O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Conheça os vencedores do primeiro Prêmio de Arquitetura Africana

Conheça os vencedores do primeiro Prêmio de Arquitetura Africana

Conheça os vencedores do primeiro Prêmio de Arquitetura Africana
Conheça os vencedores do primeiro Prêmio de Arquitetura Africana, Vencedor: Umkhumbane Museum, África do Sul / Choromanski Architects. Cortesia de Africa Architecture Awards
Vencedor: Umkhumbane Museum, África do Sul / Choromanski Architects. Cortesia de Africa Architecture Awards

Os vencedores do prêmio inaugural de arquitetura africana foram anunciados. Estabelecido por St. Gobain com o objetivo de "estimular conversas sobre a arquitetura africana, enquanto ela cimenta seu lugar em um contínuo global", o evento representa o primeiro programa de prêmios pan-africanos desse tipo, com mais de 300 projetos de 32 nações africanas sendo considerados por um painel de direção liderado pelo professor Lesley Lokko, o embaixador Phill Mashabane, o conselheiro Zahira Asmal e o arquiteto David Adjaye.

"Os Prêmios de Arquitetura da África são muito importantes", disse Adjaye. "Agora é o momento de promover a excelência e as melhores práticas no continente. Esse prêmio é particularmente importante porque este é o momento que muito está acontecendo no continente em termos de desenvolvimento, em termos de arquitetura que está sendo produzida".

Vencedor: Umkhumbane Museum, África do Sul / Choromanski Architects. Cortesia de Africa Architecture Awards Vencedor: Umkhumbane Museum, África do Sul / Choromanski Architects. Cortesia de Africa Architecture Awards Vencedor: Umkhumbane Museum, África do Sul / Choromanski Architects. Cortesia de Africa Architecture Awards Conheça os vencedores do primeiro Prêmio de Arquitetura Africana + 14

Uma lista inicial de 21 projetos foi escolhida no início de 2017 pelo júri do concurso, que incluiu os principais arquitetos e acadêmicos africanos, incluindo Anna Abengowe (Nigéria), Guillaume Koffi (Costa do Marfim), o professor Edgar Pieterse (África do Sul), Patti Anahory ( Cabo Verde), Tanzeem Razak (África do Sul) e Phill Mashabane (África do Sul).

A partir desses 21 projetos, os vencedores foram escolhidos em 4 categorias, com um vencedor geral do Grande Prêmio recebendo o primeiro prêmio de US$ 10.000. Veja a lista dos vencedores abaixo.

Vencedor do Prêmio Principal

Museu Umkhumbane, África do Sul / Choromanski Architects

[O Museu Umkhumbane] oferece a oportunidade de uma cultura contemporânea e uma herança poderosa a converger, servindo como ferramenta para a regeneração social, econômica e ecológica. Como parte de uma estratégia urbana mais ampla, procura ativar e conectar vários nós culturais dentro da comunidade de Cato Manor através do envolvimento da comunidade, artistas locais e líderes.

Vencedor: Umkhumbane Museum, África do Sul / Choromanski Architects. Cortesia de Africa Architecture Awards
Vencedor: Umkhumbane Museum, África do Sul / Choromanski Architects. Cortesia de Africa Architecture Awards

A estratégia urbana visa utilizar a tecnologia e o espaço público de forma inovadora para acessar, ligar e aprimorar a cultura, servindo como uma ferramenta para que os membros da comunidade alavanquem na co-criação da Cultura Umkhumbane de hoje. As histórias de Umkhumbane na década de 1940 foram exemplo de diversidade e comunidade durante o apartheid. Cato Manor hoje poderia fornecer histórias muito necessárias de regeneração e reparação na África do Sul.

Vencedor: Umkhumbane Museum, África do Sul / Choromanski Architects. Cortesia de Africa Architecture Awards
Vencedor: Umkhumbane Museum, África do Sul / Choromanski Architects. Cortesia de Africa Architecture Awards

Diálogo Crítico

Forum de Arquitectura / CEICA, Angola

"Fórum de Arquitectura" é um evento anual que acontece em outubro, no coração histórico da cidade de Luanda, na Universidade Lusíada de Angola. Começou em 2006, como parte das atividades do Departamento de Arquitetura e restrita aos seus professores e alunos. Hoje, depois de anos de contínuas batalhas e perseverança, pode-se dizer que é o maior evento acadêmico na região em Angola, que celebra não só a Arquitetura, mas também tudo o que a rodeia. Suscita o debate em várias disciplinas, promove o intercâmbio entre universidades a nível internacional, e desenvolveu, ao longo dos anos, sua própria identidade e estabeleceu uma tradição no mundo acadêmico angolano.

