O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Estudantes brasileiros recebem 3º lugar no concurso de ideias Archicontest PORTO CALL

Estudantes brasileiros recebem 3º lugar no concurso de ideias Archicontest PORTO CALL

Estudantes brasileiros recebem 3º lugar no concurso de ideias Archicontest PORTO CALL
Estudantes brasileiros recebem 3º lugar no concurso de ideias Archicontest PORTO CALL, Cortesia de Guilherme Cunha, Igor Antônio Ferreira, Raphael Matta e Roger Peicho
Cortesia de Guilherme Cunha, Igor Antônio Ferreira, Raphael Matta e Roger Peicho

O portal Archicontest divulgou o resultado de mais um concurso de ideias para estudantes, dessa vez para a Cidade do Porto, em Portugal, propondo uma Escola de Artes. A equipe formada por Guilherme Cunha(UFRJ), Igor Ferreira(UFRJ), Roger Peicho(UFRJ) e Raphael Matta (Universidade Santa Úrsula) ficou com a terceira colocação. O primeiro prêmio foi para Ekaterina Maximova, da Rússia, e o segundo para o uruguaio Oscar Moreira. Segundo Archicontest, "A arte, a história e as tradições locais são o terreno ideal para a nova Escola de Artes, que se tornará um elemento de renovação da cidade histórica. Colocar perto da Escola de fotografia existente deve desenhar uma pequena cidadela cultural no antigo centro do Porto. Workshops e exposições tornarão o lugar um site de atração capaz de transformar instâncias do passado em sinais contemporâneos."

Conheça o projeto dos brasileiros a seguir:

Descrição dos autores.

Artes não têm um só propósito.

Às vezes tentam evocar emoções, outras focam só no processo em si. Talvez o que todas tenham em comum seja a multiplicidade de formas que podem ser criadas.

Logo, Axis é o lugar onde essas diferentes direções se cruzam, um espaço onde o encontro de diferentes pessoas é possível e a troca de idéias é estimulada. A flexibilidade e a dissolução dos limites entre as áreas torna capaz a coexistência de atividades plurais.

Cortesia de Guilherme Cunha, Igor Antônio Ferreira, Raphael Matta e Roger Peicho
Cortesia de Guilherme Cunha, Igor Antônio Ferreira, Raphael Matta e Roger Peicho

Localizado no Largo Amor de Perdição, no centro da cidade do Porto em frente à Torre dos Clérigos, o projeto dialoga com a Praça Lisboa, com seus terraços angulados e com o Jardim da Cordoaria. A idéia é a de construir um recinto urbano onde as rampas possam ser usadas como oportunidades de mirantes para o entorno.

Cortesia de Guilherme Cunha, Igor Antônio Ferreira, Raphael Matta e Roger Peicho
Cortesia de Guilherme Cunha, Igor Antônio Ferreira, Raphael Matta e Roger Peicho

O edifício se aloja no subsolo para manter a vitalidade urbana do lugar. Essa postura mantém as visuais da Escola de Fotografia e permite um térreo público livre e contínuo. Para criar um nível ativo, as lajes de cobertura foram inclinadas, o que também aumenta as fenestrações, permitindo maior iluminação dos espaços internos.

As rampas fazem uma alusão à topografia da cidade e fazem o chão do Largo Amor da Perdição mais dinâmico. Especificamente na cobertura do auditório, a textura transita para uma grama fofa. Isso, juntamente de seu ângulo mais agudo, promove uma área mais calma, em contraste com o largo mais ativo. Além disso, os planos inclinados funcionam como uma extensão do chão público, conectando suavemente ao coração da Escola de Artes através de uma grande rampa.

A permeabilidade visual por todo o edifício permite que os usuários o explorem de forma integral. A clara conexão dos espaços e sua adaptabilidade permitem diferentes usos possíveis. Por exemplo, o restaurante se abre para a principal rampa de acesso, provendo espaços sentáveis, assim como a escada de acesso no eixo principal, que pode ser usada como um arquibancada para eventos e aulas externas.

Cortesia de Guilherme Cunha, Igor Antônio Ferreira, Raphael Matta e Roger Peicho
Cortesia de Guilherme Cunha, Igor Antônio Ferreira, Raphael Matta e Roger Peicho

Se desenvolvendo em dois níveis enterrados, algumas das áreas possuem pé direito duplo, permitindo maior fluidez e conexão espacial entre as áreas da escola. Essa estratégia encoraja os usuários a dialogarem e se sentirem participantes das atividades da escola. Ainda mais, isso permite os visitantes a acompanharem a produção de arte e fazerem parte de seu processo criativo.

O resultado é a criação de espaços onde uma diversa gama de pessoas possam se encontrar e conectar.

Equipe: Estudantes de Arquitetura e Urbanismo Guilherme Cunha(UFRJ), Igor Ferreira(UFRJ), Roger Peicho(UFRJ) e Raphael Matta (Universidade Santa Úrsula)
Localização: Largo Amor de Perdição, Porto, Portugal
Ano: 2017
Área total: 3420 m²

Equipe de estudantes brasileiras vence concurso para Escola de Artesãos em Veneza

Archicontest divulgou recentemente o resultado de seu concurso Venice: Artisan School, que propunha uma Escola de Artesãos para a Cidade de Veneza, como um laboratório onde treinar os professores do futuro. Segundo o edital, ao localizar um edifício de arquitetura contemporânea no coração do centro histórico, isso poderia criar uma ponte ideal entre o passado e o presente.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Cita: Eduardo Souza. "Estudantes brasileiros recebem 3º lugar no concurso de ideias Archicontest PORTO CALL" 26 Ago 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/878473/estudantes-brasileiros-recebem-3o-lugar-no-concurso-de-ideias-archicontest-porto-call> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.