O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Plano Diretor
  4. Chile
  5. Cecilia Puga
  6. 2017
  7. Conheça o primeiro lugar no concurso para o Terminal Internacional de Passageiros de Punta Arenas, Chile

Conheça o primeiro lugar no concurso para o Terminal Internacional de Passageiros de Punta Arenas, Chile

Conheça o primeiro lugar no concurso para o Terminal Internacional de Passageiros de Punta Arenas, Chile
Conheça o primeiro lugar no concurso para o Terminal Internacional de Passageiros de Punta Arenas, Chile, Primeiro Lugar. Image Cortesia de Organização do concurso
Primeiro Lugar. Image Cortesia de Organização do concurso

Entre 44 propostas recebidas, a equipe liderada pelos arquitetos Cecilia Puga, Paula Velasco, Patricio Mardones, Susana López e Francisca Astaburuaga recebeu o primeiro lugar no concurso de projeto do projeto urbano e anteprojeto do Terminal Internacional de Passageiros (TIP) em Punta Arenas, no extremo sul do Chile. O segundo lugar foi entregue a Beals + Lyon Arquitectos e o terceiro a Murtinho+Raby Arquitectos.

No contexto do processo de ampliação do Porto de Magallanes que permitirá o "desembarque de cruzeiros maiores", a Empresa Portuaria Austral (EPA) convocou esse concurso para encontrar uma proposta que intervisse de maneira integral no polígono funcional do porto, permitindo "acolher, desenvolver e potencializar essas novas demandas de serviços", segundo explicam as bases do concurso.

A seguir apresentamos o memorial oficial do projeto vencedor. Neste link você pode conhecer todos os outros premiados.

Memorial oficial: Punta Arenas é centro de conexões dentro da região de Magallanes e capital científica e cultural da Zona Austral. Antigo refúgio marítimo do extremo sul, durante parte dos séculos XIX e XX foi ponto de abastecimento e descanso das viagens inter-oceânicas. O mar, a indústria naval e os estaleiros tem sido importantes impulsos para o desenvolvimento da cidade; no entanto, a presença dessas atividades em sua vida cotidiana tem sido até agora limitada.

A recente recuperação da borda costeira norte contrasta com a situação entre a cidade e o porto. Peça de grande valor simbólico e funcional, é o lugar de entrada dos produtos dos mares austrais e de passagem e partida dos viajantes e cientistas que exploram o extremo sul do mundo. No entanto, continua sendo um recinto de vocação industrial, fechado e desvinculado da cidade.

Sob esse cenário, o principal objetivo do projeto urbano é abrir a área portuária à cidade. Essa frente será ativada dotando-a de um novo programa, transformando sua trama costeira em um espaço de permanência, passeio e recreação. Essa estratégia fornecerá não somente a apropriação da borda costeira por parte dos cidadãos, mas também o início de um processo de revitalização econômica e cultural do solo portuário e a fachada marítima de Punta Arenas. A finalidade: vincular a experiência urbana em Punta Arenas com a vitalidade da atividade portuária e marítima.

Primeiro Lugar. Image Cortesia de Organização do concurso
Primeiro Lugar. Image Cortesia de Organização do concurso

A intervenção parte desde o casco histórico, propondo um novo modelo de espaço público que prioriza o pedestre, valoriza os edifícios históricos existentes e flui em forma contínua para o porto, conectando a cidade interior com a frente marítima.

Para isso, são propostos 4 programas diferentes nas distintas áreas:

  1. A fachada urbana da zona logística será ativada através da reutilização de um dos mais antigos armazéns do porto, onde se propõe um programa educacional e recreativo orientado às crianças de Punta Arenas: o Exploratório Antártico.
  2. A explanada do porto se abre à trama urbana e se ativa através do Terminal Internacional de Passageiros (TIP), edifício flexível e multifuncional que expande a centralidade da cidade para a borda do mar.
  3. Na borda sul do recinto portuário propõe-se liberar solo para o desenvolvimento de projetos turísticos e náuticos como o Muelle Pata Gau e a nova Marina de Punta Arenas, que se situa sobre um mirante para a nova borda sul.
  4. Finalmente, no extremo meridional da costa, será localizado o Muelle Juan Ladrillero. Seu café e plataforma ao nível da água, conformará um pequeno balneário, que ativará essa zona da cidade, ao tempo que será convertido no ponto de chegada e retorno do que será o novo passeio costeiro da cidade.

