O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. Urbanismo
  4. Espanha
  5. Eduard Balcells
  6. 2015
  7. A nova fábrica urbana: o eco-parque industrial de Torrent Estadella, Barcelona

A nova fábrica urbana: o eco-parque industrial de Torrent Estadella, Barcelona

A nova fábrica urbana: o eco-parque industrial de Torrent Estadella, Barcelona
A nova fábrica urbana: o eco-parque industrial de Torrent Estadella, Barcelona, Courtesy of Eduard Balcells
Courtesy of Eduard Balcells

É possível dar um futuro à indústria no coração da cidade central de Barcelona?

Através do projeto "The New Urban Fabrik", desenvolvido por encomenda da Prefeitura de Barcelona, os arquitetos e urbanistas Eduard Balcells e Honorata Grzesikowska buscam assumir a extensa zona industrial de Torrent Estadella.

O objetivo é gerar novos tipos de manufatura urbana para a área, reconectando-a aos bairros vizinhos por avenidas verdes que recuperam o antigo sistema de "rieres" (rios secos que enchem quando chove), o desenvolvimento de uma nova chave urbanística que permita a aparição de novas tipologias de edifícios industriais de gabarito mais compacto e urbano, e, por outro lado, estratégias de gestão, governo e promoção industrial para facilitar a relação entre os clientes e cidadãos com as indústrias locais.

O esgoto verde Qualificação Urbanística Atual e Proposta A Calle Riera O parque eco-industrial Torrent Estadella conectado com bairros vizinhos + 26

Discrição pelos arquitetos. Se Barcelona deve tornar-se uma cidade auto-suficiente de bairros produtivos, o papel da indústria será fundamental. A área industrial de Torrent Estadella, uma das últimas reservas de solo industrial dentro da cidade, gera a seguinte questão: é possível dar um futuro à zona industrial no coração da cidade central?

A área industrial de Torrent Estadella em Barcelona
A área industrial de Torrent Estadella em Barcelona

Nossa resposta é afirmativa, graças à emergência de novos tipos de manufatura urbana, em especial as indústrias verdes relacionadas com a Economia Verde, que Barcelona precisa desenvolver para poder confrontar seus desafios relacionados com a resiliência meioambiental, econômica e social.

O local é cercado pela cidade, mas desconectado dela
O local é cercado pela cidade, mas desconectado dela

Torrent Estadella é uma área industrial central e hiper-conectada, muito próxima à futura estação de trem de alta velocidade de Barcelona-Sagrera, a nova estação central da cidade. Porém, encontra-se em uma situação de declive e esta isolada dos bairros vizinhos.

Análise do estado atual
Análise do estado atual

As estratégias que propomos para revitalizar esta área industrial são as seguintes:

De “rieres” a Avenidas Verdes: a reconexão com a cidade

A barreiras históricas que isolavam Torrent Estadella da cidade, as vias do trem e o rio Besòs, estão se tornando grandes parques metropolitanos, permitindo assim a reconexão do local com seus bairros de entorno. Esta reconexão realiza-se a partir das Avenidas Verdes, eixos urbanos que recuperam o antigo sistema de "rieres" (rios secos que enchem quando chove) que conformarão a ordem urbana primitiva do plano de Barcelona e que logo se tornaram avenidas. As Avenidas Verdes sobrepõem a gestão ecológica da água de chuva, própria das "rieres" à condução urbana das avenidas. A Calle de Torrent Estadella, uma antiga "riera" que articula o local e lhe da nome, torna-se a principal Avenida Verde.

As barreiras históricas tornam-se Parques Urbanos
As barreiras históricas tornam-se Parques Urbanos
De "Rieres" (córregos intermitentes) para avenidas verdes
De "Rieres" (córregos intermitentes) para avenidas verdes
A malha urbana
A malha urbana

A Infraestrutura Verde: o espaço livre produtivo

As ruas e os espaços livres do local tornam-se infra-estrutura verde, energicamente auto-suficiente e capaz de encerrar no próprio local o ciclo da água. A Infraestrutura Verde consta de três elementos: a Calle Riera, a Depuradora Verde e a Granja de Sant Andreu. A Calle Riera é um tipo de Avenida Verde que armazena a água de chuva para irrigação e outros usos. A Depuradora Verde é formada por uma cadeia de jardins filtrantes, que limpam as águas residuais das indústrias locais e a Granja de San Andres é um novo modelo de parque de agricultura urbana aberto e permeável, que reconecta a ára ao futuro Parque Linear da Sagrera.

O parque eco-industrial Torrent Estadella conectado com bairros vizinhos
O parque eco-industrial Torrent Estadella conectado com bairros vizinhos

A Nova Fábrica Urbana: a indústria verde constrói cidade

O termo Nova Fábrica Urbana propõe reunir dois significados da palavra "fábrica" que foram antagônicos durante muito tempo: a "fábrica"

A Calle Riera
A Calle Riera
A Calle Riera durante la chuva / entre chuvas
A Calle Riera durante la chuva / entre chuvas
As ruas de Torrent Estadella como ruas Riera
As ruas de Torrent Estadella como ruas Riera

A clara condição urbana do local é recognoscível mediante uma nova chave urbanística, o 22u, que permite o surgimento de tipologias de edifícios industriais mais compactos, como o Edifício Silo. As indústrias locais se promovem mediante a empresa sem fins lucrativos e a plataforma web associada BCN Made, que permite colocar em contato facilmente as indústrias com seus clientes e os cidadãos. A Empresa para o Desenvolvimento Indrustrial de Torrent Estadella (E.D.I.T.E) é uma organização sem fins lucrativos situada no centro de uma estrutura de governança cuja missão é o desenvolvimento da atividade industrial local.

Hoje, uma Nova Fábrica Urbana formada por industrias verdes pode voltar a construir a cidade central.

Qualificação Urbanística Atual e Proposta
Qualificação Urbanística Atual e Proposta
Qualificação Urbanística Proposta
Qualificação Urbanística Proposta
Planta Geral / Cortes de Borda
Planta Geral / Cortes de Borda

Arquitetos: Eduard Balcells / Architecture+Urbanism+Landscape
Equipe: Eduard Balcells, arquitecto y urbanista; Honorata Grzesikowska, arquitecta y urbanista
Paisagem: Factors de Paisatge / Manuel Colominas
Cliente: Ayuntamiento de Barcelona
Comissão: Estudios Previos para la Modificación del Plan General Metropolitano en el ámbito de Torrent Estadella / La Sagrera
Localização: Barcelona, Distrito de Sant Andreu
Área: 30 há
Ano do Projecto: 2014

Ver a galeria completa

Localização aproximada, pode indicar cidade/país e não necessariamente o endereço exato.
Sobre este escritório
Eduard Balcells
Escritório
Cita: Franco, José Tomás. "A nova fábrica urbana: o eco-parque industrial de Torrent Estadella, Barcelona" [La nueva fábrica urbana: el eco-parque industrial de Torrent Estadella, Barcelona] 24 Nov 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Brant, Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/777602/a-nova-fabrica-urbana-o-eco-parque-industrial-de-torrent-estadella-barcelona> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.