O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Pavilhão da Turquia na Bienal de Veneza 2016 explora as similaridades entre Istambul e Veneza

Pavilhão da Turquia na Bienal de Veneza 2016 explora as similaridades entre Istambul e Veneza

Pavilhão da Turquia na Bienal de Veneza 2016 explora as similaridades entre Istambul e Veneza
Modelo da exposição Darzanà. Imagem © IKSV
Modelo da exposição Darzanà. Imagem © IKSV

O Pavilhão da Turquia na Bienal de Veneza 2016 apresenta a exposição Darzanà: Two Arsenals, One Vessel, que correlaciona a herança cultural das docas em Istambul e em Veneza. Com curadoria a cargo de uma equipe de arquitetos turcos, a mostra apresenta "uma última embarcação" que foi construída usando materiais encontrados nas docas de Istambul e transportados para a Bienal.

Pavilhão da Turquia na Bienal de Veneza 2016 explora as similaridades entre Istambul e Veneza, Modelo da exposição Darzanà. Imagem © IKSV
Modelo da exposição Darzanà. Imagem © IKSV

Ao passo que Istambul e Veneza apresentam duas culturas muito diferentes, em um ponto da história, suas culturas e comércios foram profundamente alimentados por meio de suas docas, que produziam e lançavam ao mar embarcações e navios de toda a espécie. O termo Darzanà é uma palavra híbrida com raízes nas línguas mediterrâneas, historicamente usadas na comunicação entre marinheiros e comerciantes. Nesta exposição, estas línguas foram interpretadas para definir uma linguagem arquitetônica comum. 

Orla como fronteira. Imagem © Cemal-Emden
Orla como fronteira. Imagem © Cemal-Emden

A embarcação à mostra, apelidada de "baştarda" (outra palavra híbrida),"é um cruzamento entre uma galera e um galeão e é movida por velas e remos." A baştarda  simboliza "a hibridez específica do Mediterrâneo." Ela representa um navio relegado ao apodrecimento em Istambul mas que navegou até Veneza para uma nova vida, "buscando por pistas de como transformar fronteiras e bordas em limiares e espaços de consenso."

Modelo da exposição Darzanà. Imagem © IKSV
Modelo da exposição Darzanà. Imagem © IKSV

Saiba mais sobra a exposição aqui.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Kaley Overstreet
Autor
Cita: Overstreet, Kaley. "Pavilhão da Turquia na Bienal de Veneza 2016 explora as similaridades entre Istambul e Veneza" [Turkey’s Pavilion at the Biennale to Explore Cultural Similarities Between Istanbul and Venice Arsenals] 26 Jun 2016. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/790146/pavilhao-da-turquia-na-bienal-de-veneza-2016-explora-as> ISSN 0719-8906