O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Artigos
  3. Truus Schröder: permutação, experiência espacial e geometria

Truus Schröder: permutação, experiência espacial e geometria

Truus Schröder: permutação, experiência espacial e geometria
Truus Schröder: permutação, experiência espacial e geometria, Trabalho adaptado de Wikipedia User: Luctor Licensed Under Public Domain. Imagem via Wikipedia User: Massimo Catarinella Licensed under Public Domain
Trabalho adaptado de Wikipedia User: Luctor Licensed Under Public Domain. Imagem via Wikipedia User: Massimo Catarinella Licensed under Public Domain

Arquiteta holandesa, co-autora junto a Gerrit Rietveld da famosa casa Schröder, hoje patrimônio da humanidade.

Geertruida Antonia (Truus) Schröder-Schräger nasceu em Deventer, na região leste dos Países Baixos, em 1889. Interessada nas artes, vinculou-se ao grupo de artistas e arquitetos do movimento De Stijl através de sua irmã An Harrestein, escritora e crítica que vivia em Amsterdã.

Quanto Truus Schrader tornou-se viúva, aos 34 anos, encarregou-se de sua família e começou a busca por uma nova casa. A ideia original era viver em Utrecht por mais seis anos, até que seus filhos terminassem a escola, e depois mudar para Amsterdão.

Truus Schröder encomendou a Rietveld a execução da casa em 1924. Ela gostava de desafiar as convenções da sociedade. Em seus arquivos encontram-se inúmeras anotações sobre o projeto da casa e recortes de artigos sobre temas referentes às últimas novidades no campo da arquitetura, como a cozinha que economiza energia. Um de seus lemas era "o luxo da frugalidade ".

Ainda que não tivesse experiência como arquiteta, tinha clareza de como queria que fosse sua vida. Por exemplo, o espaço comum flexível do pavimento superior foi uma demanda específica dela, já que queria dividir a vida com seus filhos. Isso implicava em uma ruptura frontal com as hierarquias do espaço doméstico tradicional. Seus escritos expressam a necessidade de uma forte relação com o exterior e do contato com a natureza. Isso definiu a localização da casa.

Apenas construída, a casa foi publicada em revistas em toda a Europa e no Japão. Grandes arquitetos como Gropius e Le Corbusier a visitaram. A casa, uma das obras emblemáticas do Movimento Moderno, foi danificada durante a Segunda Guerra Mundial mas posteriormente foi restaurada. Para as reparações na casa, Schröder escolheu o arquiteto Bertus Mulder que havia trabalhado com Rietveld. Hoje, a casa é Patrimônio da Humanidade da Unesco.

A sociedade entre Schröder e Rietveld se manteve com o tempo e eles continuaram colaborando até os anos 40. A construção da casa lhes abriu as portas para que fossem convocados para outros projetos, tanto de mobiliários, quanto de arquitetura.

Em todos os projetos encontramos elementos que apareceram originalmente na primeira obra, a casa Schröder: a geometria simples, os planos de cores e a integração da arquitetura com o mobiliário.

* Texto por Inés Moisset, cortesia de Un Día | Una Arquitecta

Conheça a biografia de Truus Schröder aqui.

Sobre este autor
Cita: Equipo Editorial. "Truus Schröder: permutação, experiência espacial e geometria" [Truus Schröder: permutación, experiencia espacial y geometría] 09 Dez 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/884919/truus-schroder-permutacao-experiencia-espacial-e-geometria> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.