O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. 8 Projetos que estão transformando a arquitetura universitária na Colômbia

8 Projetos que estão transformando a arquitetura universitária na Colômbia

8 Projetos que estão transformando a arquitetura universitária na Colômbia
8 Projetos que estão transformando a arquitetura universitária na Colômbia, 8 Projetos que estão transformando a arquitetura universitária na Colômbia. Imagem
8 Projetos que estão transformando a arquitetura universitária na Colômbia. Imagem

A arquitetura universitária caracterizou-se por definições estéticas, como resultado de construções históricas, sociais e acadêmicas em um espaço temporal específico. O espaço universitário compreendido conceitualmente como uma unidade morfológica, ou uma tipologia generalizada, definiria o traçado urbano do campus e a identidade de suas construções até o fim da modernidade.

A seguir apresentamos 8 projetos de arquitetura universitária que transformaram a concepção do espaço acadêmico na Colômbia de maneira objetiva, técnica e propositiva, gerando espaços e modelos pedagógicos adaptados a uma realidade onde o academicismo encontra-se em um estado de experimentação e constante mudança.

Faculdade de Artes Pontifícia Universidade Javeriana / La Rotta Arquitectos. Imagem © Jairo Llano Escola Internacional de Desenho e Comércio Lasalle College / MRV arquitectos + NOAH arquitectura. Imagem © Jairo Llano EDIFÍCIO TX / MGP Arquitectura y Urbanismo. Imagem © Rodrigo Dávila Universidade EAN / Daniel Bonilla + Marcela Albornoz. Imagem © Rodrigo Dávila + 41

Históricamente a universidades como espaço multi-conceitual surgira como resposta à busca por uma nova identidade influenciada pela cobertura midiática da disciplina e das paisagens de referência global. A inauguração de novos universos como edifícios especializados dentro dos campus, a diversidade cultural de seus ocupantes e a necessidade dos centros de conhecimento de racionalizar sua infraestrutura com as transformações sociais, impulsionaram a promoção de arquiteturas universitárias definidas como fábricas sociais e nós educativos, não apenas com a responsabilidade de abrigar espaços acadêmicos, mas também sendo uma de suas funções e resolver a convergência de múltiplas dinâmicas presentes nos campus contemporâneos. 

Edifício da Faculdade de Enfermaria da Universidade Nacional da Colômbia / Leonardo Álvarez Yepes
Bogotá

Edifício Faculdade de Enfermaria Universidade Nacional da Colômbia / Leonardo Álvarez Yepes. Imagem © Rodrigo Dávila
Edifício Faculdade de Enfermaria Universidade Nacional da Colômbia / Leonardo Álvarez Yepes. Imagem © Rodrigo Dávila

Edifício Faculdade de Enfermaria Universidade Nacional da Colômbia / Leonardo Álvarez Yepes. Imagem © Rodrigo Dávila Edifício Faculdade de Enfermaria Universidade Nacional da Colômbia / Leonardo Álvarez Yepes. Imagem © Rodrigo Dávila Edifício Faculdade de Enfermaria Universidade Nacional da Colômbia / Leonardo Álvarez Yepes. Imagem © Rodrigo Dávila Edifício Faculdade de Enfermaria Universidade Nacional da Colômbia / Leonardo Álvarez Yepes. Imagem © Rodrigo Dávila + 41

Descrição dos arquitetos. A decisão de levantar o projeto da superfície do solo e dispor a menor quantidade de elementos estruturais permite um máximo de relações visuais e atende às conexões urbanas com as diversas áreas livres do campus. Esta condição é acentuada ao inclinar a laje do segundo pavimento, desligando o edifício da relação horizontal em do solo e evitando a superposição visual com o edifício da Faculdade de Direito e Ciências Políticas quando se faz um percurso processional disposto por Leopoldo Rother.

Ao aproximar-se do projeto, o plano inclinado permite comprimir o espaço de acesso e abrir a visual para a paisagem. Ao subir as escadas, inicia-se um percurso longitudinal tensionando as visuais para a paisagem próxima e distante. Na cobertura os três pátios abertos constituem um ambiente austero e passivo, animado pela presença dos morros na parte leste da cidade.

