividade de custos. Suposições surgiram sobre o uso do edifício após a Segunda Guerra Mundial e entre outras sugestões, transformá-lo em um hospital foi uma delas.

Existe uma escultura de astronauta em uma antiga catedral espanhola?

A escultura do astronauta na Catedral Nueva, em Salamanca, Espanha. Imagem © <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:Sculpture_of_astronaut_added_to_New_Cathedral,_Salamanca,_Spain,_during_renovations.JPG'>Usuário Wikimedia Marshall Henrie</a> licença <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-sa/3.0/deed.en'>CC BY-SA 3.0</a>
A escultura do astronauta na Catedral Nueva, em Salamanca, Espanha. Imagem © Usuário Wikimedia Marshall Henrie licença CC BY-SA 3.0

Na cidade espanhola de Salamanca se encontra a Catedral Nueva, que remonta ao século XVI e surpreendentemente possui uma escultura de um astronauta. No entanto, não é um mistério: a catedral sofreu uma restauração rigorosa em 1992 e um dos construtores, chamado Jeronimo Garcia, simplesmente esculpiu um astronauta para marcar seu trabalho. Desta forma, não só o nome dele, mas o período de restauração foi literalmente marcado em pedra - o astronauta foi escolhido especificamente como um símbolo do século XX.

A fachada da Biblioteca do Kansas City é feita de livros gigantes?

Biblioteca de Kansas City. Imagem © <a href='https://www.flickr.com/photos/timsamoff/44726082'>Usuário Flickr timsamoff</a> licença <a href='https://creativecommons.org/licenses/by-nd/2.0/'>CC BY-ND 2.0</a>
Biblioteca de Kansas City. Imagem © Usuário Flickr timsamoff licença CC BY-ND 2.0

Réplicas gigantes de livros adorados, de fato, adornam a fachada do estacionamento da Biblioteca de Kansas City. Longe de ser uma manipulação de imagem, a "Estante de Livros da Comunidade" está alinhada à garagem construída em 2006, onde vinte e dois "livros" de até 7,62 metros de altura exibem títulos populares escolhidos com a ajuda da comunidade. Aqui, você encontrará Marquez, Dickens, Tolkien, Mark Twain e muitos outros!

A Torre Cayan de Dubai foi realmente adiada por uma enorme inundação?

Cayan Tower em Dubai. Imagem © Tim Griffith / SOM
Cayan Tower em Dubai. Imagem © Tim Griffith / SOM

Não é comum que cronogramas de obras mudem por causa da entrada de água de uma marina artificial, mas, no caso da construção do edifício helicoidal de 75 andares, a Infinity Tower - agora conhecida como Cayan Tower - em Dubai, infelizmente não é um rumor. Em fevereiro de 2007, o muro que segurava as águas da Marina de Dubai rachou e quebrou, inundando completamente o local em poucos minutos, enquanto mais de uma centena de trabalhadores buscavam segurança.

Washington DC não tem Rua 'J' porque o urbanista da cidade, Pierre L'Enfant, tinha rancor contra o juiz John Jay?

Revisão de Andrew Ellicott (1792) das plantas de Pierre Charles L'Enfant para Washington DC. Imagem <a href='https://commons.wikimedia.org/wiki/File:L%27Enfant_plan.jpg'>via Wikimedia</a> em domínio público
Revisão de Andrew Ellicott (1792) das plantas de Pierre Charles L'Enfant para Washington DC. Imagem via Wikimedia em domínio público

É difícil acreditar que Pierre L'Enfant planejou meticulosamente toda Washington DC e, de alguma forma, esqueceu-se da Rua "J." Mas, embora tenha sido uma omissão deliberada, uma investigação mais cuidadosa revela que não teve nada a ver com indisposições com o juiz John Jay. O motivo, de fato, é bastante simples (e tedioso!): em inglês antigo, as letras "I" e "J" eram muitas vezes intercambiáveis, de aparência semelhante e, portanto, confusas, especialmente quando escritas juntas, então, das duas, a "J" foi deixada fora do sistema de ruas nomeadas com letras.

Este banheiro público foi mesmo feito com paredes de vidro reflexivos?

"Não Perca um Segundo Sequer", de Monica Bonvicini. Imagem via Snopes
"Não Perca um Segundo Sequer", de Monica Bonvicini. Imagem via Snopes

Em dezembro de 2003, a artista Monica Bonvicini instalou um trabalho bastante interessante em um agitado canteiro de obras no Tate Britain, em Londres: um banheiro público com paredes de vidro reflexivo que permitia que o usuário pudesse olhar tudo o que se passava no lado de fora, ao mesmo tempo que nenhum transeunte conseguiria enxergar o lado de dentro. Intitulado "Não Perca um Segundo Sequer", a instalação, como muito do trabalho de Bonvicini, brincava com o olhar do espectador, as ideias sobre o espaço e o relacionamento do usuário com o lugar ou ambiente circundante.

A casa de George W Bush é mais ecológica do que a casa de Al Gore?

Em 2007, um e-mail comparando as casas do ex-vice-presidente Al Gore e ex-presidente George Bush criou uma grande agitação ao descrever a casa do primeiro como "uma verdade inconveniente". Os relatos revelaram que a mansão extravagante em Nashville de Al Gore era realmente muito menos eficiente energeticamente se comparada com a de George W Bush! No entanto, apesar de (em sua maior parte) verdadeiras em 2007, as reivindicações do e-mail foram consideradas desatualizadas em 2009, com Bush se mudando para uma nova casa duas vezes maior e Gore alterando sua casa para ser certificada LEED.

Sobre este autor
Cita: AD Editorial Team. "Verdadeiro ou falso? Quais desses rumores do mundo da arquitetura realmente aconteceram?" [Fact Check: Which of These Architecture Rumors are Actually True?] 01 Fev 2018. ArchDaily Brasil. (Trad. Moreira Cavalcante, Lis) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/887724/verdadeiro-ou-falso-quais-desses-rumores-do-mundo-da-arquitetura-realmente-aconteceram> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.