O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Diabólico ou impressionante? Como a escala e a luz interferem na percepção da aquitetura

Diabólico ou impressionante? Como a escala e a luz interferem na percepção da aquitetura

Diabólico ou impressionante? Como a escala e a luz interferem na percepção da aquitetura
Diabólico ou impressionante? Como a escala e a luz interferem na percepção da aquitetura

Quando se trata de virais de arquitetura, os leitores costumam gostar de coisas impressionantes e dramáticas. Nesse escopo, um tipo de arquitetura encontra seu lugar: edifícios "malignos" ou"diabólicos" que se parecem o lugar perfeito para ser a casa de um supervilão ou a sede de uma companhia nefasta.

Compiladas em sites como Reddit e BoredPanda, listas de "edifícios diabólicos" costumam enquadrar estruturas que parecem estéreis a pessoas de fora da profissão, fotografadas com iluminação dramática ou envolvidas por neblina. Projetos de Zaha Hadid Architects, Frank Gehry e Ole Scheeren estão geralmente entre as obras citadas. Mas o que faz exatamente com que estes edifícios sejam vistos como "do mal"?

Este fenômeno incorpora um antigo dilema da arquitetura: como fazer com que não-arquitetos se sintam mais confortáveis com estilos arquitetônicos que podem lhe causar sensação de desconforto? Esta questão é frequentemente realçada nas diferenças de opinião entre arquitetos e pessoas de fora do campo da arquitetura a respeito de edifícios públicos brutalistas, que, mesmo sendo escolhidos publicamente, são considerados "sem valor estético" e "feios" pelas autoridades.

Veja aqui uma lista de "edifícios do mal" compilada no Reddit.

É possível que um edifício seja "mau", ou esta impressão é apenas produto de uma fotografia? E como os arquitetos deveriam reagir ao modo como seus edifícios são percebidos pelo público?

Sobre este autor
Patrick Lynch
Autor
Cita: Lynch, Patrick. "Diabólico ou impressionante? Como a escala e a luz interferem na percepção da aquitetura" [Evil vs. Impressive: How do Scale and Lighting Affect Perception of Architecture?] 04 Fev 2017. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/804568/diabolico-ou-impressionante-como-a-escala-e-a-luz-interferem-na-percepcao-da-aquitetura> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.