O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. A importância da Iluminação: o que as fachadas estão dizendo

A importância da Iluminação: o que as fachadas estão dizendo

A importância da Iluminação: o que as fachadas estão dizendo
© Patrick Bingham-Hall
© Patrick Bingham-Hall

"A importância da iluminação" é uma coluna mensal sobre luz e espaço escrita por Thomas Schielke, que mora na Alemanha e tem inúmeros artigos publicados  sobre o tema e também é coautor do livro "Light Perspectives".

Hoje em dia existem várias fachadas com instalações de mídia em todo o mundo que, através de suas dimensões, cores e brilho, chamam a atenção na paisagem urbana noturna. Muitas destas atuam como anúncios publicitários. Por esta razão, é comum haver um diálogo com os vizinhos quanto a forma e o conteúdo das fachadas midiáticas, seja no caso de painéis de propaganda ou mesmo o próprio edifício.

Entretanto, do mesmo modo que um bom livro precisa de um bom contador de estórias, as fachadas midiáticas necessitam de curadores que providenciem boas estórias que estejam relacionadas com o local e com os desejos dos clientes. Os quatro exemplos a seguir mostram como as fachadas midiáticas refletem a história dos próprios edifícios - veja-os após o intervalo...

Instalação Bix / realities:united

© realities:united
© realities:united

Vencedor da categoria "Arquitetura Animada" na Bienal de Arquitetura e Mídia de 2012, a instalação Bix, concebida por realities:united no Kunsthaus Graz é um dos primeiros exemplos em que a mídia se tornou parte da própria arquitetura. Integrada ao conceito geral do edifício, esta fachada midiática é conduzida por conteúdos narrativos que forma a identidade do edifício. Apesar da baixa resolução causar fortes limitações, ela elimina a opção da fachada ser utilizada como aparelho televisor, como ocorre em diversos casos.

Fachada lluma / realities:united

Enquanto que a Times Square, em Nova York, é um espaço voltado ao comércio, repleto de grandes anúncios publicitários luminosos, outras regiões buscam minimizar a imissão de luz para manter o céu noturno escuro sem poluição lumínica. O Central Orchard Road em Singapura, por exemplo, se tornou um fascinante local para fachadas midiáticas de conteúdo arquitetônico.

A estrutura da fachada do lluma, em Singapura, novamente concebido por realities:united, se afasta das imagens realistas e telas de LED convencionais para evitar a impressão causada pelos telões publicitários de alta resolução. Realities:united buscou soluções de baixa resolução com conteúdo artístico para que o próprio pixel possua uma qualidade estética, tanto à noite quanto de dia. Padrões abstratos e dinâmicos de luz chamam a atenção dos transeuntes e recepcionam os vistantes. As formas cristalinas também evocam associações com diamantes sublinhando, deste modo, a imagem de primeira classe da corporação.

Em algumas cidades europeias, implementar conteúdos artísticos nos edifícios, como no caso da fachada do lluma, facilita o processo de aprovação da construção. 

Dexia Towers / lab-au

© ie :: fotografie
© ie :: fotografie

Originalmente concebido para atuar como uma referência para a cidade de Bruxelas, mostrando, por exemplo, cenários interativos ou as previsões de temperatura e tempo, o Dexia Towers acabou por representar graficamente a crise financeira.

Parede Midiática Green Pix Zero Energy / Arup

Cortesia de Simone Giostra & Partners and ARUP
Cortesia de Simone Giostra & Partners and ARUP

Poderiam as fachadas midiáticas representar uma narrativa sustentável? Mesmo com a tecnologia de LEDs eficientes, será uma investida ambiciosa incluir grandes fachadas midiáticas em edifícios com certificação de eficiência energética.

No entanto, a China optou por uma estratégia excepcional para definir uma referência para narrativas sustentáveis neste tipo de fachada. A fachada midiática do Green Pix  inclui módulos fotovoltaicos que coletam energia solar durante o dia e a convertem em narrativas luminosas à noite.

Naturalmente, especialistas em energia reconhecem que painéis fotovoltaicos verticais não estão na orientação mais eficiente. Contudo, o mundo de hoje em dia busca imagens que sejam facilmente lidas e comunicadas. Estaria o mundo apto a compreender este conceito de narrativas sustentáveis se as células solares estivessem escondidas na cobertura, em melhor orientação solar?

"A importância da iluminação" é uma coluna mensal sobre luz e espaço escrita por Thomas Schielke, que mora na Alemanha e tem inúmeros artigos publicados sobre o tema e também é coautor do livro "Light Perspectives". Para mais informações, consulte www.arclighting.de ou siga-o @arcspaces

Sobre este autor
Vanessa Quirk
Autor
Cita: Quirk, Vanessa. "A importância da Iluminação: o que as fachadas estão dizendo" [Light Matters: What Media Facades Are Saying] 08 Abr 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Britto, Fernanda) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/107255/a-importancia-da-iluminacao-o-que-as-fachadas-estao-dizendo> ISSN 0719-8906

¡Você seguiu sua primeira conta!

Você sabia?

Agora você receberá atualizações das contas que você segue! Siga seus autores, escritórios, usuários favoritos e personalize seu stream.