O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Edifício do Ano: Auckland Art Gallery Toi o Tamaki / FJMT + Archimedia

Edifício do Ano: Auckland Art Gallery Toi o Tamaki / FJMT + Archimedia

Edifício do Ano: Auckland Art Gallery Toi o Tamaki / FJMT + Archimedia
Edifício do Ano: Auckland Art Gallery Toi o Tamaki / FJMT + Archimedia, Auckland Art Gallery Toi o Tamaki / FJMT + Archimedia
Auckland Art Gallery Toi o Tamaki / FJMT + Archimedia

No último dia do World Architecture Festival, os vencedores de cada categoria tiveram a chance de expor sues projetos para o júri e o público. O júri, que incluía Ken Tadashi Oshima (University of Washington), Ken Yeang (Llewelyn Davies Yeang), Patrick Bellew (Atelier Ten), Jeanne Gang (Studio Gang Architects) e Dietmar Eberle (Baumschlager Eberle), concedeu o World Building of the Year Award para a nova Auckland Art Gallery Toi o Tamaki, de Francis-Jones Morehen Thorp (FJMT) e Archimedia

A nova Auckland Art Gallery Toi o Tamaki é um grande projeto público que inclui a restauração e adaptação de edifícios tombados; a construção de uma extensão que dobra a área de exposições públicas; a construção de grandes depósitos subterrâneos e áreas de apoio; e o redesenho das áreas adjacentes do Albert Park. O projeto cria uma suavidade e transparência que permitem perspectivas das galerias e espaços de exposição em direção à paisagem do parque. A arquitetura se desenvolve a partir de um conceito que se relaciona tanto com as formas orgânicas naturais da paisagem quanto com a ordem arquitetônica dos edifícios tombados. 

A coleção da galeria pode ser acessada aqui.

"O projeto vencedor transcendeu as categorias de projeto. Pode-se dizer que faz parte da categoria 'novo e antigo', ou 'cívico e comunitário', ou 'display'. Ele contrasta o 'feito pelo homem' e o natural, e a relação entre arte e ciência. Ponderando muitos elementos diferentes, o projeto resultante é um rico complexo de ideias construídas." - Paul Finch, Director do WAF.

Outros projetos premiados na WAF foram o O Jardim Australiano, por Taylor Cullity Lethlean + Paul Thompson (Projeto Paisagístico do Ano) e o National Maritime Museum na China por Cox Rayner Architects (Projeto Futuro do Ano).

Sobre este autor
David Basulto
Autor
Cita: Basulto, David. "Edifício do Ano: Auckland Art Gallery Toi o Tamaki / FJMT + Archimedia" [World Building of the Year: Auckland Art Gallery Toi o Tamaki / FJMT + Archimedia] 20 Out 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Baratto, Romullo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/147158/edificio-do-ano-auckland-art-gallery-toi-o-tamaki-slash-fjmt-plus-archimedia> ISSN 0719-8906