O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Como o maior fabricante de materiais de construção do mundo utilizou seus próprios produtos para criar sua sede central

Como o maior fabricante de materiais de construção do mundo utilizou seus próprios produtos para criar sua sede central

  • 14:00 - 11 Dezembro, 2017
  • por
  • Traduzido por Camilla Sbeghen
Como o maior fabricante de materiais de construção do mundo utilizou seus próprios produtos para criar sua sede central
Como o maior fabricante de materiais de construção do mundo utilizou seus próprios produtos para criar sua sede central, © Jeffrey Totaro
© Jeffrey Totaro

A nova sede corporativa da Saint-Gobain em Malvern, Pensilvânia - o lar norte-americano da maior empresa de materiais de construção do mundo - não é um complexo corporativo típico. Quando a empresa se aproximava do seu 350° aniversário, decidiu-se construir uma sede central que servisse como um mostruário dinâmico para seus próprios produtos.

A companhia formou uma equipe de arquitetos de duas empresas, Bernardon e Jacobs, para transformar um terreno abandonado, nos subúrbios da Filadélfia - onde já havia dois edifícios comerciais - em uma sede de classe mundial.

© Jeffrey Totaro © Jeffrey Totaro © Jeffrey Totaro © Jeffrey Totaro + 12

© Jeffrey Totaro
© Jeffrey Totaro

A reforma abarcou dois edifícios de quatro pavimentos unidos por uma passarela, os quais a equipe de desenho abordou como dois projetos: o núcleo e a pele, além do equipamento interior. O primeiro projeto combinou uma remodelação do edifício preexistente com uma ampliação de 3.700 metros quadrados. O sistema estrutural foi conservado e reutilizado no novo desenho. Depois de 18 meses de reforma, o edifício de 25.700 metros quadrados abriu suas portas no dia 15 de outubro de 2015, 350 anos após a fundação da companhia pelas mãos do rei Luis XIV da França para fabricar o vidro para a Galeria dos Espelhos, no Palácio de Versalhes, em Paris.

O desenho dos escritórios centrais procurou reinventar como a companhia opera e busca estabelecer uma nova era, tanto para a empresa como para seus empregados. Isso inclui 116 espaços colaborativos, mais de 800 módulos de trabalho com vista para o exterior (inclusive nas salas dos executivos da companhia, que optaram por sair dos escritórios nas esquinas do edifício), um café que é tão íntimo quanto a cozinha da sua casa; uma academia que supera muitas de bairro; uma lagoa natural tranquilizante; um anfiteatro panorâmico ao ar livre que inclui uma fonte; e 2,1 quilômetros de trilhas para caminhada.

Usando mais de 50 materiais interiores e exteriores do seu próprio catálogo, a companhia buscou estabelecer um novo padrão interno para os espaços de trabalho, definindo novos parâmetros em: qualidade do ar, controle de umidade, luz natural, acústica, eficiência energética, gestão térmica e ergonomia. Os produtos da companhia são usados em todo o edifício, nas coberturas, isolamentos, forros acústicos e revestimentos. A equipe interna de pesquisadores da companhia trabalhou com os arquitetos na escolha e combinação de produtos para alcançar os objetivos estabelecidos para o projeto, tais como receber a certificação LEED Platinum, tanto para interiores comerciais como para o núcleo e camada externa.

A seguir são apresentadas algumas das estratégias-chave que o edifício incorpora para alcançar os desafios impostos pela equipe de projeto:

Aspectos Importantes do Exterior 

© Jeffrey Totaro
© Jeffrey Totaro

1) Bernardon, arquiteto do exterior e hall, instalou 1.580 m2 de SageGlass nas fachadas sul e oeste. Elegeu-se o SageGlasse por sua capacidade em controlar dinamicamente a luz do sol, otimizar a luz solar, manter as vistas à paisagem e melhorar a comodidade ao evitar a claridade e o ganho de calor. Ao controlar a luz solar, o SageGlasse reduz drasticamente a demanda de energia e a necessidade de HVAC aumentando, ao mesmo tempo, a comodidade e o bem-estar dos funcionários. O vidro eletrocrômico incorpora a tecnologia SageGlasse Ligth Zone™, por isso pode apresentar áreas diferentes de polarização dentro de um painel de vidro. Isso maximiza a luz diurna e permite aos funcionários desfrutar comodamente as vistas do entorno natural, aumentando sua produtividade e satisfação em relação ao seu lugar de trabalho.

© Jeffrey Totaro
© Jeffrey Totaro

2) A entrada apresenta uma membrana arquitetônica de fibra de vidro Sheerfill® recoberta com Teflon® para criar um impressionante perfil que pode ser apreciado durante o dia e noite. A equipe de projeto selecionou Sheerfill porque permite passar a luz natural e, ao mesmo tempo, protege os funcionários e visitantes dos elementos. Durante a noite, as luzes LED são dirigidas à marquise e a superfície branca altamente reflectante da membrana aproveita ao máximo o efeito, iluminando o caminho até o edifício.

3) Instalou-se uma cobertura reflexiva solar CoolStar CertainTeed de pouca inclinação  para ajudar a minimizar o impacto ambiental do edifício, maximizar o conforto térmico dos ocupantes ao isolar a estrutura e proporcionar a maior proteção possível contra as intempéries. 

