O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. INTERIORS: Birdman

INTERIORS: Birdman

INTERIORS: Birdman
INTERIORS: Birdman, Cortesia de Interiors Journal
Cortesia de Interiors Journal

Interiors é um jornal online sobre cinema e arquitetura publicado por Mehruss Jon Ahi e Armen Karaoghlanian. Sua coluna no ArchDaily analisa e cria diagramas espaciais de cada filme abordado. Sua loja oficial coloca à venda alguns desses diagramas.

Muito já foi dito e escrito sobre o uso de longos planos em Birdman, de Alejandro González Iñárritu, e como o diretor costura diversos planos sequenciais na tentativa de fazer a maior parte do filme parecer uma cena contínua. O filme segue (literalmente) seu protagonista, Riggan Thomson (Michael Keaton), um ator que já passou seu auge, enquanto ele planeja retomar sua carreira com uma produção teatral.

Emmanuel Lubezki parece o colaborador ideal para a proposta do diretor. O diretor de fotografia, conhecido por seus planos estendidos em filmes como  Y Tu Mamá También (2001), Children of Men (2006) e Gravity (2013), fez uso dessa técnica como meio de aproximar o público da ação. Birdman é o ápice de sua experimentação com a forma, reunindo essas ideias e criando uma experiência imersiva com um sentido de urgência. 

O filme, é claro, emprega efeitos digitais de edição  como meio de criar sua ilusão. Os cortes de Birdman estão ocultos entre momentos de escuridão, tornado possível através do trabalho do designer de produção Kevin Thompson, que começou seu trabalho mapeando o filme todo em uma planta dos cenários. 

Cortesia de Interiors Journal
Cortesia de Interiors Journal

O cenário de Birdman é o Teatro St. James, localizado na 246 West 44th Street em Nova Iorque. O teatro foi inaugurado em 1927 durante o nascimento do cinema sonoro e foi projetado pelo escritório de arquitetura Warren & Westmore, de Nova Iorque, a mesma equipe responsável pela Grande Estação Central. As especificações técnicas do teatro foram criticadas e seus bastidores foram considerados pequenos para os padrões da indústria; como resultado, o teatro foi considerado "inadequado" durante seus primeiros anos.

Os cineastas filmaram no Teatro St. James num período de trinta dias em abril e maio de 2013, no intervalo de tempo entre as produções teatrais, mas a maior parte da ação do filme acontece nos bastidores. Essas cenas foram filmadas nos Estúdios Kaufman Astoria, no Queens. Os cineastas começaram a trabalhar primeiramente em um estúdio de som em Los Angeles, onde as cenas foram cuidadosamente congeladas, coreografadas e ensaiadas com o elenco e a equipe técnica, proporcionando à equipe de produção a compreensão total das dimensões específicas de cada um dos cômodos e corredores. Esse trabalho foi então transferido para os cenários construídos nos Estúdios Kaufman Astoria.  Birdman é um filme que pretende refletir a realidade através de meios artificiais - um estúdio de som serve de locação e diversas cenas estendidas são unidas numa tentativa de criar essa ilusão. 

Há um sentimento de que o mundo está se fechando sobre Riggan Thomson, e seu esmagador estresse incapacita-o para a noite de estreia de sua produção. Esse sentimento é habilmente refletido na direção de arte do filme. A equipe de produção fez ajustes nos cômodos e corredores, tornando-os menores no decorrer do filme, o que resulta na impressão de que o espaço circundante está literalmente se fechando sobre o protagonista. 

Cortesia de Interiors Journal
Cortesia de Interiors Journal

O filme, apesar de sua estrutura, é ainda fragmentado em cenas. Em nossa planta, examinamos a cena em que Riggan toma conhecimento da manchete no jornal, na qual Mike (Edward Norton) aparentemente leva os créditos pela produção (00:53:37 - 01:04:53). A cena começa fora do camarim de Riggan com um plano impossível que se move através das barras de aço e vai até o espaço interno. Além dos dois personagens nessa cena, Riggan e Laura (Andrea Riseborough), também ouvimos a voz do Birdman zombando Riggan.

Riggan confronta Mike e sua conversa passa para a cozinha, onde eles começam a lutar perto do bebedouro. Riggan volta para seu camarim, onde Birdman continua a zombá-lo. Riggan então começa a destruir seu quarto com sua mente; sem tocar nada, ele o destrói completamente. É interessante notar que assim que Jake (Zach Galifianakis), seu amigo e advogado, interrompe esse momento privado, Riggan não está mais destruindo seu quarto com sua mente; em vez disso, o faz fisicamente, levantando a questão da subjetividade/objetividade de Riggan/Birdman.

A cena continua sua cuidadosa mise-en-scène quando Lesley (Naomi Watts) chega. Em sua conversa, a perda de um "plano - contra-plano" causada pela técnica de filmagem contínua é resolvida congelando os atores. A câmera foca em Lesley enquanto o reflexo de Riggan é visto pelo espelho. Em muitos outros casos, o filme faz uso de dois planos de seus personagens como um meio e resolver a falta de cortes e edição em cada cena. Birdman é um filme que mantém sua audiência envolvida com sua locação singular, apesar de todas as limitações técnicas. O filme, no entanto, as usa a seu favor, apresentando modos criativos de explorar o espaço cinematográfico.

Esses diagramas, e muitos outros, estão disponíveis em nossa loja oficial.

Cortesia de Interiors Journal
Cortesia de Interiors Journal

Interiors é um jornal online sobre cinema e arquitetura publicado por Mehruss Jon Ahi e Armen Karaoghlanian. Sua coluna no ArchDaily analisa e cria diagramas espaciais de cada filme abordado. Siga-os no FacebookTwitter e Instagram.

Cita: INTERIORS Journal. "INTERIORS: Birdman" [INTERIORS: Birdman] 24 Fev 2015. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/762771/interiors-birdman> ISSN 0719-8906