O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Arte e Arquitetura: "The sound of silence" por Alfredo Jaar

Arte e Arquitetura: "The sound of silence" por Alfredo Jaar

Arte e Arquitetura: "The sound of silence" por Alfredo Jaar
Arte e Arquitetura: "The sound of silence" por Alfredo Jaar , © Charles Duprat
© Charles Duprat

The Sound of Silence é uma obra do artista e arquiteto Alfredo Jaar, trata-se de uma de suas mostras mais elogiadas mundialmente e agora faz sua primeira aparição na América Latina, no Chile.

Desde sua estreia, em Houston, em 2006, a obra já percorreu 18 países da Europa, Oriente e América do Norte, considerada uma das obras mais influentes na arte contemporânea das últimas décadas. A instalação consta de um bloco uniforme de metal de 256 m³ com uma face completamente iluminada por uma luz fluorescente e uma porta na elevação contrária.

Saiba mais sobre a obra de Jaar, a seguir.

© Andrés Goldberg
© Andrés Goldberg

O pavilhão é dedicado unicamente a uma fotografia e a história que levou sua execução. A história do fotógrafo sul-africano Kevin Carter, que em 1994 ganhou o Prêmio Pulitzer pela instantânea que tirou no Sudão no momento em que um abutre observa uma menina faminta. A foto foi muito criticada pelos meios americanos que culpam Carter por não intervir na cena e socorrer a garota do animal.

A instalação convida a refletir sobre o poder das imagens. Jaar cria um espaço onde devemos dedicar tempo a uma obra e tudo o que ela condiz. Vai além de suas implicâncias estéticas para passar a um plano ético da fotografia e arte. Denotando uma intenção, um contexto e uma crítica implícita na imagem. Fazendo com que pensadores contemporâneos como Jacques Ranciere, Griselda Pollock, Georges Didi Huberman, Chantal Mouffe, David Levi Strauss, Okwui Enwezor e outros, lhe dediquem importantes ensaios.

Cortesia da Galería Patricia Ready Cortesia da Galería Patricia Ready Cortesia da Galería Patricia Ready Cortesia da Galería Patricia Ready + 9

Sua obra é conhecida mundialmente por criticar os padrões estabelecidos de pensamento e desenvolvimento, desafiando e expandido paradigmas culturais. Sendo exposta em museus como o MoMA (New York), Tate (Londres), MAXXI (Roma), Centre Pompidou (Paris), Reina Sofía (Madrid). Além de já ter participado de Bienais em São Paulo (1987, 1989, 2010) e Veneza (1986, 2007, 2009, 2013). Sendo que em 2013 foi premiado com o Prêmio Nacional das Artes pela última.

Dentro de suas obras relevantes encontra-se ‘This is not America’, uma instalação com apenas uma tela no meio da Times Square com a imagem do mapa dos Estados Unidos e o texto: "This is not America"; e sua instalação “A Geometria da Consciência”, no Museu da Memória e dos Direitos Humanos, em Santiago de Chile. Ambas as obras criticam aspectos políticos e culturais desde uma perspectiva artística e arquitetônica.

© Via gophoto.it
© Via gophoto.it

Jaar é um artista que cria como arquiteto, vai além da contemplação já que introduz uma variável espacial e envolve o espectador como um agente ativo na obra. Ele comenta à revista Art 21:

"Poderia dizer que tudo o que sei da arte, aprendi enquanto estudava arquitetura. Enfrento a arte como arquiteto, armo primeiro um programa, levando em conta o espaço. Estudando esse espaço, busco alcançar o que chamo da essência do espaço, e logo combino essa essência, esse encontro, com a essência do que quero transparecer. Cada um dos elementos foram pensados e desenhados, nada é arbitrário, absolutamente nada. A obra é fabricada pelos engenheiros ou pessoas que tem conhecimento apropriado para as instalações nas quais estou trabalhando, até o ponto no qual o processo mais fascinante para mim é apenas o de pensar, e logo deixar que alguém execute o projeto."

Cortesia da Galería Patricia Ready
Cortesia da Galería Patricia Ready



Ver a galeria completa

Sobre este autor
Begoña Uribe
Autor
Cita: Uribe, Begoña. "Arte e Arquitetura: "The sound of silence" por Alfredo Jaar " [Arte y arquitectura: The sound of silence por Alfredo Jaar ] 23 Nov 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/br/757825/arte-e-arquitetura-the-sound-of-silence-por-alfredo-jaar> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.