O site de arquitetura mais visitado do mundo
i

Inscreva-se agora e organize a sua biblioteca de projetos e artigos de arquitetura do seu jeito!

Inscreva-se agora para salvar e organizar seus projetos de arquitetura

i

Encontre os melhores produtos para o seu projeto em nosso Catálogo de Produtos

Encontre os produtos mais inspiradores do nosso Catálogo de Produtos

i

Instale o ArchDaily Chrome Extension e inspire-se a cada nova aba que abrir no seu navegador. Instale aqui »

i

En todo el mundo, arquitectos están encontrando maneras geniales para reutilizar edificios antiguos. Haz clic aquí para ver las mejores remodelaciones.

Quer ver os melhores projetos de remodelação? Clique aqui.

i

Mergulhe em edifícios inspiradores com nossa seleção de 360 ​​vídeos. Clique aqui.

Veja nossos vídeos imersivos e inspiradores de 360. Clique aqui.

Tudo
Projetos
Produtos
Eventos
Concursos
Navegue entre os artigos utilizando o teclado
  1. ArchDaily
  2. Notícias
  3. 5 Robôs Revolucionando o Futuro da Arquitetura

5 Robôs Revolucionando o Futuro da Arquitetura

5 Robôs Revolucionando o Futuro da Arquitetura
5 Robôs Revolucionando o Futuro da Arquitetura, Rob/Arch Rotterdam Workshop
Rob/Arch Rotterdam Workshop

Os robôs nos fascinam. A sua capacidade de se mover e agir de forma autônoma é visual e intelectualmente sedutora. Nós escrevemos sobre eles, colocamo-os em filmes, e assistimo-os elevar tarefas domésticas, como girar uma maçaneta à um ato de genialidade tecnológica. Durante anos, eles têm sido empregados pelos fabricantes industriais, mas até recentemente, nunca muito seriamente considerados pelos arquitetos. Claro, alguns arquitetos poderiam deixar sua imaginação vagar, como Archigram fez para o "Walking City", mas não muitos realmente pensaram em fazer arquitetura com robôs. Agora, em nossa era da digitalização, virtualização e automação, a relação entre arquitetos e robôs parece estar florescendo.

Abaixo, veja cinco novos robôs que fazem arquitetura.

ETH Zurique: "Parede Programada" Casa Robô Sci-Arc "Arquitetura Montada no Vôo" KUKA/prc Grasshopper Plugin + 9

Rob/Arch 2012, Viena

O interesse arquitetônico em robótica está bem representado pela recente conferência Rob / Arch 2012 em Viena. A conferência tentou "criar uma plataforma que mostra os usos inovadores de fabricação robótica na indústria criativa, e reúne membros da indústria e da academia, bem como arquitetos, artistas e designers", de acordo com os fundadores Sigrid Brell-Cokcan e Johannes Braumann . O evento também proporcionou aos arquitetos "não só a possibilidade de apresentar suas pesquisas e projetos para um grande público composto por membros tanto da academia como da indústria, mas também para participar de oficinas de robôs distribuídas em oficinas parceiras em toda a Europa".

KUKA/prc Grasshopper Plugin
KUKA/prc Grasshopper Plugin

As tecnologias para controle de máquinas robóticas, braços mecânicos em particular, são especialmente adaptáveis para uma transição que beneficie a arquitetura e o design. De uma colaboração entre a KUKA (um fabricante de robô), Rhinocerous (programa de modelagem da NURBS), e Grasshopper (Plugin Rhino), o projeto KUKA/prc permite aos designers não apenas controlar os robôs com um programa já bastante difundido na profissão de arquitetura, mas também, simular o processo de fabricação atual digitalmente. Essa interface visual e simulação em tempo real permitiu a uma artista sem experiência anterior de modelagem computacional, projetar digitalmente e fabricar roboticamente uma estrutura em arco de aço de 17m x 23m, intitulada "Red Bull Arch".

