O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. China propõe cidade futurística livre de carbono e com sistema rodoviário inovador

China propõe cidade futurística livre de carbono e com sistema rodoviário inovador

China propõe cidade futurística livre de carbono e com sistema rodoviário inovador
China propõe cidade futurística livre de carbono e com sistema rodoviário inovador, Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners
Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners

Estradas têm sido operadas praticamente da mesma maneira desde o começo do século XX. No Distrito de Bao'an, em Shenzhen, China, a rápida urbanização e industrialização não se reflete em sua espinha estruturadora, a rodovia G107. Buscando investigar as possibilidades para esta via e suas áreas adjacentes, foi organizado no início do ano um concurso aberto. Uma equipe liderada por Avoid Obvious Architects (AOA) e TETRA Architects and Planners apresentou uma redefinição da tipologia da estrada, com um sistema complexo o suficiente para atender adequadamente todas as demandas de produtividade que ela conecta.

A nova G107 de AOA e TETRA consiste em um sistema de transporte multimodal focado em permitir formas futurísticas de transporte. Chamada também de "estrada orgânica", seu objetivo é promover e conectar uma rede de "manufatura verde", fazendo com que Bao seja uma cidade livre de carbono até 2045. 

Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners + 33

Organizado junto com o Governo Público do Distrito de Bao’an, Shenzhen e o Planejamento Urbano, Paisagístico e a Comissão de Recursos do Município de Shenzhen, o concurso explorou as propostas de sete escritório globais, sendo um deles o OMA. Criado a partir do desejo de combinar infraestrutura à velocidade de produção, o objetivo do concurso era incentivar as equipes a evocar foco tecnológico, soluções sustentáveis.

Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners
Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners

O G107, atualmente com 30km de extensão e 12 faixas, é visto como antagônico a produtividade eficiente e transporte e corta as áreas em desenvolvimento da orla oeste da cidadã desde as cordilheiras até o leste. O esquema de AOA e TETRA reconecta estas duas amenidades naturais, criando uma paisagem urbana entre a arterial G107.

Iniciamos o desafio da G107 questionando qual o papel de uma estrada. Sugerimos que as estradas tradicionais são ultrapassadas e ineficientes. Nossa apresentação irá demonstrar que que o sistema de transportes que integra tecnologias automatizadas como drones, veículos com piloto automático e trânsito de alta velocidade são o futuro do desenvolvimento urbano do século XXI. Acreditamos que não há necessidade de expandir a estrade de 12 faixas de Bao’an. Em vez de tratar da estrada tradicional como uma peça fixa de infraestrutura, projetaremos uma via menor, mais fluida, de diversas camadas que irá ser um espetacular ponto de partida de crescimento para uma cidade orgânica inteligente.

Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners + 33

No projeto de AOA e TETRA, a estrada existente de 12 faixas será dividida em duas partes com 4 faixas anexas que se entrelaçam vertical e horizontalmente ao longo da pista de 30km de extensão. Com seções em níveis, acima e abaixo, todas utilizadas para amenidades verdejantes e públicas, um novo destino para programa púbico é estabilizado. As seções de cima serpenteiam pelos edifícios por ambos os lados da estrada, permitindo com que os pedestres acessem os novos centros de trânsito. Distribuídos ao longo da pista haverá novos centros culturais que celebrarão a arte e o design.

Sistemas multimodais de trânsito serão empregados pra fazer com que o tempo de viagem de uma área para a próxima seja dentro de 15 minutos. Um benefício adicional será a redução da dependência de automóveis. A fim de promover uma economia colaborativa, cada intersecção irá apresentar centros de trânsito com veículos compartilhados.

Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners + 33

O projeto para a nova G107 entrelaça gerenciamento de água, tratamento paisagístico e transporte tão facilmente que é quase impossível de os diferenciar um dos outros. Dentro do projeto de múltiplas camadas, tecnologias inteligentes para controlar a poluição do ar e da água são integrados através de suas próprias vias.

Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners
Cortesia de Avoid Other Architects + TETRA Architects and Planners

A intenção de nosso projeto não é desistir de Bao’an como uma cidade de manufaturas, mas elevar o nível de seus equipamentos a "Cidade Verde de Manufaturas" com o poder de compartilhar e conectar as pessoas, os lugares e as amenidades. Esta cidade sustentável irá celebrar a nova "economia colaborativa" com equipamentos como fábricas transparentes, portos de entregas, plataformas abertas para experimentos, escritórios portáteis e amenidades naturais para compartilhamento. A nova G107 será um lugar para se morar, trabalhar e ter lazer.

Enquanto Shenzhen é reconhecida como a cidade mais verde da China, Bao'an está atrás de seu controle de poluição e índice verde. O novo projeto da G107 faria com que Bao'an se tornasse a cidade mais verde da China, uma zona livre de carbono, com produção verde que se tornaria modelo para outras cidades se inspirarem. Além da ambição de conquistar sustentabilidade, a cidade também iria se tornar um líder mundial em infraestruturas inovadoras tecnológicas, consolidando o título de Shenzhen de "Cidade do Design".

Notícia via Avoid Obvious Architects.

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Avoid Obvious Architects
Escritório
TETRA Architects and Planners
Escritório
Cita: Crockett, Lauren. "China propõe cidade futurística livre de carbono e com sistema rodoviário inovador" [China Envisions a Futuristic Carbon Neutral City With a Technologically Innovative Highway] 19 Set 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Ferber, Amanda) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/795402/china-propoe-cidade-futuristica-livre-de-carbono-e-com-sistema-rodoviario-inovador> ISSN 0719-8906