O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. Vida e Obra de Toyo Ito, Vencedor do Pritzker 2013

Vida e Obra de Toyo Ito, Vencedor do Pritzker 2013

Vida e Obra de Toyo Ito, Vencedor do Pritzker 2013
© Yoshiaki Tsutsui
© Yoshiaki Tsutsui

Até ao terceiro ano do ensino secundário, a paixão de Toyo Ito era o baseball, não a arquitetura.

Felizmente para nós (e certamente para o próprio Vencedor do Pritzker), rapidamente alterou o rumo da sua carreira.

Nascido em Seoul em 1941, Ito mudou-se para o Japão apenas com com dois anos. Desde os 12 anos (quando o pai faleceu) até entrar para a Universidade, Ito fez parte do negócio da família fazendo miso (pasta para sopa, tradicional japonesa). No entanto, a partir do momento em que entrou para a Universidade de Tóquio de 1965 a 1969, dedicou-se interiamente à prática da arquitetura.

Descubra mais sobre a vida e obra de Toyo Ito, Vencedor do Pritkzer 2013, a seguir...

Tama Art University Library. Image © Iwan Baan. Sendai Mediathique. Image © Nacasa & Partners. 2002 Serpentine Gallery Pavilion. Image © Sylvain Deleu White U, one of Ito's first works. Image © Koji Taki + 8

A sua premiada tese de graduação, uma proposta para a reconstrução do Ueno Park, impulsionou o princípio da sua carreira começando a trabalhar no escritório de Kiyonori Kikutake & Associates. Em 1971, abriu o seu próprio escritório em Tóquio, originalmente chamado Urban Robot (Urbot); em 1979 alterou o nome para Toyo Ito & Associates, Architects.

Grande parte dos primeiros projetos encomendados foram residências, dentro e nas proximidades de Tóquio.

White U, one of Ito's first works. Image © Koji Taki
White U, one of Ito's first works. Image © Koji Taki

  • Uma das primeiras casas, em 1971, a “Aluminum House”, consistia numa estrutura de madeira revestida inteiramente a alumínio.   
  • Em 1976, projetou a “White U”, uma casa feita para a sua irmã (imagem acima), já interesse na obra de Toyo Ito.

Silver Hut. Image © Tomio Ohashi
Silver Hut. Image © Tomio Ohashi

Sobre a sua obra durante os anos 80, Ito afirmou ao Prêmio Pritzker que “procurou eliminar os significados convencionais do seu trabalho através de táticas minimalistas, desenvolvendo a leveza na arquitetura que se assemelha ao ar e ao vento". Alguns projetos notáveis deste período incluem:

  • "Silver Hut" (imagem acima), uma casa desenhada para ele mesmo em 1982; Ganhou o prêmio do "Architecture Institute of Japan" em 1986.
  • Tower of Winds (Torre dos Ventos) em Yokohama, em 1986, (imagem abaixo), que de dia aparenta ser uma simples torre envolta em alumínio, mas de noite ilumina-se em resposta ao som e ao vento.
  • Museu Municipal de Yatsushiro, em 1988, (que antecipa as formas curvas e os espaços abertos que irão caracterizar o trabalho futuro de Toyo Ito; o museu venceu o 33º Prêmio Mainich Art em 1992).

Tower of Winds, Image © Tomio Ohashi
Tower of Winds, Image © Tomio Ohashi

No entanto é com as obras dos anos 90 que obtém o reconhecimento internacional. 

  • "The Dome" (A Cúpula) em Udate em 1991 (o primeiro pavilhão esportivo do arquiteto demonstra a sua versatilidade; o projeto venceu o Prêmio do Ministério da Educação para o Encorajamento das Artes em 1998 e o Prêmio da Academia de Arte do Japão, em 1999).
  • Mediateca de Sendai , projetada entre 1995 e 2000, colocou o nome de Toyo Ito no mapa. De acordo com Ito, o projeto está entre os melhores da sua carreira. O Júri do Prêmio Pritzker reconhece igualmente o mérito do projeto declarando que: "Ito afirma que se esforça por conseguir uma arquitetura fluída e não confinada pelo que considera serem as limitações da arquitetura moderna. Na Mediateca de Sendai, fá-lo através do usodos recursos ao tubos estruturais, conseguindo conferir novas qualidades espaciais". O edifício foi premiado com o Grand Prize of Good Design em 2001, o Prêmio do Instituto Arquitetônico do Japão em 2003, e com o Prêmio de Edifício Público de 2006.

Sendai Mediathique. Image © Nacasa & Partners.
Sendai Mediathique. Image © Nacasa & Partners.

De 2000 em diante, Toyo Ito e toda a sua obra receberam inúmeros prêmios e foram frequentemente aclamados pela crítica. Em 2006, Ito recebeu a Medalha de Ouro do Royal Institute of British Architects e em 2010 o 22º Praemium Imperiale em Honor do Principe Takamatsu. Alguns destaques deste período incluem:

2002 Serpentine Gallery Pavilion. Image © Sylvain Deleu
2002 Serpentine Gallery Pavilion. Image © Sylvain Deleu

  • NEXT na 8ª Bienal Internacional de Veneza de 2002, na qual recebeu o Leão de Ouro de Carreira.
  • Pavilhão da Serpentine Gallery de 2002 (fotografia acima), projetado por Ito juntamente com Cecil Balmond e Arup.  
  • Edifício TOD’S Omotesando em Tóquio, no qual, nas palavras do Júri do Pritzker 2013, "o revestimento do edifício funciona igualmente como estrutural" (2002-2004). 
  • Torres Porta Fire (2004-2006) em Barcelona
  • Biblioteca da Universidade de Arte de Tama (2004-2007),  em Tóquio (fotografia abaixo).
  • Tokyo-Berlin_Berlin-Tokyo, exposição de 2006 na qual Ito colaborou com Florian Busch e Christoph Cellarius na New National Gallery em Berlim.
  • Estádio Principal dos Jogos Mundiais de 2009 em Kaohsiung, Taiwan (2006-2009)
  • White O  (2009), residência no Chile
  • Teatro Público Za Koenji (2005-2009), an impressive black volume in Tokyo (fotografia abaixo).
  • Pavilhão do Japão da Bienal de Veneza de 2012 entitulado “Architecture. Possible here? Home-for-all”, com a curadoria de Ito e vencedor do Leão de Ouro.

Tama Art University Library. Image © Iwan Baan.
Tama Art University Library. Image © Iwan Baan.

O último reconhecimento de Toyo Ito é o mais prestigiante. Em Março deste ano vence o Prêmio Pritzker 2013, o maior prêmio concedido no campo da arquitetura.

Sobre este autor
Vanessa Quirk
Autor
Cita: Quirk, Vanessa. "Vida e Obra de Toyo Ito, Vencedor do Pritzker 2013" [The Life and Work of Toyo Ito, 2013 Pritzker Laureate ] 17 Mar 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Helm, Joanna) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/103433/vida-e-obra-de-toyo-ito-vencedor-do-pritzker-2013> ISSN 0719-8906