O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Projetos
  3. classicos
  4. Outro
  5. Oscar Niemeyer
  6. 1951
  7. Clássicos da Arquitetura: Conjunto Governador Juscelino Kubitschek (JK) / Oscar Niemeyer

Clássicos da Arquitetura: Conjunto Governador Juscelino Kubitschek (JK) / Oscar Niemeyer

Clássicos da Arquitetura: Conjunto Governador Juscelino Kubitschek (JK) / Oscar Niemeyer
Clássicos da Arquitetura: Conjunto Governador Juscelino Kubitschek (JK) / Oscar Niemeyer, Cortesia dos autores
Cortesia dos autores

O Conjunto Governador Juscelino Kubitschek, projetado por Oscar Niemeyer e inaugurado em 1951, representa uma idealização de habitação coletiva, social. Integra originalmente múltiplas funções que refletem a intenção de introduzir uma “cidade dentro da cidade”. Aqui encontram-se expressões simbólicas e estímulos à percepção e ao imaginário.

Localização

Niemeyer trabalhou o Conjunto em duas escalas distintas e de forma precisa: uma monumental (acima da plataforma que cobre o nível térreo apoiada em pilotis) e uma escala humana no nível das ruas que se integram no complexo habitacional. A primeira escala faz referência à paisagem natural da cidade – a Serra do Curral, forte referência territorial de Belo Horizonte que abraça toda a cidade. A escala humana é cuidadosamente desenvolvida ao nível do sujeito, observador, que passa pelas calçadas que se infiltram no conjunto. A elegância dos pilares que se apresentam no momento de confronto do Conjunto com a estrutura viária urbana escondem a elaborada estrutura que se desenvolve por cima da plataforma.

Cortesia dos autores

Niemeyer demonstra uma forte preocupação pela valorização das áreas livres e públicas. Ao propor torres que não ocupam mais de 15% da área total de implantação, numa época em que os edifícios em Belo Horizonte ocupavam entre 50% e 80% das suas parcelas de implantação, reflete a tentativa de construir um vazio urbano harmonioso – em equilíbrio com o peso dessas torres destacadas na paisagem urbana. A praça Raúl Soares é extremamente importante nesta equação de equilíbrio pois representa um alívio da densidade do edificado, no centro da cidade, que suporta a construção do Conjunto e o aumento da sua escala face à média envolvente.

Maquete
Maquete

O projeto original sofreu várias alterações até a altura da construção e até os dias de hoje. Do programa inicial muito pouco foi implantado. O moderno hotel, o museu de arte contemporânea, o espaço dedicado ao governo são propostas que não se chegaram a concretizar no Conjunto. Também as unidades habitacionais foram disponibilizadas de forma gradual e nunca foram foco do mercado imobiliário. Ao contrário do que era esperado, o empreendimento não teve o impacto nacional desejado na época. Foi a exatidão da implantação do projeto que determinou a sobrevivência do Conjunto apesar de todas as mudanças urbanas e sociais que ocorreram à sua volta.

Bloco B: Axonométrica explodida

O Conjunto Governador Juscelino Kubitschek integra-se no tempo da descontinuidade, da não linearidade, da diferença, da necessidade do diálogo, da diversidade, do acaso. Deve ser abordado e interpretado através da compreensão do lugar como rede, sistema de troca, ponto de encontro, instituição, trajeto e muitas outras mediações que tornam a entidade abstrata do indivíduo participante efetivo da cidade.

Planta térreo
Planta pilotis elevado
  • A cidade não é mais que uma casa grande e, por seu lado, a casa não é mais que uma cidade pequena.
  • A. Palladio, Livro II, capítulo 12, Veneza 1570
Cortesia dos autores

Pesquisa desenvolvida por Bernardo Estevão, José Maria Gonçalves Vieira e Vasco de Lima Mayer, do Instituto Superior Técnico da Universidade Técnica de Lisboa.

Ficha técnica:

  • Arquitetos:Oscar Niemeyer
  • Ano: 1951
  • Endereço: Santo Agostinho Belo Horizonte Brasil
  • Tipo de projeto: Habitacional
  • Status:Construído
  • Materialidade: Concreto e Vidro
  • Estrutura: Concreto
  • Localização: Santo Agostinho, Belo Horizonte, Brasil
  • Implantação no terreno: Isolado
  1. Apartamentos: 5.700 (Hotel e habitação)
  2. Moradores: 6.600

Sobre este escritório
Oscar Niemeyer
Escritório
Cita: Igor Fracalossi. "Clássicos da Arquitetura: Conjunto Governador Juscelino Kubitschek (JK) / Oscar Niemeyer" 21 Mar 2012. ArchDaily Brasil. Acessado . <https://www.archdaily.com.br/38622/classicos-da-arquitetura-conjunto-governador-juscelino-kubitschek-jk-oscar-niemeyer> ISSN 0719-8906