O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Arte e Arquitetura: Decomposição da Geometria/ Intervenções de Felice Varini

Arte e Arquitetura: Decomposição da Geometria/ Intervenções de Felice Varini

Arte e Arquitetura: Decomposição da Geometria/ Intervenções de Felice Varini
Arte e Arquitetura: Decomposição da Geometria/ Intervenções de Felice Varini, Cortesia do Website Felice Varini
Cortesia do Website Felice Varini

Desde a Antiga Grécia, a busca pela ilusão de ótica na arquitetura tem sido uma constante. O jogo com os pontos de fuga, as proporções, paradoxos espaciais, as sobras, os cheios e vazios, alteram as escalas dos espaços para distrair o espectador. Provocando. Inquietando.

Desde as alterações do Partenon e os enganos gerados pela mente através de sua arquitetura, as ilusões óticas evoluíram até a atualidade para um modelo mais interativo. O espaço público está cheio de intervenções de diversos artistas que seduzem o pedestre para apreciar seu trabalho, rodeando, surpreendendo, utilizando-as como atrativo. As ilusões óticas são presas na disciplina de Desenho, como um método de criação artística que busca o diálogo constante entre a pessoa e o lugar.

Um exemplo disso são os Anamorfismos. Uma anamorfose é uma deformação reversível e uma imagem gerada óptica ou matematicamente. Joga com a perspectiva, produzindo imagens tridimensionais mas desenhadas em um plano, ou vice-versa, criando planos em um espaço tridimensional. 

O famoso artista britânico Julian Beever é um exemplo do primeiro caso: Ocupando as ruas das cidades, desenha com giz imagens 3D na pavimentação. Hoje apresentamos outro amante da Arte Ótica: Felice Varini.

Cortesia do Website Felice Varini
Cortesia do Website Felice Varini

Varini é um artista suíço radicado em Paris, indicado para o prêmio Marcel Duchamp de 2000/2001, conhecido por suas pinturas anamórficas de formas geométricas puras. O pintor realiza sua obra em espaços que vão desde pequenas residências, interiores de edifícios, até fachadas inteiras ou espaços urbanos.

Cortesia do Website Felice Varini Cortesia do Website Felice Varini Cortesia do Website Felice Varini Cortesia do Website Felice Varini + 28

“O espaço arquitetônico, e tudo o que o constitui, é meu campo de ação. Estes são e seguirão sendo o meio original da minha pintura. Trabalho "in situ" cada vez em um lugar diferente e meu trabalho se desenvolve em relação com os espaços que encontro.

Cortesia do Website Felice Varini
Cortesia do Website Felice Varini

Normalmente passeio por espaços observando sua arquitetura, seus materiais, histórias e funções. A partir destes dados e com referência na última peça que produzi, defino um ponto de vista específico onde se concreta minha intervenção.

O ponto de vista é cuidadosamente escolhido: no geral se encontra na altura de meus olhos e situado preferencialmente em um caminho obrigatório e inevitável, por exemplo, uma abertura entre um lote e outro. Porém, não descarto outras estratégias, já que nem todos os lugares tem sistematicamente um caminho claro. A escolha muitas vezes é arbitrária.

Cortesia do Website Felice Varini
Cortesia do Website Felice Varini

A vista funcionará como um ponto de leitura, ou seja, como um ponto de partida, uma aproximação à pintura e espaço. A forma pintada é consistente quando o espectador está aqui. Quando abandona-se o ponto de vista, o trabalho gera um número infinito de formas. Não é através do primeiro ponto que você vê o trabalho feito: encontra-se em todos e em cada um que o espectador pode ter sobre ele!

Vou para uma situação real para construir minha pintura. Esta realidade não é alterada, apagada ou modificada: ela me interessa e seduz por toda sua complexidade. Minha prática é trabalhar aqui e agora."

Cortesia do Website Felice Varini
Cortesia do Website Felice Varini

Aqui e agora, quase apelando para o efêmero da obra visual, que se quebra e fragmenta quando abandona-se o centro neurológico da intervenção, o artista suíço continua pintando com cores os edifícios e cidades. Até o paradoxo da geometria rígida decomposto em mil obras a cada passo.

Convidamos você a acompanhar e visitar suas obras no site do artista. 

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Ana Asensio
Autor
Cita: Asensio, Ana. "Arte e Arquitetura: Decomposição da Geometria/ Intervenções de Felice Varini" [Arte y Arquitectura: La descomposición de la Geometría / Intervenciones de Felice Varini] 09 Jun 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/118815/arte-e-arquitetura-decomposicao-da-geometria-slash-intervencoes-de-felice-varini> ISSN 0719-8906