O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Favela rica, favela pobre: as desigualdades nas baixas rendas de São Paulo

Favela rica, favela pobre: as desigualdades nas baixas rendas de São Paulo

Favela rica, favela pobre: as desigualdades nas baixas rendas de São Paulo
Favela rica, favela pobre: as desigualdades nas baixas rendas de São Paulo, Capão Redondo, zona sul de São Paulo. Image © Circuito Fora do Eixo, via Flickr. Licença CC BY-SA 2.0
Capão Redondo, zona sul de São Paulo. Image © Circuito Fora do Eixo, via Flickr. Licença CC BY-SA 2.0

As favelas de São Paulo apresentam situações bastante diversas. Enquanto algumas delas possuem indicadores de acesso a água encanada, esgoto e coleta de lixo praticamente universalizadas, em outras a situação é similar a de Melgaço, no Pará, que possui o pior Índice de Desenvolvimento Humano (IDH) do Brasil. Os dados fazem parte de um estudo obtido pelo jornal El País feito durante o ano passado pelo Centro de Estudos da Metrópole, ligado à Universidade de São Paulo (USP), em parceria com a Prefeitura de São Paulo, para orientar as políticas de habitação da cidade.

"Pudemos perceber que o processo de favelização continua acontecendo. Continua havendo um crescimento da população favelada e dos domicílios em favela em um ritmo superior ao da população geral do município. Mas, apesar de ser maior, esse crescimento é baixo. Não há um processo intenso de favelização", comentou Eduardo Marques, professor de ciências políticas da USP.

O pesquisador afirma que não está claro o que faz com que algumas favelas sejam piores que outras, já que elas estão espalhadas igualmente pelo território urbano, ou seja, nas bordas da cidade é possível encontrar tanto favelas servidas com água encanada, esgoto e coleta de lixo como outras sem tais serviços. "A dimensão geográfica não é a que explica. Pode ser que as favelas em piores condições sejam mais frequentemente em terrenos privados, que é uma informação que a gente não tem. Estar em área privada dificulta a colocação de infraestrutura por parte do poder público."

Leia o artigo completo no El País.

Sobre este autor
Romullo Baratto
Autor
Cita: Romullo Baratto. "Favela rica, favela pobre: as desigualdades nas baixas rendas de São Paulo" 12 Fev 2017. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/805107/favela-rica-favela-pobre-as-desigualdades-nas-baixas-rendas-de-sao-paulo> ISSN 0719-8906
Ler comentários