O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Trabalho Digital / IKEA

Trabalho Digital / IKEA

Trabalho Digital / IKEA
Trabalho Digital / IKEA, Imagens via  the WSJ
Imagens via the WSJ

 

Embora a era digital nos permita ver o que há de mais recente em móveis, moda e lazer, tudo digitalmente, às vezes não há nada como folhear as páginas de um catálogo. No entanto, o mundo digital está rapidamente penetrando até mesmo nas páginas de revistas de móveis – como a mais recente da IKEA, com mais de 200 milhões de cópias impressas, na qual representações digitais de layouts de móveis e combinações de cores substituíram o intenso trabalho de montagem de cenários reais.

Imagens via the WSJ

Nem mesmo arquitetos que passam horas renderizando imagens podem dizer o que é real e o que não é nas imagens do catálogo abaixo. Será que aquela brilhante bancada da cozinha e aquele sofá azul realmente existem? Ou será que modeladores digitais fizeram sua mágica para enganar os clientes com seus renders – economizando dinheiro da IKEA e ainda assim atingindo o objetivo esperado.

Imagens via the WSJ

Além de ajudar a IKEA a reduzir custos, o novo método digital possibilita um enfoque mais sustentável do marketing. Não mais cenários inteiros serão construídos somente para serem fotografados e depois descartados. Desta maneira, a IKEA pode representar uma vasta combinação de diferentes layouts sem esforço físico.

Imagens via the WSJ

“É uma maneira inteligente de economizar dinheiro”, disse, ao WSJ, Anneli Sjogren, chefe de fotografia da IKEA. “Não mais jogaremos cozinhas no lixo logo após a sessão de foto.”

Imagens via the WSJ

“Com a fotografia real estamos restritos por quatro paredes. Uma cozinha tem que ser construída em uma semana ou duas e depois desmontada para dar espaço ao quarto… tudo tem que ser planejado e programado”, complementa Sjogren.

Imagens via the WSJ

Outra vantagem dos sets digitais é a flexibilidade de direcionar para públicos específicos. Por exemplo, Sjogren explica que para os japoneses uma cozinha pode ser mais atraente se apresentada em  tons mais claros de madeira, enquanto os americanos preferem os mais escuros. Essa diferença de gostos geraria hora de trabalho e muito desperdício nos cenários reais, mas, no mundo digital, significa apenas rápidas modificações.

Imagens via the WSJ

É claro que essas são ótimas notícias para os programadores digitais, mas o que vai acontecer com os fotógrafos… especialmente quando a IKEA pretende ampliar seu conteúdo digital de 12% para 25% no próximo ano?

Imagens via the WSJ

Por enquanto, diferentes áreas estão trabalhando coletivamente para garantir a autenticidade das imagens digitais. Fotógrafos montam a cena e carpinteiros/designers de cenários dizem como uma porta deve se parecer.

Imagens via the WSJ

Segundo a reportagem do WSJ, IKEA disse que vai manter todos seus fotógrafos, carpinteiros e designers de cenários, usando suas habilidades no mundo 3D.

Sobre este autor
Eduardo Souza
Autor
Cita: Eduardo Souza. "Trabalho Digital / IKEA" 20 Set 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/71626/trabalho-digital-ikea> ISSN 0719-8906