O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Infográfico: Os arranha-céus mais caros do mundo

Infográfico: Os arranha-céus mais caros do mundo

Infográfico: Os arranha-céus mais caros do mundo
Infográfico: Os arranha-céus mais caros do mundo, Cortesia de Emporis
Cortesia de Emporis

Ele pode ou não ser o edifício mais alto da América do Norte, mas uma coisa é certa: quando se trata de custos, nenhum outro arranha-céu chega perto do One World Trade Center de Nova Iorque. Esse é um dado da Emporis, cuja lista dos dez edifícios mais caros colocou o 1WTC em primeiro lugar, atingindo a cifra de US$3.9 bilhões. Com custo original previsto para metade disso, essa diferença no orçamento se tornou uma tendência entre os dez edifícios mais caros, com muitos deles tendo o custo final muito superior ao previsto no projeto. O segundo colocado, The Shard, por exemplo, orçado em £350 milhões, alcançou quase quatro vezes a cifra (embora isso seja esperado em Londres).

1: One World Trade Center. Imagem © Khalid Mahmood 2 (empatado): The Palazzo. Imagem © Ed Lewis 2 (empatado): The Shard. Imagem © Eric Smerling 4: Taipei 101. Imagem © Michiel van Dijk + 12

Cortesia de Emporis
Cortesia de Emporis

Talvez o resultado mais surpreendente não esteja relacionado aos altos custos, mas aos baixos. Comparados a outros edifícios muito menores, o quinto colocado - Burj Khalifa - parece uma pechincha de "apenas" US$ 1,5 bilhões para aquele que é, com folga, o edifício mais alto do mundo, empatado em preço com o Sheraton Huzhou Hot Springs Resort - que tem apenas um oitavo de sua altura. 

Na oitava posição da lista, a Hamburg Elbphilharmonie de Herzog & de Meuron, se diferencia por ser o único edifício ainda em construção. Com os custo atuais próximos a US$ 1 bilhão, ele ainda está bem atrás do CapitaGreen, de Toyo Ito, que custou US$ 1,4 bilhões, assim, o edifício em Hamburgo deve permanecer em oitavo lugar mesmo após concluído. 

Ver a galeria completa

Cita: Rory Stott. "Infográfico: Os arranha-céus mais caros do mundo" [Infographic: The World's Most Expensive Skyscrapers] 19 Dez 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/759144/infografico-os-arranha-ceus-mais-caros-do-mundo> ISSN 0719-8906