A Parede Programada, ETH Zurique, 2006

ETH Zurique: "Parede Programada"
ETH Zurique: "Parede Programada"

Na ETH Zurich, Gramazio & Kohler, uma parceria de arquitetura, que é especialmente conhecida por sua contribuição para a fabricação digital e construção robótica, ensinou como usar um braço robótico para colocar tijolos. Este é o curso como eles descreveram:

"Se as condições básicas de fabricação da arquitetura mudarem de trabalho manual para a fabricação digital, que potencial do design há para um dos elementos mais antigos e mais difundidos de arquitetura - o tijolo? Os alunos investigaram esta questão em uma oficina de quatro semanas, projetando paredes de tijolos a serem fabricadas por um robô industrial. Ao contrário de um pedreiro, o robô tem a capacidade de posicionar cada tijolo individual de uma forma diferente, sem referência óptica ou de medição, isto é, sem esforço extra. Para explorar este potencial, os alunos desenvolveram ferramentas de design algorítmicas que informaram os tijolos de sua disposição espacial de acordo com lógicas processuais. Posicionando desta forma foi possível elaborar uma parede de tijolos em que cada um dos mais de 400 tijolos assumiu uma posição específica e rotação no espaço. Os estudantes definiram não a geometria da parede, mas a lógica construtiva de acordo com a qual o material foi organizado segundo uma determinada ordem temporal, e que, portanto, produziu uma forma arquitetônica."

Arquitetura Montada no Vôo

"Arquitetura Montada no Vôo"
"Arquitetura Montada no Vôo"

Embora braços robóticos sejam atualmente a forma mais corriqueira de robótica em arquitetura, arquitetos e designers começaram a empregar outras, e às vezes mais radicais, estratégias robóticas para projeto. Gramazio & Kohler, em colaboração com Raffaello D'Andrea recentemente montaram uma exposição intitulada "Arquitetura Montada no Vôo" na qual pequenos robôs helicópteros de quatro hélices montaram uma torre de 6 m de altura e 3,5 m de largura com 1.500 blocos de espuma de poliestireno em Orléans, França .

Edifícios-Robô

"Edge-Monkey"
"Edge-Monkey"

Stephen A. Gage e Will Thorne exploram o potencial da robótica em fachadas de edifícios automatizados. Em um artigo na Technoetic Arts ano passado, eles explicaram o que eles chamam de "macacos de borda", um sistema proposto de pequenos robôs que regulariam fachadas de edifícios, incluindo o uso de energia e as condições internas, checando termostatos, fechando janelas, ajustando as cortinas, etc. Eles até mesmo comunicariam aos usuários do edifício, o que eles identificam como desperdício de energia.

Casa Robô Sci-Arc

Casa Robô Sci-Arc
Casa Robô Sci-Arc

Pedro Testa e Devyn Weiser, parceiros na Testa / Weiser e faculdade de Sci/Arc acreditam que o potencial do braço robótico está em grupos coordenados trabalhando juntos. Com a nova construção da Sci/Arc, "Robot House", que é equipada com cinco braços robóticos novos, eles pretendem ensinar os alunos a explorarem o movimento colaborativo de robôs que trabalham em paralelo, o que fornece um processo diferente da seqüência tipicamente linear de projeto, programação e fabricação. Eles enxergam braços robóticos não apenas como fabricantes e trabalhadores, mas como um meio totalmente envolvido no processo de concepção e construção. Eles chamam isso de uma "plataforma em tempo real", que pode ser vantajosamente imprevisível. Em última análise, eles pretendem começar a desenvolver estes grupos robóticos para experiências em projetos com sistemas emergentes e baseados em agentes de Inteligência Artificial, que contam com resultados imprevisíveis através de lógica e presets estritamente definidos. Além disso, eles esperam que os braços robóticos venham a se tornar sofisticados o suficiente para trabalhar em apertadas e complexas condições espaciais, permitindo-lhes trabalhar diretamente no canteiro de obras.

Ver a galeria completa

Sobre este autor
Jonathan C. Molloy
Autor
Cita: C., Jonathan. "5 Robôs Revolucionando o Futuro da Arquitetura" [5 Robots Revolutionizing Architecture's Future] 13 Mar 2013. ArchDaily Brasil. (Trad. Britto, Fernanda) Acessado . <https://www.archdaily.com.br/102055/5-robos-revolucionando-o-futuro-da-arquitetura> ISSN 0719-8906