O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Brasília [1963]: vídeo mostra a capital três anos após ser inaugurada

Brasília [1963]: vídeo mostra a capital três anos após ser inaugurada

Brasília [1963]: vídeo mostra a capital três anos após ser inaugurada

Inaugurada em 1960, Brasília talvez seja a cidade no mundo que mais firmemente seguiu em sua concepção e obra os preceitos e diretrizes da arquitetura e do urbanismo modernos. Síntese da visão de algumas das figuras mais respeitadas da história da arquitetura brasileira, seu traçado e edifícios chamaram a atenção do mundo para o crescimento econômico nacional e para a expansão brasileira para dentro de seu próprio território.

"Brasília é o sonho realizado dos arquitetos e urbanistas. É a única cidade do mundo construída onde não havia nada além do cerrado, no centro do Brasil, e onde os construtores tiveram toda a liberdade de aplicar sem restrições os princípios do mais moderno urbanismo." 

Em 1963, o Institut National de l'Audiovisuel da França - INA produziu este breve registro em filme (acima) apresentando a capital brasileira ao público francês. Pensada e construída conforme "os princípios mais modernos do urbanismo", segundo o narrador do filme, a emissão não deixa de apontar também questões que posteriormente se tornaram indissociáveis da crítica à arquitetura moderna: aridez, desorientação e escala inapropriada ao ser humano.

"Como vivem os habitantes de Brasilia? É ainda muito cedo para emitir um julgamento sobre uma cidade que não está pronta. No entanto, não podemos deixar de notar uma evidente impressão de desorientação." 

Screenshot do vídeo
Screenshot do vídeo

Imagens do sonho moderno são acompanhadas por uma narração que confronta a rigidez do desenho urbano e arquitetônico com as necessidades e táticas citadinhas que acabaram por subverter a ordem do plano piloto. No projeto, Brasília prioriza o automóvel, presenteando o carro com infraestrutura adequada para garantir a fluidez do tráfego. "O que faria o pedestre aqui, se esse não é seu lugar?" indaga o narrador.

A conclusão do registro fílmico não deixa dúvidas de que, se a ideia da cidade moderna era estabelecer indefinidamente a ordem no espaço, o sucesso de Brasília deve ser, no mínimo, relativizado.

"[...] antigos hábitos não se deixam destruir assim tão facilmente; e isso é verdade mesmo em Brasília. Vejam essa rua, ela se chama W3. É a única que lembra, por sua animação, a rua clássica. A rua de todas as cidades do mundo. E, no entanto, não se deveria encontrar aqui um único café, uma única loja, e os pedestres não deveriam caminhar nessas calçadas. No plano do urbanista, não é uma rua, mas uma autopista, atravessando a cidade em seu comprimento, e apenas se instalariam aqui os depósitos de comerciantes. Mas os antigos hábitos ressurgiram a ponto de inverter aquilo que havia previsto o planejador, para reintroduzir, lá onde deveria existir uma ordem precisa, a desordem."

Vídeo disponibilizado no perfil Stories Mother never told me no Vimeo.

Sobre este autor
Cita: Romullo Baratto. "Brasília [1963]: vídeo mostra a capital três anos após ser inaugurada" 23 Jan 2018. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/887535/brasilia-1963-video-mostra-a-capital-tres-anos-apos-ser-inaugurada> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.