O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Arte e Arquitetura: Reinterpretação de plantas arquitetônicas por Isabel Geisse

Arte e Arquitetura: Reinterpretação de plantas arquitetônicas por Isabel Geisse

  • 18:00 - 5 Janeiro, 2014
  • por
  • Traduzido por Maria Julia Martins
Arte e Arquitetura: Reinterpretação de plantas arquitetônicas por Isabel Geisse
Arte e Arquitetura: Reinterpretação de plantas arquitetônicas por Isabel Geisse, © Cortesía Isabel Geisse
© Cortesía Isabel Geisse

Isabel Geisse sempre trabalhou com o tema do espaço urbano, seja a partir de instalações, desenhos, estêncil e outras técnicas. Atualmente, trabalha com plantas arquitetônicas que toma como elemento de representação gráfica com função de padrão estrutural e a partir de desenvolvimento e pesquisa de sua própria técnica produtiva, a qual segundo a artista "está em processo de desenvolvimento e aperfeiçoamento". Isabel busca apropriar-se dos desenhos a partir de sua própria interpretação.

Saiba mais sobre o seu trabalho abaixo.

© Cortesía Isabel Geisse © Cortesía Isabel Geisse © Cortesía Isabel Geisse © Cortesía Isabel Geisse + 20

"É o constante habitar, que fazemos consciente e inconscientemente que me fascina na arquitetura e que tento comunicar em meus trabalhos".

Seus trabalhos mais recentes consistem em desenhos em papel onde ela mesma inventa a planta arquitetônica e técnica mista sobre placas de acrílico, onde utiliza planos escolhidos pela sua estética. É baseada na adição à imagem do plano arquitetônico, elementos da imaginação da estética do artesanato têxtil que desenvolve há três anos.

© Cortesía Isabel Geisse
© Cortesía Isabel Geisse

Em seu trabalho, Isabel cria quadros de cores que enchem os espaços de plantas arquitetônicas, redefinindo-as e dando-lhes uma identidade a partir do trabalho meticuloso de desenho, planos de cor e formas de pequenos itens que interagem uns com os outros.

As obras "Trinta ao cubo", "Metro Quadrado" e "Sessenta ao cubo" são montagens que consistem em três placas de acrílico sobrepostas que interagem com os conceitos da arquitetura: profundidade, perspectiva e experiência, que se enchem de vida e de personalidade a partir do trabalho que a artista incorpora através do trabalho manual.

© Cortesía Isabel Geisse
© Cortesía Isabel Geisse

Nos trabalhos "Dominica 25, planta baixa" e "Dominica 25, segundo pavimento" (trabalho de desenho sobre o papel) o plano é baseado em um espaço físico particular que ela habita, seu ateliê. O traçado desta planta é subjetivo e criado com base em sua percepção do espaço.

Isabel comunica através de seu trabalho a necessidade de voltar a habitar com identidade o espaço ao nosso redor, apropriando-se do nosso ambiente. Ele também se apresenta como uma crítica à forma como o mundo se move mais rápido e com menos tempo dedicado para o desenvolvimento do trabalho minucioso e de artesanato, por exigirmos um nível produtivo quantitativo, e não qualitativo, que se reflete na falta de planejamento urbano e na perda de identidade dos bairros tradicionais, como erguem um edifício moderno em qualquer lugar sem pensar em seu impacto tanto estético como para as pessoas que habitam a cidade.

© Cortesía Isabel Geisse
© Cortesía Isabel Geisse

"Eu gostaria de começar a trabalhar em conjunto com arquitetos, seria interessante criar ordens específicas com plantas inutilizadas, onde eu poderia criar quadros. Acredito que seria uma experiência enriquecedora para o meu trabalho, tanto no resultado final quanto no meu desenvolvimento pessoal como artista, daria um trabalho de caráter bidirecional" - diz a artista. Para ela, a arquitetura de forma análoga à arte, é uma instalação que acolhe o ser humano gerando sentimentos e emoções. Isabel sempre gostou da arquitetura pela relação direta com o espaço e como ele interage com o espectador. "Me interessa o conceito de habitar e ser habitado, e a arquitetura é a arte que me dá os elementos conceituais e visuais para desenvolver o meu trabalho em em torno desse tema".

© Cortesía Isabel Geisse
© Cortesía Isabel Geisse

Referências: Georges Rousse / Matta - Clark / Christo y Jeanne Claude / Theo Jansen / Frank Gehry

© Cortesía Isabel Geisse
© Cortesía Isabel Geisse


Ver a galeria completa

Sobre este autor
Javiera Yávar
Autor
Cita: Yávar, Javiera. "Arte e Arquitetura: Reinterpretação de plantas arquitetônicas por Isabel Geisse" [Arte y Arquitectura: Reinterpretación de planos arquitectónicos por Isabel Geisse] 05 Jan 2014. ArchDaily Brasil. (Trad. Martins, Maria Julia) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/166145/arte-e-arquitetura-reinterpretacao-de-plantas-arquitetonicas-por-isabel-geisse> ISSN 0719-8906