O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. De super-heróis a super materiais: Cinco materiais com poder de mudar o mundo

De super-heróis a super materiais: Cinco materiais com poder de mudar o mundo

De super-heróis a super materiais: Cinco materiais com poder de mudar o mundo
De super-heróis a super materiais: Cinco materiais com poder de mudar o mundo, Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs
Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs

O que está por trás de nossa obsessão com os super-heróis, desde os quadrinhos da Marvel e DC comics para a TV e filmes, às mais excêntricas séries no Netflix, como Sens8, de Wachowski, ou o super-natural cósmico de The OA? Críticos vêem o super-herói clássico expressar o desejo de restabelecer a ordem em face ao caos (Batman / Coringa), mas alguns de nossos super-heróis mais recentes abordam o poder da mudança, de refazer o mundo através de uma espécie de "super-empatia". O poder do super-herói representado como um grupo excêntrico de pessoas reescalando com novas forças e energias - pense a aeróbica-física de The OA que inventa e projeta um novo corpo coletivo e os super poderes e superação transcultural / trans-temporal de Sens8.

Algo dessa capacidade sobrenatural da nova onda de super-heróis é tangível na exposição SuperMaterial, no The Building Centre, Londres. Trata-se de materiais e do ambiente construído, e como estes super materiais irão transformar radicalmente nossa relação com o mundo que nos rodeia através de super poderes de empatia material, seja adaptando-se e mudando com o ambiente, ou sendo tão eficientes para produzirem-se e reciclarem-se, diminuindo a necessidade de resíduos e extração de recursos.

Como aponta o curador da exposição SuperMaterial, Lewis Blackwell, "estamos entrando numa era de mudanças rápidas no modo como os edifícios funcionam. Estes novos materiais e processos podem nos proporcionar edifícios com peles vivas, limpar o ambiente e até mesmo gerar alimentos e energia para si e para nós". Esses novos materiais amplificam o fluxo da vida, criam e não destroem, operam dentro de uma visão ecológica e econômica mais ampla do planeta, em vez de fornecer soluções limitadas a curto prazo.

Estamos vendo cada vez mais o impacto do "antropoceno" - nome dado ao período em que os seres humanos tiveram um impacto na geologia e no ecossistema terrestre (ver entrevista com Jan Zalasiewicz e Mark Williams, professores de paleobiologia na Universidade de Leicester). Precisaremos de super materiais, bem como super-heróis, para ajudar a tornar a ecologia do planeta sustentável para todos os seres vivos.

Há alguns exemplos espetaculares de materiais muito antigos sendo reconfigurados de formas além das capacidades humanas tradicionais - como as grutas de Michael Hansmeyer e Benjamin Dillenburger, um exemplo do que eles chamam de "Grotesco Digital", formas incrivelmente ornamentadas de arenito impresso em 3D, que realmente precisam ser apreciados por sua composição incrivelmente delicada de massa bruta.

E a mesa de pedra criada por Webb Yates Engineers e Interrobang (com The Stonemasonry Company e Artisteel Ltd), que parece estar flutuando. A engenharia sofisticada significa que as lajes de pedra são simplesmente presas juntas, resultando em estruturas finas que utilizam menos da metade da energia incorporada e menos de um quarto do carbono, de concreto armado (veja a tabela no primeiro plano da imagem abaixo).

Então, aqui estão cinco super materiais da extensa exposição no The Building Centre, que possuem super poderes que mereceriam o seu próprio programa de TV...

1. Concreto bio-receptivo

Temos noção do quão poluídas estão as nossas cidades - mas sabemos realmente? Em 2017, levou apenas cinco dias para Londres exceder seu limite anual de poluição do ar. Criado pelo Laboratório BiotA, na  Bartlett School of Architecture, University College London, esse concreto permite hospedar micro-organismos e nutrir a bio-colonização.

Super poder: Os organismos que crescem no concreto produzem oxigênio e absorvem CO2 e poluição.

Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs
Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs

2.  Chapas de casca de coco

A grande coisa sobre a exposição SuperMaterial é que demonstra que os super poderes podem emergir como uma tartaruga que ganha a corrida. Pegue uma humilde casca de coco, 60 bilhões delas são descartadas pela indústria de alimentos a cada ano - o que é um desperdício ambientalmente caro. Não mais.

Super poder: O alto conteúdo de lignina da casca significa que ele pode ser ligado em placas incrivelmente fortes (feita pela GoodHout, Delft) sem a necessidade de colas. A falta de cola significa que pode ser totalmente reciclado e diminuir a demanda de madeira e de desmatamento de florestas.

Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs
Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs

3. Nano fibras de celulose 

Você tem um contador de passos no seu telefone? No futuro não muito distante, você poderá estar contando a eletricidade gerada em sua casa.

Super poder: Inventado por Xudong Wang e Chunhua Yao na Universidade de Wisconsin-Madison, esse piso feito de camadas de celulose gera eletricidade a partir dos passos.

Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs
Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs

4. Espuma de alumínio

"É uma esponja? É espuma? Não, é alumínio feito pela injeção de ar em metal derretido!" O processo significa que ele tem um elevado peso para sua relação de força e tem sido usado como revestimento externo e interno em grandes projetos como a Fondazione Prada em Milão.

Super poder: Feita pela Cymat Technologies, o metal é totalmente reciclável e fabricado a partir de 50% de materiais reciclados.

Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs
Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs

5. Micro alga

Todas aquelas algas nos nossos canais e vias navegáveis estavam aguardando Urban Morphogenesis Lab, na The Bartlett, UCL. As algas são colhidas e cultivadas, a celulose microbiana derivada das algas pode ser produzida num processo de fermentação que metaboliza resíduos orgânicos e poluentes do ar, em estruturas em camadas. A alga colhida também pode ser usada para produzir bioplástico.

Super poder: Imagine que você se preocupa com o meio ambiente e não tem que esperar, batendo os dedos na mesa por 200 anos, enquanto o seu plástico convencional à base de petróleo é biodegradado. Este bioplástico degrada-se rapidamente em seis meses.

Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs
Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs

SuperMaterial está em exposição atualmente no The Building Centre, em Store Street, Londres. Veja online aqui.

Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs
Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs
Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs
Cortesia de The Built Environment Trust. Imagem © Chris Tubbs

* John O'Reilly é Editor Executivo da BE: revista da The Built Environment Trust, disponível online e em livrarias. Materiais adicionais foram fornecidos por Harriet Jennings, Editor Assistente, a partir de Incomplete Primer on SuperMaterial, na nova edição, disponível agora.

Cita: O'Reilly, John. "De super-heróis a super materiais: Cinco materiais com poder de mudar o mundo" [From Superheroes To SuperMaterials: Five Super Materials With The Power To Change Our World] 26 Abr 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/869932/de-super-herois-a-super-materiais-cinco-materiais-com-poder-de-mudar-o-mundo> ISSN 0719-8906