O site de arquitetura mais visitado do mundo
Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
  1. ArchDaily
  2. Notícias de Arquitetura
  3. Estudo mostra como Andrea Palladio (provavelmente) se parecia

Estudo mostra como Andrea Palladio (provavelmente) se parecia

Estudo mostra como Andrea Palladio (provavelmente) se parecia
Estudo mostra como Andrea Palladio (provavelmente) se parecia, À esquerda: retrato aparentemente preciso de Palladio comprado em uma loja de antiguidades de Nova Jersey, EUA. À direita: retrato aparentemente preciso de Palladio em uma coleção particular em Moscou, Rússia. Imagem via The New York Times / Palladio Museum
À esquerda: retrato aparentemente preciso de Palladio comprado em uma loja de antiguidades de Nova Jersey, EUA. À direita: retrato aparentemente preciso de Palladio em uma coleção particular em Moscou, Rússia. Imagem via The New York Times / Palladio Museum

Na cultura de narcisismos e celebridades de hoje, espera-se que cada nome tenha um rosto. Mesmo na Europa do século XVI, a grande maioria das pessoas notáveis tinha um retrato de si mesma pintado e exibido para a posteridade - exceto os arquitetos, ao que parece. Tomemos, por exemplo, Andrea Palladio (1508-1580) - figura de frente do renascimento e auto do tratado Os Quatro Livros da Arquitetura. Ninguém sabia como era o rosto deste importante arquiteto, isto é, não havia nenhum retrato "oficial" de Palladio... até recentemente.

Com pouca ou nenhuma evidência empírica de que Palladio tenha sido particularmente avesso a sentar-se para que pintassem um retrato seu, a falta de qualquer descrição inequívoca do homem vem sendo investigada há séculos. Uma gravura "falsa" foi feita na Grã-Bretanha no século XVIII, enquanto que uma versão italiana foi apresentada como a original. De acordo com Fabrizio Magani, funcionário do Ministério da Cultura em Vicenza, "havia dois mundos, um britânico, um italiano, e cada um tinha seu próprio rosto de Palladio".

De acordo com o New York Times, uma equipe de arquitetos italianos, historiadores de arte e investigadores podem ter finalmente colocado um ponto final no debate. Após um estudo de dois anos "que resultou no exame de diagnóstico e forense de uma dúzia de supostos retratos de Palladio, a equipe encontrou duas pistas positivas". Um retrato mantido em sigilo em Moscou, Rússia, e outro -- também privado -- "comprado em uma loja de antiguidades de Nova Jersey." As técnicas forenses empregadas foram utilizadas para comparar os traços faciais, a fim de determinar se as pinturas "retratavam a mesma pessoa". Eles também usaram técnicas de progressão da idade, tipicamente usadas para identificar criminosos, para saber se o retrato britânico do jovem Palladio ficaria plausível quando o artista envelhecesse."

Leia a matéria completa, aqui.

Via The New York Times.

Sobre este autor
Cita: AD Editorial Team. "Estudo mostra como Andrea Palladio (provavelmente) se parecia" [Study Determines That This is (Probably) What Andrea Palladio Looked Like] 13 Mai 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/871008/estudo-mostra-como-andrea-palladio-provavelmente-se-parecia> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.