© Jeffrey Totaro
© Jeffrey Totaro

4) O sistema de irrigação utiliza a água da chuva, eliminando o uso da água potável. A água da chuva é coletada em uma área de cobertura de 650 metros quadrados e é armazenada em uma cisterna de 95.000 litros. Implementou-se um plano de manejo de águas pluviais no terreno, que incluiu um sistema de detenção subterrâneo, um sulco de infiltração e quatro jardins de chuva, tudo para infiltrar as águas pluviais no terreno e inibir o impacto nos cursos de água locais. 

Aspectos Importantes do Interior

© Jeffrey Totaro
© Jeffrey Totaro

1) Projetado por Jacobs, o interior da sede conta com um desenho de conceito aberto que brinda vistas ao exterior desde praticamente cada um dos mais de 800 postos de trabalho. O desenho interior minimiza as barreiras entre os grupos, com configurações flexíveis que vão desde pequenas salas silenciosas até grandes espaços de conferências para fomentar a colaboração e inspirar a criatividade. 

© Jeffrey Totaro
© Jeffrey Totaro

2) Ao aproveitar os produtos do seu próprio portfólio, a companhia criou um entorno aberto porém silencioso que propicia a concentração. Por exemplo, um funcionário pode ter uma conversa telefônica em seu escritório sem preocupar-se em incomodar o outro funcionário que está ao seu lado. As salas desenhadas para acomodar sessões de treinamento permitem que o som se espalhe pelo ambiente, de modo que as pessoas na parte posterior possam escutar tão bem quanto as que estão em frente. Isso é possível graças à utilização de materiais absorventes de som de CertainTeed, assim como os painéis perfurados de teto Gyptone Quattro. Além disso, Ecophon® Focus ™ Ds e Solo Hexagon combinam estilo e rendimento no edifício para criar um lugar de trabalho mais silencioso e produtivo. 

© Jeffrey Totaro
© Jeffrey Totaro

3) No interior da sede, foram eleitos vários produtos diferentes para ajudar a empresa a alcançar os objetivos de qualidade ambiental interior e criar um impacto positivo na saúde dos funcionários. O produto Novelio® CleanAir Wallcovering é utilizado em conjunto com Novelio® Mold-X Wallcovering. Novelio® CleanAir Wallcovering e possui a capacidade de captar e neutralizar 70% dos aldeídos prejudiciais e desinfectar o ar, enquanto Novelio® Mold-X Wallcovering conta com um revestimento antimicrobiano que repele ativamente e elimina os fungos e o mofo. O painel de gesso CertainTeed AirRenew® também é utilizado para absorver os compostos orgânicos voláteis (COV), proporcionando uma melhora adicional na qualidade do ar interior. 

© Jeffrey Totaro
© Jeffrey Totaro

Preparando o cenário para futura inovação

O edifício da sede de Saint-Gobain está desenhado para preparar o cenário para futuras inovações. Pela primeira vez, o maior subsidiário da empresa na América do Norte, CertainTeed, possui sua equipe completa integrada com as operações da empresa em uma só localização. A empresa acredita que ao reunir os conhecimentos de marketing a longo prazo com a experiência profunda em vendas e clientes, além de combiná-los com as habilidades de científicos em um único lugar, serão produzidos melhores produtos e soluções para clientes e consumidores. 

O instituto de pesquisa e desenvolvimento —The Malvern Innovation Center— encontra-se adjacente ao edifício administrativo. Aqui, a equipe de pesquisa está trabalhando em um ambiente de "laboratório vivo", onde pode medir diretamente o impacto que possuem suas tecnologias em ambientes laborais. Isso inclui experimentar o conforto e aumento de produtividade em uma sala de conferências acusticamente tratada ou respirar melhor graças a sistemas que purificam o ar. 

© Jeffrey Totaro
© Jeffrey Totaro

De fato, a empresa está colaborando com o Professor Associado Ihab Elzeyadi na Escola de Arquitetura e Artes Aliadas da Universidade de Oregon para estudar como os materiais melhoram o bem-estar dos funcionários. No final de 2017, a empresa compartilhará os resultados de vários estudos que estão ainda em fase de finalização, mas já indicam algum dado positivo, demonstrando que a sede está valendo a pena. Nas primeiras 3 semanas de ocupação, o Centro de Chamadas melhorou sua produtividade em 140% no novo edifício, sem mudanças de horários ou funcionários. Estes, por sua vez, demostraram maiores níveis de energia (atribuído à qualidade do ar e iluminação); maior colaboração, apoio entre colegas, responsabilidade e, inclusive, um maior espírito competitivo (atribuído à planta livre); e demostraram maior foco com menores distrações (atribuído à acústica excepcional). Nas primeiras semanas de ocupação do novo espaço, o Grupo de Apoio de Vendas melhorou seu rendimento de geração de leads em mais de 150%, comparado ao mesmo período em 2014.

A sede demostra o que pode ser o futuro do design do espaço laboral. Para acompanhar esse projeto e conhecer mais sobre o futuro dos espaços de trabalho, visite o site da sede Saint-Gobain na América do Norte: www.livinglaboratory.com.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Sponsored Post
Autor
Cita: Sponsored Post. "Como o maior fabricante de materiais de construção do mundo utilizou seus próprios produtos para criar sua sede central" [How the World's Largest Building Materials Manufacturer Used Its Own Products to Create a World-Class Headquarters for Its Employees] 11 Dez 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Sbeghen Ghisleni, Camila) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/885099/como-o-maior-fabricante-de-materiais-de-construcao-do-mundo-utilizou-seus-proprios-produtos-para-criar-sua-sede-central> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.