Edifício de Química e Engenharia Química Universidade Nacional da Colômbia sede Manizales / José Fernando Muñoz Robledo
Manizales

Edificio de Química e Ingeniería Química  Universidad Nacional de Colombia sede Manizales / José Fernando Muñoz Robledo. Image Cortesía de Universidad Nacional de Colombia
Edificio de Química e Ingeniería Química Universidad Nacional de Colombia sede Manizales / José Fernando Muñoz Robledo. Image Cortesía de Universidad Nacional de Colombia

Edificio de Química e Ingeniería Química  Universidad Nacional de Colombia sede Manizales / José Fernando Muñoz Robledo. Image Cortesía de Universidad Nacional de Colombia Edificio de Química e Ingeniería Química  Universidad Nacional de Colombia sede Manizales / José Fernando Muñoz Robledo. Image Cortesía de Universidad Nacional de Colombia Edificio de Química e Ingeniería Química  Universidad Nacional de Colombia sede Manizales / José Fernando Muñoz Robledo. Image Cortesía de Universidad Nacional de Colombia Edificio de Química e Ingeniería Química  Universidad Nacional de Colombia sede Manizales / José Fernando Muñoz Robledo. Image Cortesía de Universidad Nacional de Colombia + 41

Descrição dos arquitetos. A materialização deste projeto é resultado do “Plano Diretor Campus la Nubia”, o qual permitiu melhorar, organizar e controlar um crescimento ordenado, de acordo com as necessidades e projeções futuras no âmbito acadêmico e missionário da Universidade.

O edifício foi projetado baseado em uma metodologia de desenho participativo; como uma construção contemporánea, com a inclusão de parâmetros de última tecnologia, com excelentes características arquitetônicas e bioclimáticas de conforto, para receber e interconectar 27 laboratórios, transformando-o em um polo promissor para o desenvolvimento da pesquisa.

Edifício Julio Mario Santo Domingo, Universidade de los Andes / Daniel Bonilla Arquitectos
Bogotá

Edifício Julio Mario Santo Domingo, Universidade de los Andes / Daniel Bonilla Arquitectos. Imagem © Andrés Arenas
Edifício Julio Mario Santo Domingo, Universidade de los Andes / Daniel Bonilla Arquitectos. Imagem © Andrés Arenas

Edifício Julio Mario Santo Domingo, Universidade de los Andes / Daniel Bonilla Arquitectos. Imagem © Rodrigo Dávila Edifício Julio Mario Santo Domingo, Universidade de los Andes / Daniel Bonilla Arquitectos. Imagem © Andrés Arenas Edifício Julio Mario Santo Domingo, Universidade de los Andes / Daniel Bonilla Arquitectos. Imagem © Rodrigo Dávila Edifício Julio Mario Santo Domingo, Universidade de los Andes / Daniel Bonilla Arquitectos. Imagem © Rodrigo Dávila + 41

Descrição dos arquitetos. A pequena praça de entrada como elemento articulador é a semente de uma estrutura de espaço público. O embasamento transparente permite a relação do pedestre com a galeria polivalente do primeiro pavimento. O volume foi proposto como um prisma que abriga, com fluidez, a diversidade operacional de suas funções.

Devido à complexidade do programa arquitetônico (estacionamentos, galeria, salas de aula, oficinas, biblioteca, restaurante) e o impacto que poderia gerar a presença de sete pavimentos de estacionamento em altura, optou-se por uma solução de fachada que dignificasse por igual todas as atividades e que interagisse apropriadamente com cada uma delas. A pele envolvente foi pensada, portanto, como uma solução dupla com duas faces em um sistema progressivo de módulos “cheios” e “vazios”. Nesse caso, o “cheio” caracteriza-se com vidro opala e o “vazio” por persianas de alumínio. As outras fachadas, devido à grande massa fechada decorrente da demanda estrurual, foram pensadas como um grande plano interrompido por janelas circulares controladas.

