O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Cinema e Arquitetura: "La Sapienza”

Cinema e Arquitetura: "La Sapienza”

Cinema e Arquitetura: "La Sapienza”
Cinema e Arquitetura: "La Sapienza”, "La Sapienza". Imagem: Divulgação.
"La Sapienza". Imagem: Divulgação.

Eugène Green, diretor nova-iorquino naturalizado francês, é conhecido por sempre abordar a transmissão de conhecimento entre suas personagens e a paixão por diferentes formas de arte. Em seu quinto filme, não é diferente.

"La Sapienza" retrata o encontro de quatro pessoas que se reapaixonam pela vida. A marca do diretor está presente nos diálogos que possuem os prismas da arte e arquitetura como principais temas e ocorrem entre Alexandre - um arquiteto experiente - e Goffredo - um jovem que pretende estudar arquitetura.

Desta forma, o longa-metragem traz um interessante debate sobre a arquitetura barroca italiana. Nas conversas entre Alexandre e Goffredo fica clara a dualidade conceitual existente entre os grandes gênios Francesco Borromini e Gian Lorenzo Bernini - sendo o primeiro aberto à diferentes experiências e o segundo mais racional.

Vale destacar que o filme recebeu este título como referência à Igreja Santo Ivo Della Sapienza, construída no século XVII por Borromini, em Roma. 

O DIRETOR

Com suas raízes nos clássicos do cinema francês, os personagens de Eugène Green tendem a olhar diretamente para a câmera quando falam, neste ato a fala se potencializa e torna-se protagonista nas cenas. O ritmo de seus filmes também é deliberado: a câmera olha para cada personagem de uma vez e examina com calma seus cenários: paisagens ou interiores de um edifício.

Em "La Sapienza" o diretor mantém sua assinatura e, assim, enaltece as obras de Borromini e Bernini.

SINOPSE

Alexandre, um arquiteto bem-sucedido, vai para a Itália trabalhar num livro acompanhado de Alienor, sua esposa, que sente o casamento abalado. Em Stresa, conhecem Goffredo, futuro estudante de arquitetura, e sua irmã Lavinia, sofrendo de um transtorno nervoso. Enquanto Alienor fica com Lavinia, Alexandre continua sua viagem com Goffredo. A separação será o início de uma nova jornada para o casal. Uma história de amor que se desenvolve no paralelo entre arquitetura e inspiração artística.

FICHA TÉCNICA

Título Original: La Sapienza
Gênero:
Ficção
Direção e Roteiro: Eugène Green
Produtores: Alessandro Borelli e Martine de Clermont-Tonnerre
Elenco: Fabrizio Rongione, Christelle Prot Landman, Ludovico Succio, Arianna Nastro
País: França e Itália
Ano: 2014
Duração: 105 min.
Cor: Colorido
Produção: La Sarraz Pictures e MACT Productions
Distribuição: Supo Mungam Films

TRAILER

Sobre este autor
Victor Delaqua
Autor
Cita: Victor Delaqua. "Cinema e Arquitetura: "La Sapienza”" 23 Out 2015. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/775892/cinema-e-arquitetura-la-sapienza> ISSN 0719-8906