O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. É concluído em Hamburgo o primeiro edifício do muindo alimentado energeticamente por algas

É concluído em Hamburgo o primeiro edifício do muindo alimentado energeticamente por algas

É concluído em Hamburgo o primeiro edifício do muindo alimentado energeticamente por algas
É concluído em Hamburgo o primeiro edifício do muindo alimentado energeticamente por algas, © Arup
© Arup

Batizado como BIQ House, o projeto recentemente inaugurado é composto por uma fachada de algas bio-adaptativas que servirá como banco de provas para a produção de energia sustentável para áreas urbanas através de edifícios autossuficientes. O edifício - desenvolvido pela empresa internacional de design Arup, em conjunto com SSC Strategic Science Consultants y Splitterwerk Architects-, foi inaugurado no âmbito da Exposição Internacional de Construção de Hamburgo.

Mais informação e imagens na continuação.

© Arup
© Arup

O prognóstico de Arup diz que os edifícios se passarão por uma grande transformação nos próximos cinquenta anos, com base nas novas tecnologias de manutenção, granjas de grande alturas e invenções como a pintura fotovoltaica - projetos que estão em desenvolvimento. Mas, antes disso, Arup prevê uma tendência ao desenho de edifícios que respondem e se adaptam às condições de seu entorno.

© Arup
© Arup

"O edifício do futuro fomenta esta qualidade inata, essencialmente, funciona como um organismo vivo, reagindo ao meio ambiente local e se relacionando com os usuários", afirma Arup. A Casa BIQ é o primeiro passo importante a favor desta visão.

De acordo com a empresa, a fachada da BIQ House está desenhada de tal maneira que as algas nas fachadas crescem mais rápido ao receber a luz do sol, proporcionando sombra no interior. Os "bio-reatores" não somente produzem biomassa que posteriormente pode ser colhida, como também capturam o calor solar térmico. Ambas as fontes de energia podem ser utilizadas para alimentar o edifício.

© Arup
© Arup

Isto significa que a fotossíntese está impulsionando uma resposta dinâmica de acordo com a quantidade de proteção solar necessária, ao mesmo tempo que proporciona uma fonte limpa de energia renovável.

Via DailyMail

Sobre este autor
José Tomás Franco
Autor
Cita: Franco, José Tomás. "É concluído em Hamburgo o primeiro edifício do muindo alimentado energeticamente por algas" [Se completa en Hamburgo el primer edificio del mundo alimentado energéticamente por algas] 28 Abr 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Delaqua, Victor) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/110954/e-concluido-em-hamburgo-o-primeiro-edificio-do-muindo-alimentado-energeticamente-por-algas> ISSN 0719-8906