Faculdade de Artes Pontifícia Universidade Javeriana / La Rotta Arquitectos
Bogotá

Faculdade de Artes Pontifícia Universidade Javeriana / La Rotta Arquitectos. Imagem © Jairo Llano
Faculdade de Artes Pontifícia Universidade Javeriana / La Rotta Arquitectos. Imagem © Jairo Llano

Faculdade de Artes Pontifícia Universidade Javeriana / La Rotta Arquitectos. Imagem © Jairo Llano Faculdade de Artes Pontifícia Universidade Javeriana / La Rotta Arquitectos. Imagem © Jairo Llano Faculdade de Artes Pontifícia Universidade Javeriana / La Rotta Arquitectos. Imagem © Jairo Llano Faculdade de Artes Pontifícia Universidade Javeriana / La Rotta Arquitectos. Imagem © Jairo Llano + 41

A Pontifícia Universidade Javeriana, no centro de um ambicioso plano diretor, tem realizado uma série de concursos arquitetônicos com o objetivo de impulsionar seu desenvolvimento urbanístico e arquitetônico para os próximos 20 anos dentro de um espírito de alta qualidade criativa, espacial e tecnológica. O edifício Gerardo Arango S.J., sede da Faculdade de Artes, foi o primeiro dentro dessa série de edifícios elaborados por concursos, e, como tal, tinha como objetivo representar, em sua localização e construção, estes novos valores que a universidade visava projetar em relação à cidade e ao país.

Para tal objetivo, elegeu-se a borda sul do campus da universidade que encontra-se em direta relação com o Parque Nacional Enrique Olava Herrera. Desde muito cedo, o projeto assumiu como seu maior atrativo, essa localização privilegiada, e apresentou-se ao concurso como a nova porta de entrada para a universidade, que se abriria para a cidade através do parque, gerando novos papéis para a universidade como uma instituição aberta e altamente ativa nas dinâmicas de Bogotá.

Centro de Inovação Argos Universidade EAFIT / Lorenzo Castro
Medellín

Centro de Inovação Argos Universidade EAFIT / Lorenzo Castro . Imagem © Teodoro Posada
Centro de Inovação Argos Universidade EAFIT / Lorenzo Castro . Imagem © Teodoro Posada

Centro de Inovação Argos Universidade EAFIT / Lorenzo Castro . Imagem © Teodoro Posada Centro de Inovação Argos Universidade EAFIT / Lorenzo Castro . Imagem © Teodoro Posada Centro de Inovação Argos Universidade EAFIT / Lorenzo Castro . Imagem © Teodoro Posada Centro de Inovação Argos Universidade EAFIT / Lorenzo Castro . Imagem © Teodoro Posada + 41

Por motivos de sua inauguração, visitamos em 2015 esse novo projeto no campus da Universidade EAFIT em Medellín. Um projeto desenvolvido graças a um convênio de cooperação entre ambas entidades, com a ideia de criar um local para pesquisa aplicada e inovação aberta, que pudesse contribuir com o desenvolvimento tecnológico da indústria do cimento, do concreto, e da construção de forma mais ampla.

Depois de ganhar o concurso privado de desenho em 2013, o projeto de Lorenzo Castro e sua equipe (Castro Arquitetos) consegue exibir as diversas possibilidades do concreto em duas expressivas fachadas, como material de altas qualidades estéticas, valendo-se, nesse momento, da mais avançada tecnologia e dos mais impecáveis acabamentos.

Escola Internacional de Desenho e Comércio Lasalle College / MRV arquitectos + NOAH arquitectura
Bogotá

Escola Internacional de Desenho e Comércio Lasalle College / MRV arquitectos + NOAH arquitectura. Imagem © Jairo Llano
Escola Internacional de Desenho e Comércio Lasalle College / MRV arquitectos + NOAH arquitectura. Imagem © Jairo Llano

Escola Internacional de Desenho e Comércio Lasalle College / MRV arquitectos + NOAH arquitectura. Imagem © Jairo Llano Escola Internacional de Desenho e Comércio Lasalle College / MRV arquitectos + NOAH arquitectura. Imagem © Jairo Llano Escola Internacional de Desenho e Comércio Lasalle College / MRV arquitectos + NOAH arquitectura. Imagem © Jairo Llano Escola Internacional de Desenho e Comércio Lasalle College / MRV arquitectos + NOAH arquitectura. Imagem © Jairo Llano + 41

Descrição dos arquitetos. Localizado na borda externa da zona rosa, muito próxima às áreas residenciais mais caras de Bogotá, este setor do bairro El Lago, está emergindo e mudando de um modo de vida muito deteriorado e abandonado, para outro, mais impulsionado, por universidades e escolas que apostaram em uma renovação urbana na região.

