1º Lugar no Concurso Parques Central e Sul de Águas Claras - DF

1º Lugar no Concurso Parques Central e Sul de Águas Claras - DF

Promovido pela Companhia Imobiliária de Brasília - TERRACAP, e organizado pelo Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento do Distrito Federal – IAB/DF, o resultado do Concurso Público Nacional de Projetos de Arquitetura e Paisagismo para os Parques Central e Sul de Águas Claras, teve seu resultado divulgado recentemente.

O objetivo do concurso foi a seleção da melhor proposta para os parques Central e Sul de Águas Claras no Distrito Federal, visando a contratação da equipe técnica responsável pelo projeto vencedor, que desenvolverá o Anteprojeto, o Projeto Legal e o Projeto Executivo de Arquitetura, Paisagismo e Complementares. 

A comissão julgadora do concurso foi composta por Rosa Grena Kliass, Leandro Rodolfo Schenk, Raul Pereira, Bianca Ilha Pereira e Patrícia Veiga Fleury de Matos. Conheça, a seguir, o projeto vencedor do concurso, desenvolvido pelo escritório de arquitetura Sidonio Porto Arquitetos Associados:

Memorial do Projeto

O partido para os Parques Central e Sul de Águas Claras é definido, prioritariamente, pela via que liga a Estação Águas Claras do Metrô, a oeste, ao Parque Ecológico Águas Claras, ao norte, e ainda, a mesma estação ao Parque Sul através de duas alamedas. Além dos benefícios advindos desta interligação, há aqui mais um dado estrutural do partido: a unificação das quadras que compõem o Parque Central sendo que permanecem as vias do sistema viário local. A unificação do Parque Central e sua integração ao Parque Sul são feitas por duas vertentes: física e biótica.

Cortesia de SPAA

Vertente Física: através do eixo de circulação e suas vias secundárias; das calçadas alargadas no entorno das quadras; dos blocos arquitetônicos, modulares e componíveis e das soluções espaciais e de mobiliário comuns aos dois parques.

Vertente Biótica: pelo emprego sistemático de solo e vegetação de cerrado mesclada por exemplares arbóreos da Mata Atlântica, já presentes no contexto.

A convergência destas vertentes resultou em um “continuum paisagístico” cuja leitura, pelo usuário, leva à identificação do espaço que percorre, usufrui e contempla como um território de fisionomia única.

1º Lugar no Concurso Parques Central e Sul de Águas Claras - DF  - Orla, Jardim
Cortesia de SPAA

O eixo de circulação, elemento de ligação de todas as quadras, tem forte presença no conjunto paisagístico e se desenvolve ao longo de todo o Parque. Contém pistas para pedestres e ciclistas separadas por uma faixa verde de largura variável. Do eixo partem acessos aos espaços de estar. O piso será em saibro se utilizando pedras do local.

As passarelas de ligação sobre as linhas do Metrô têm desenho que busca leveza e estética e se destacam de forma emblemática no Parque. Poderão ser executadas em concreto armado protendido ou em aço cortain.

1º Lugar no Concurso Parques Central e Sul de Águas Claras - DF  - Jardim
Cortesia de SPAA

Às calçadas existentes acrescentamos faixas de 2,00 metros de largura pavimentadas com piso drenante e subtraídas aos perímetros das áreas destinadas aos parques. Com isso alteramos o padrão das calçadas que agora recebem árvores de sombra e permitem livres e agradáveis passeios se transformando em verdadeira “promenade” de integração dos parques com o sistema viário existente.

Os edifícios que comporão o programa de necessidades fazem contraponto com as áreas verdes e de lazer por sua geometria e contraste formal com o entorno arquitetônico. Construtivamente serão constituídos por módulos pré-fabricados, simplesmente montados no local, visando rapidez de execução e economia de custos e manutenção. Poderá ser utilizado um sistema de painéis pré-fabricados em concreto ou executados em chapas metálicas de vedação, providas de isolação térmica e acústica sobre estruturas de aço.

1º Lugar no Concurso Parques Central e Sul de Águas Claras - DF  - Imagem 4 de 19
Cortesia de SPAA

Todos os projetos terão modulação construtiva de 1,25 metros e contemplam conceitos de ecoeficiência: utilização de placas fotovoltaicas nas coberturas, captação de água para reuso, ventilação cruzada e elementos de isolação para conforto interno e economia de energia. Os módulos serão agrupados de forma flexível, em conjuntos de atendimento ao público e ao programa específico e demandas de cada área.

O conjunto de todas as soluções apresentadas levaram em consideração os custos previstos no Edital, visando a viabilidade da obra. Sendo assim, o projeto permite uma conveniente execução por etapas. 

Resultado do Concurso Parques Central e Sul de Águas Claras - DF

A Companhia Imobiliária de Brasília - TERRACAP, como entidade promotora e o Instituto de Arquitetos do Brasil - Departamento do Distrito Federal -...

  • Arquitetos

  • Arquiteta Responsável

    Lucia Toffolo de Macedo Porto
  • Co-autores

    Sidney Linhares e Sidonio Porto
  • Equipe

    Larissa Anibal, Tomaz Cabrera, Marcio Porto, Tânia Rodriguez, Gabriel Farias, Daniele Purper, Elizabeth Cohen, Elaine Biella, Pedro Badra e Flávio D'Alambert
  • Área

    182247.0 m2
  • Ano do projeto

    2017
  • Fotografias

Galeria do Projeto

Ver tudoMostrar menos
Sobre este escritório
Cita: Eduardo Souza. "1º Lugar no Concurso Parques Central e Sul de Águas Claras - DF " 09 Mai 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/870874/1o-lugar-no-concurso-parques-central-e-sul-de-aguas-claras-df> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.