Especulativo

The Territory In-between, Cabo Verde / Guinea’s Aissata Balde, Escola de Arquitetura, Universidade de Joanesburgo

Vivemos em uma era de migrações sem precedentes. De acordo com o UNHCR, o mundo está atualmente experimentando mais deslocamentos humanos e migrações do que após a Primeira Guerra Mundial. Este projeto explora a interação entre espaços físicos e imaginários, através da fluidez e a estanquidade da mobilidade humana em Cabo Verde de maneiras que nos permitem repensar nossos modos de entender o estado, limites e espaço.

Cortesia de Africa Architecture Awards
Cortesia de Africa Architecture Awards

Vozes Emergentes

O Consulado das trocas: Passaportes de Negociação para Enclaves Econômicos Hiper-Performativos,  África do Sul / Estudante nigeriana Ogundare Olawale Israel da Escola Superior de Arquitetura da Universidade de Joanesburgo

Localizado no centro de negócios da cidade de Joanesburgo e conhecido apenas por pessoas da elite, considerados como "estranhos ou viajantes", é uma arquitetura escondida criada por enclaves econômicos para residentes "informais" da cidade, incluindo migrantes estrangeiros. Esses enclaves são atividades organizadas, conduzida por grupos minoritários, a fim de manter limites fortes e um senso de identidade dentro dos lugares que eles se encontram. Através desses enclaves, os migrantes na cidade de Joanesburgo podem acessar e obter benefícios sociais e econômicos que sustentam sua permanência dentro da cidade.

Nesse sentido, descobrimos a existência de uma "nova" forma de "passaporte" que determina quando e como os enclaves da cidade de Joanesburgo são acessados por migrantes. Estes passaportes estão em formas diferentes, desde o grupo ético até a linguagem, às crenças culturais e ao vestuário. Por via de aparência, um morador urbano migrante, por exemplo, pode ter acesso a oportunidades de trabalho dentro de um determinado espaço na cidade. Este acesso vem por meio de identidade, aceitação e um sentimento de pertencimento para o migrante, e confiança e confiabilidade para aqueles que oferecem a oportunidade. Portanto, achamos que o vestuário é um dos muitos passaportes usados por aqueles que de outra forma eram considerados "estranhos".

Cortesia de Africa Architecture Awards
Cortesia de Africa Architecture Awards

"Embora esta seja apenas a primeira edição do Africa Architecture Awards, acreditamos ter capturado um momento incrível no tempo para a arquitetura pan-africana", comentou o MD da filial da Saint-Gobain, Evan Lockhart-Barker. "Tendo lançado os primeiros prêmios desse tipo, vimos a incrível resposta dos arquitetos que trabalham em todo o continente. Os valores e as aspirações exibidos nos prêmios levaram a uma visão incrível sobre o continente e seus modos de mudança de forma ".

"No entanto, ainda temos um caminho a trilhar para escrever nossa própria história sobre arquitetura e seu papel aqui. A África está realmente aumentando... mas devido ao desenvolvimento do continente e às complexas identidades regionais, já aprendemos que o nosso programa de premiação exige ainda mais diversidade para capturar a África e todos os seus espectros. Olhamos para futuras edições dos prêmios para conseguir isso ".

Mais informações sobre os prêmios podem ser encontradas no site oficial, aqui.

Notícia e descrições dos projetos via African Architecture Awards

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Patrick Lynch
Autor
Cita: Lynch, Patrick. "Conheça os vencedores do primeiro Prêmio de Arquitetura Africana" [Winners of First-Ever Africa Architecture Awards Announced] 17 Out 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/881783/conheca-os-vencedores-do-primeiro-premio-de-arquitetura-africana> ISSN 0719-8906