O edifício consolida um campus disperso em casas do bairro, buscando evocar ao máximo a ideia de um espaço público - universitário- que recorra ao edifício de fora e através de um primeiro pavimento muito aberto, com várias entradas e usos que dinamizam as ruas, com um percurso semi-público que traspassa e percorre entre: janelas, varandas, recintos, corredores com muitas escadas - Escher - com diferentes formas de percorrer e viver o edifício, ativando, não só a vida exterior-interior, mas também promovendo o aprendizado não formal, o intercâmbio acadêmico e cultural entre os cursos. O percurso termina, ou volta ao início, em um grande terraço-jardim e solário com grandes vistas para a cidade.

EDIFÍCIO TX / MGP Arquitectura y UrbanismoBogotá

EDIFÍCIO TX / MGP Arquitectura y Urbanismo. Imagem © Rodrigo Dávila
EDIFÍCIO TX / MGP Arquitectura y Urbanismo. Imagem © Rodrigo Dávila

EDIFÍCIO TX / MGP Arquitectura y Urbanismo. Imagem via MEAT EDIFÍCIO TX / MGP Arquitectura y Urbanismo. Imagem © Rodrigo Dávila EDIFÍCIO TX / MGP Arquitectura y Urbanismo. Imagem via MEAT EDIFÍCIO TX / MGP Arquitectura y Urbanismo. Imagem © Rodrigo Dávila + 41

Descrição dos arquitetos. O projeto para o Bloco Tx da Universidade de Los Andes, localiza-se no setor normativo 2b do Plano de Regularização e Manejo, aprovado pela resolução 009 de 2003. O novo projeto implanta-se dentro do edifício principal do campus universitário (Kr 1 N° 18A – 12), em meio aos blocos de conservação patrimonial: U (a capela), R e Y (Vila Paulina) que circundam o futuro edifício. Este projeto parte da necessidade de uma nova e melhor infraestrutura para a Faculdade de Artes no que se refere aos espaços acadêmicos e de serviço. Além disso, atua como ponto articulador de diversas atividades na parte alta do campus universitário.

Universidade EAN / Daniel Bonilla + Marcela Albornoz
Bogotá

Universidade EAN / Daniel Bonilla + Marcela Albornoz. Imagem © Rodrigo Dávila
Universidade EAN / Daniel Bonilla + Marcela Albornoz. Imagem © Rodrigo Dávila

Universidade EAN / Daniel Bonilla + Marcela Albornoz. Imagem © Rodrigo Dávila Universidade EAN / Daniel Bonilla + Marcela Albornoz. Imagem © Rodrigo Dávila Universidade EAN / Daniel Bonilla + Marcela Albornoz. Imagem © Rodrigo Dávila Universidade EAN / Daniel Bonilla + Marcela Albornoz. Imagem © Rodrigo Dávila + 41

Descrição dos arquitetos. O Edifício de Salas da Universidade EAN Sede El Nogal foi resultado de um concurso por convite, onde planejou-se configurar um Campus Universitário no qual as edificações são tão importantes quanto o espaço aberto comum. Um entorno onde os estudantes se encontram, dialogam, estudam, descansam, isto é, uma segunda casa para educar-se e desfrutar.

A estratégia, então, foi gerar um grande espaço coletivo, um espaço central ascendente, tipo espiral, rodeado por um Edifício de Salas (Etapa 1) e um Edifício Administrativo e de Bem-Estar. O edifício de salas corresponde a um prisma de sete pavimentos. No primeiro pavimento, encontram-se as áreas de entrada e a biblioteca central, enquanto nos pisos superiores estão as salas de aula, terminando em uma cobertura de uso coletivo.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Richard Gerald
Autor
Cita: Gerald, Richard . "8 Projetos que estão transformando a arquitetura universitária na Colômbia" [8 proyectos que están transformando la arquitectura universitaria en Colombia] 22 Mar 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/867481/8-projetos-que-estao-transformando-a-arquitetura-universitaria-na-colombia> ISSN 0719-8906