O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Southbank Centre lança propostas para um Pista de Skate

Southbank Centre lança propostas para um Pista de Skate

Southbank Centre lança propostas para um Pista de Skate
Southbank Centre lança propostas para um Pista de Skate, Proposta do 42 Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre
Proposta do 42 Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre

Desde que o Southbank Centre e o Feilden Clegg Bradley revelaram seus projetos para o novo ‘Festival Wing' no começo deste ano, eles estiveram sob fogo cruzado - sendo criticados principalmente pelo grupo extremamente ruidoso dos skatistas londrinos

Os planos originais propuseram converter o espaço sob a ponte Hungerford, já utilizado por skatistas há muito tempo, em uma nova zona de orla para as artes urbanas. Em resposta à contestação dos skatistas, Southbank Centre decidiu alterar o projeto do espaço, levando em conta as necessidades dos praticantes deste esporte. O Centro contratou Iain Borden, skatista e Professor de Arquitetura e Cultura Urbana na Faculdade de Arquitetura de Bartlett, UCL, além de Rich Holland, skatista e arquiteto do Floda31, para preparar um edital de projeto para o começo deste verão. No momento, três escritórios, com experiência em construções deste tipo responderam com seus projetos em potencial. ·

Um painel de especialistas em skate, incluindo Borden, Holland e o cineasta Winstan Whitter, será, então, responsável por "escolher o arquiteto com que mais gostariam de trabalhar, finalizando o projeto e desenvolvendo o mesmo."

Confira as propostas dos escritórios 42 Architects, SNE Architects e Rich Architecture, após o intervalo...

Além de definir os requisitos básicos - principalmente de que o espaço teria que ser "pelo menos 10% maior do que o terreno já existente nas galerias subterrâneas Queen Elizabeth, livre, permanentes, aberto o tempo todo, e com visibilidade de aproximadamente 10 milhões de pessoas por ano" - o edital do projeto também estabelecia as seguintes qualidades sugeridas, o que permitiria o espaço a ser utilizado por skatistas, assim como pelo público em geral:

  • Ele não deve se parecer explicitamente com uma pista de skate.
  • Não deve ter qualquer forma de pista de skate, como por exemplo, grandes pipes (rampas em formas de U), ou grandes transições.
  • Deve ser urbano e enérgico em sua aparência, por exemplo, utilizando materiais comumente encontrados em espaços urbanos, que não pistas de skate, como tijolos, lajes de pavimentação, granito, pedra ou superfícies de concreto aparente.
  • Deve fornecer uma distintiva qualidade geral de projeto ou personalidade, sendo aberto e transitório.
  • Deve facilitar ou incentivar a apropriação do local, para que ele seja tomado por skates e outros tipos de artes urbanas.
  • Deve ser altamente visível ao público, embora acolhendo favoravelmente as abordagens que integram-no ao espaço.
  • 42 Architects

    Proposta do 42 Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre
    Proposta do 42 Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre

    "O projeto por 42 Architects propõe a substituição da rampa existente por uma nova, no canto Nordeste do terreno, e um significativo espaço plano de pisos, delimitado por vários bancos (que transformam-se em obstáculos para manobras), paredes, lajes e degraus. Estes criam a possibilidade de um conjunto de rotas, movimentos e atividades em todo o local. O projeto está ainda articulado pela angularidade e justaposição de elementos e com a inclusão de fendas em toda a superfície plana. Uma cobertura desmontável e acessível é proposta e a aparência geral é de um conjunto complexo, mas coerente, de espaços com uma forte qualidade atmosférica."

    Proposta do 42 Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre
    Proposta do 42 Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre
    Proposta do 42 Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre
    Proposta do 42 Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre

    SNE Architects

    Proposta do SNE Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre
    Proposta do SNE Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre

    "O escritório SNE Architects também propõe a substituição da rampa existente por uma nova rampa na porção Nordeste. O resto do terreno acomoda um grande espaço plano limitado por vários bancos, paredes, lajes e degraus, que criam a possibilidade de vários caminhos, movimentos e atividades por todo o lugar. Não propôs-se cobertura, sendo que a chuva é recolhida e tratada por uma combinação de calhas sob medida e pelo aquecimento do piso. O aspecto geral é mínimo, mas sutil. ".

    Proposta do SNE Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre
    Proposta do SNE Architects. Imagem Cortesia de The Southbank Centre

    Rich Architecture

    Proposta do Rich Architecture.  Imagem Cortesia de The Southbank Centre
    Proposta do Rich Architecture. Imagem Cortesia de The Southbank Centre

    "Rich Architecture propõe a manutenção da rampa existente, que é parcialmente cortada por baixo para proporcionar o acesso e visibilidade para a extremidade norte. O resto do local acomoda um grande espaço com uma laje plana, que pode ser habitado por elementos temporários para manobras, delimitados por muitos bancos, paredes, lajes e degraus. Também não propôs-se cobertura -. a chuva é tratada por calhas evidenciadas. A aparência geral é de uma abordagem "leve", em grande parte mantendo o espaço pré-existente, mas com pequenas intervenções."

    Proposta do Rich Architecture.  Imagem Cortesia de The Southbank Centre
    Proposta do Rich Architecture. Imagem Cortesia de The Southbank Centre

    Iain Borden, o co-autor do edital do projeto, enfatizou sua natureza inacabada, dizendo: "Esta é uma abordagem única para andar de skate em cidades, que nunca antes foi tentado a esta escala ou intensidade em qualquer outro lugar do mundo. Estou realmente animado com o potencial deste espaço e estamos ansiosos para trabalhar com os representantes das comunidades que irão utilizar este espaço na seleção de uma rota arquitetônica e continuar o desenvolvimento do projeto ".

    Jude Kelly, diretora artística do Southbank Centre, destacou o sentimento: "Esses projetos dos arquitetos mostram o que um grande espaço público urbano poderia ser. [...] Entendemos, também, que locais como estes são extremamente reforçados pelo desenvolvimento orgânico, através da utilização e adição dos próprios utilizadores. Congratulamo-nos com a entrada dos skatistas que usam regularmente o subterrâneo e quaisquer outros esportistas e grafiteiros que queiram se envolver em ajudar a desenvolver o projeto."

    Como parte da consulta para o Festival Wing, os projetos serão compartilhadas com a comunidade neste fim de semana em um evento no Southbank Centre.  Mais informações aqui: www.southbankcentre.co.uk

    Cita: Quirk, Vanessa. "Southbank Centre lança propostas para um Pista de Skate" [Southbank Centre Releases Proposals for Urban Skateboarding Space] 25 Set 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Souza, Eduardo) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/141926/southbank-centre-lanca-propostas-para-um-pista-de-skate> ISSN 0719-8906