Na borda sul da costa conectará longitudinalmente ao tecido norte através de uma nova concepção do passeio da borda costeiro: estabelecer o espaço de estância e desfrute ao nível do mar. Essa proximidade permitirá uma nova relação com a paisagem, um convite a relacionar-se diretamente com o mar.

Primeiro Lugar. Image Cortesia de Organização do concurso
Primeiro Lugar. Image Cortesia de Organização do concurso

O edifício

O novo Terminal Internacional de Passageiros é proposto como um edifício leve e transparente, coberto por um tecido tensionado cujo perímetro demarca uma área protegida. Instala-se na borda marítima como um espaço fluido e diáfano, onde a cidade e o estreito de Magalhães se encontram, e constrói uma imagem nova para a fachada marítima da cidade ao tempo que entrega uma experiência memorável aos visitantes que embarcam ou desembarcam.

A construção dessa infraestrutura gera o que, provavelmente, será o maior espaço coberto da cidade, protegido da chuva e do vento: um lugar único sobre a costa austral, que oferece abrigo para o encontro dos habitantes locais.

Primeiro Lugar. Image Cortesia de Organização do concurso
Primeiro Lugar. Image Cortesia de Organização do concurso

As distintas áreas programáticas do edifício foram dispostas perpendicularmente à costa de modo que aquelas relacionadas com o funcionamento do porto sejam diretamente conectadas à zona logística, e por outro lado as atividades de ordem pública como a área comercial e gastronômica se vinculem à praça e mole da marina Pata Gau, dando vitalidade e uso independente à atividade turística. Os escritórios e áreas de ocupação permanente orientam-se a nordeste e estão especialmente controladas desde o ponto de vista climático para atingir máximas condições de conforto. Por sua parte, áreas comerciais pode ser isolado a partir do espaço central de dedicar-se exclusivamente na parte externa em momentos de uso por cruzeiro. Conectando esses programas e ocupando o volume central do edifício são a área do passageiro e o salão de eventos, que formam uma unidade que poderia funcionar como um único gabinete ou espaços segregados com telas móveis de vidros.

A estrutura está pensada em função de maximizar tanto a usabilidade como a rentabilidade econômica e social do edifício. Seus grandes vãos são alcançados mediante uma estrutura estereométrica que resolve tanto cargas gravitacionais como horizontais produzidas pelo vento ou terremotos. Com isso consegue-se um espaço amplo e flexível que permite responder adequadamente aos requisitos funcionais do uso portuário, assim como criar uma grande nave climatizada para férias, eventos, concertos, convenções e outras atividades da cidade. Uma estrutura metálica perimetral envolve o recinto, construindo um grande interior unificado próprio dos padrões internacionais da indústria turística e apto a implementar as normas de segurança ISPS.

Primeiro Lugar. Image Cortesia de Organização do concurso
Primeiro Lugar. Image Cortesia de Organização do concurso

Os acabamentos e qualidades espaciais desse salão urbano contemporâneo foram cuidadosamento escolhidos para imprimir o cárater que requer um espaço de uso cidadão e de entrada à cidade. A cobertura vincula-se à memória da indústria de Punta Arenas e, como um material amável e envolvente, possibilita um espaço com condições acústicas excepcionais. É uma superfície que aparece como uma peça protetora e singular frente ao estreito.

Ver a galeria completa

Sobre este escritório
Cecilia Puga
Escritório
Paula Velasco
Escritório
Patricio Mardones
Escritório
Susana López
Escritório
Francisca Astaburuaga
Escritório
Cita: Valencia, Nicolás. "Conheça o primeiro lugar no concurso para o Terminal Internacional de Passageiros de Punta Arenas, Chile" 08 Mar 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/806694/conheca-o-primeiro-lugar-no-concurso-para-o-terminal-internacional-de-passageiros-de-punta-arenas-chile> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.